postado por Imprensa | 22. fevereiro 2011 06:36
 

Os seguidores do twitter oficial da Volkswagen do Brasil (@carromesmo) concorrerão a três pares de convites para a área VIP do "Oi Vert Jam", o principal torneio de skate do país. A promoção é válida para quem mora ou estiver no Rio de Janeiro entre os dias 4 e 6 de março, quando ocorre o evento. O sorteio será realizado no dia 22 de fevereiro, no período da tarde.

Para concorrer aos ingressos basta o interessado seguir o perfil @carromesmo no twitter e fazer o retweet da frase "@carromesmo Eu quero ser VIP no campeonato de Skate (RJ) #vwskate". O número de RTs é ilimitado e os vencedores serão notificados via Direct Message (mensagem direta do microblog) enviada pelo perfil da Volkswagen. O ganhador deverá informar, pelo mesmo canal, dados como RG, CPF, nome completo, e-mail e telefone até 24 horas após o sorteio.

Patrocínio da marca

A Volkswagen do Brasil patrocina mais uma vez o "Oi Vert Jam". Desde 2009, a empresa está associada ao evento, que reúne competidores dos Estados Unidos, Finlândia, Suécia e República Tcheca. A competição será disputada na Lagoa Rodrigo de Freitas.

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Imprensa | 22. fevereiro 2011 03:39
 

A fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté (SP) receberá investimentos de R$ 360 milhões para implementar uma nova área de Pintura, que aumentará a capacidade produtiva da unidade de 1.050 para 1.300 veículos por dia, com a utilização plena das instalações. O lançamento da pedra fundamental da nova Pintura ocorreu hoje, com a presença do vice-governador do Estado de São Paulo, Guilherme Afif Domingos; do prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto; e do presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

"A operação estabelecerá novos modelos de tecnologia e proteção ambiental na indústria automotiva brasileira, com a introdução de equipamentos e processos inovadores. Estamos globalizando a tecnologia, pois a empresa tem uma estratégia clara de crescer apoiada na qualidade, no respeito ao meio ambiente e com produtos inovadores", disse Schmall.

As fundações do prédio da Pintura foram iniciadas em janeiro e o começo das operações está previsto para dezembro de 2012. Em 2011, a fábrica de Taubaté completa 35 anos de atividade e, segundo o diretor da unidade, Frank Sowade, há outro motivo para comemoração: "Em 2010, alcançamos nosso recorde histórico de produção, com a fabricação de 280.270 automóveis".

Desde o início das operações, em 1976, Taubaté já fabricou mais de 5,4 milhões de veículos para o mercado doméstico e exportação. Atualmente, a unidade produz os modelos Novo Gol e Novo Voyage.

Tecnologia inovadora

A nova Pintura utilizará mais de 70 robôs, tornando a pintura interna e externa dos veículos 100% automatizada. A tecnologia permitirá eliminar uma camada de tinta do processo e ainda gerar ganho de qualidade no produto final, pois os robôs também farão a medição a laser que garantirá a espessura da camada final aplicada, sem tocar na carroceria. "É uma tecnologia nova, que também nos dá um ganho ambiental, já que, ao aplicar menos material, descartaremos menos resíduos no meio ambiente", explica Samuel Kratz, coordenador técnico da nova Pintura de Taubaté.

O transportador de carrocerias usado nas fases iniciais da pintura permitirá giro de 360 graus das carrocerias dentro dos banhos do processo, deslocando eventuais bolhas de ar e melhorando substancialmente a eficiência do processo e a qualidade do produto. Trata-se de um procedimento inédito na América do Sul. Outra inovação é o sistema de limpeza externa da carroceria, realizada durante o processo de pintura por robôs que operam com escovas eletrostáticas.

Antes mesmo de ser construída, a nova Pintura de Taubaté já determinava como foco a preservação ambiental em todas as etapas do processo. Isso foi possível graças à aplicação do software alemão GaBi, desenvolvido em conjunto com o Grupo Volkswagen, que propiciou a avaliação prévia e completa para que todos os impactos ambientais fossem minimizados.

A Pintura de Taubaté terá nova tecnologia para o uso de tinta à base de água, aliada a equipamentos e processos de alto rendimento e baixo consumo energético, além de uso reduzido de solventes e gás natural em sua operação. Desta forma, comparando-a ao padrão de mercado, haverá redução na emissão de gases de efeito estufa e de compostos orgânicos voláteis para a atmosfera, assim como menor geração de resíduos sólidos.

Outro destaque é a reciclagem do ar de exaustão das cabines robotizadas. "Essa tecnologia possibilita a reutilização de 80% do ar que seria descartado na atmosfera num processo convencional, proporcionando economia da energia que seria gasta para aquecer ou resfriar o ar, quando ele entra na cabine, onde sua temperatura deve ser mantida em aproximadamente 25°C", explicou o gerente executivo de Engenharia de Manufatura – Pintura e Montagem Final, Nelson Salazar Filho, que também é gerente geral do projeto.

Qualificação profissional

Considerada uma das fábricas de veículos mais modernas e produtivas do Brasil, a unidade da Volkswagen em Taubaté também se destaca pela elevada qualificação profissional de seus cerca de 5,2 mil colaboradores, que, em 2010, receberam 147.082 horas de treinamento. A unidade possui um centro de capacitação profissional chamado Profiraum, no qual os operadores recebem conhecimentos práticos e teóricos, além de simularem novas operações antes de aplicá-las na linha de produção.

Os benefícios econômicos e sociais gerados pela Volkswagen têm forte impacto positivo também sobre a comunidade do Vale do Paraíba. "Temos orgulho em ser a maior empresa, maior empregadora e principal fonte de impostos para o município de Taubaté", afirmou Marco Aurélio de Castro, gerente executivo de Recursos Humanos da fábrica de Taubaté.

Desenvolvimento sustentável

A Volkswagen também desenvolve trabalhos sociais reconhecidos pela comunidade. O programa "Uma Hora para o Futuro", por exemplo, estimula doações entre os colaboradores, que oferecem o equivalente a uma hora de trabalho por ano em benefício de 800 crianças assistidas pelo Projeto Esperança, de Taubaté. No ano passado, foram arrecadados R$ 100,6 mil e desde 2004, quando começou, o programa acumula R$ 580 mil em doações.

Já o programa "Volkswagen na Comunidade", da Fundação Volkswagen, beneficiou três entidades do Vale do Paraíba com a doação de R$ 30 mil para cada projeto social entre 2008 e 2010. Os beneficiados foram: o Grupo de Assistência ao Menor Trabalhador, de Caçapava; a Associação Comunitária Amor e Caridade, de Jacareí, e a Associação para Síndrome de Down de Taubaté (Assid).

A fábrica também apoia a cidadania entre seus funcionários por meio do "Programa de Voluntariado" e incentiva, desde 1994, o Comitê de Cidadania dos empregados, que doa cestas básicas para organizações sociais da região.

A fábrica de Taubaté se destaca ainda por sua atenção ao meio ambiente e pela busca por alternativas sustentáveis. Desde 2007, a unidade já plantou mais de 11 mil mudas de árvores, com a participação de funcionários, visitantes e ambientalistas. O "Programa de Plantios" prevê para este ano mais 5 mil mudas na área externa da fábrica.

Implementada desde o início da fábrica, a Estação de Tratamento de Efluentes de Taubaté trata 100% da água utilizada pela unidade. Desde 2003, cerca de 30% dessa água, além de tratada, passa por um processo adicional de ultrafiltragem e reciclagem, sendo reaproveitada para resfriamento de máquinas, limpeza de ruas externas e jardinagem, entre outras atividades. Com este processo, a fábrica já economizou mais de 1,5 bilhão de litros de água dos mananciais.

Além disso, a Volkswagen realiza desde 2004 em Taubaté o "Programa de Educação Ambiental Eco Amigos", que beneficiou cerca de 6.700 pessoas. A iniciativa promove atividades de educação ambiental na comunidade, especialmente junto a crianças assistidas por organizações sociais.

Datas históricas da Volkswagen em Taubaté:

1973 – Início da construção.
1976 – Unidade faz peças estampadas, plásticas, injetadas e de tapeçaria para Fusca e Kombi produzidos em São Bernardo do Campo.
1978 – Primeiros cinco Passat produzidos no local são liberados para venda.
1979 – Início da montagem do Passat em série, de forma quase artesanal.
1980 – Produção do Gol Geração I, com motor 1.3. Veículo inaugura nova fase na indústria automotiva brasileira.
1982 – Primeiras 100 mil unidades do Gol produzidas.
1986 – Início da produção do Voyage.
1990 – Unidade comemora 1.000.000 de veículos produzidos.
1993 – Fábrica é a primeira montadora da América do Sul a receber o Certificado Internacional de Qualidade ISO 9002. Unidade recebe primeiros robôs, para produzir Gol Geração II.
2002 – Fábrica recebe certificado de qualidade ambiental ISO 14.001.
2008 – Novo Gol e Novo Voyage entram em produção. Fábrica recebe investimentos de R$ 600 milhões e instala nova Armação, com 308 robôs.
2009 – Unidade comemora 5.000.000 de veículos produzidos.
2011 – Iniciada a construção da nova Pintura.

Tags:
Comentários (0)

postado por FundaçãoVW | 22. fevereiro 2011 03:31
 

Projeto prevê criação de 24 classes de aceleração em 16 escolas da rede municipal de Resende. Proposta atenderá cerca de 500 estudantes com distorção idade-série do 2º ao 4º ano do Ensino Fundamental. Professores e gestores da Secretaria Municipal de Educação receberão 64 horas de formação.

A Secretaria Municipal de Educação de Resende (RJ), em parceria com a Fundação Volkswagen e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), lançou na sexta-feira (18) o programa Aceleração da Aprendizagem no município. O trabalho será realizado em 16 escolas da rede municipal de ensino, com a criação de 24 classes de aceleração para atender cerca de 500 estudantes em distorção idade-série do 2º ao 4º ano do Ensino Fundamental.

O programa é necessário para corrigir uma fragilidade do atual sistema regular de educação, já que direciona os alunos multirrepetentes para classes de aceleração. Isso significa tirar os alunos com repetência escolar das classes regulares para trabalhar as formas de aprendizagem individualmente. Ao final de dois anos, os alunos atendidos deverão ter desenvolvido habilidades e competências com melhoria e ganhos de aprendizagem para ingressar diretamente no 6º ano com a idade adequada.
Para atingir os objetivos propostos, o programa prevê formação continuada da equipe técnica da secretaria municipal de educação, dos gestores de escolas e dos professores que serão designados para as classes de aceleração. Serão 64 horas de formação no primeiro ano, oferecidas por pesquisadores especialistas no assunto do Cenpec. Além disso, os professores e alunos receberão material didático.

A metodologia desenvolvida pelo Cenpec, consolidada ao longo de 15 anos de trabalho com correção de fluxo escolar, foi selecionada pelo Ministério da Educação (MEC), em 2010, como uma importante metodologia educacional que contribui para a redução da defasagem idade-série. "Se o aluno repetiu o ano duas vezes ou mais, é sinal de que não desenvolveu bem o processo de aprendizagem. Manter esse aluno com outras crianças de menor idade na mesma sala acaba prejudicando seu desenvolvimento e, por isso, temos de trabalhar de forma direcionada e individualizada", comenta Claudia Petri, gerente de projetos do Cenpec.
O modelo de parceria desenvolvido em Resende possibilita transformações significativas e mais rápidas, pois envolve o poder público local, por meio da Secretaria Municipal de Educação; a sociedade civil organizada, representada pelo Cenpec, difusora da metodologia e do conhecimento, e a Fundação Volkswagen, com o investimento social privado.

Não é a primeira vez que a Fundação Volkswagen investe em projetos de educação em Resende. Entre 2005 e 2008, a entidade ofereceu formação a cerca de 300 educadores com projetos de leitura e escrita, beneficiando mais de 30 mil estudantes da rede pública de ensino. Para Conceição Mirandola, diretora da Fundação Volkswagen, renovar a parceria no município com um novo projeto educacional significa o fortalecimento de um trabalho em rede e que as ações anteriores renderam bons resultados. "Para trabalhar com classes de aceleração, o professor tem de estar muito bem preparado, mas todos na escola têm se envolver. É por isso que direcionamos os investimentos em educação para a formação do professor, porque ele é capaz de promover educação com qualidade", complementa.

Sobre a Fundação Volkswagen

Ao longo dos mais de 30 anos de existência, a Fundação Volkswagen é responsável pelo investimento social da empresa no país, por meio de projetos com foco em educação e desenvolvimento social. Tem como objetivo promover a qualidade de vida das pessoas nas comunidades em situação de vulnerabilidade social e na qualidade da oferta de educação pública. A estratégia de atuação baseia-se no desenvolvimento de um trabalho articulado em rede, por meio de parcerias entre os setores públicos, privados e a sociedade civil organizada (Organizações não-governamentais - ONGs), para, conjuntamente, implementar projetos que influenciem políticas públicas e que sejam sustentáveis a longo prazo.

Tags:
Comentários (0)

postado por Imprensa | 15. fevereiro 2011 05:40
 

Apresentado ao público brasileiro durante o último Salão Internacional do Automóvel, em outubro do ano passado, o Passat CC R-Line está chegando na rede de concessionárias Volkswagen em todo o país. Esportivo na aparência e no comportamento, o sedã é o primeiro veículo desenvolvido pela Volkswagen R Gmbh, subsidiária da marca especializada no desenvolvimento de modelos esportivos e exclusivos, a ser comercializado no Brasil.

Além de toda a ampla gama de equipamentos de série que fazem do Passat CC um dos carros mais completos do mercado internacional, a versão R-Line oferece uma série de itens exclusivos que reforça seu caráter esportivo e proporciona um visual ao mesmo tempo imponente e agressivo. Entre outros detalhes, o Passat CC R-Line vem com spoilers dianteiro e laterais, rodas de liga leve Mallory com 18 polegadas de diâmetro e volante multifuncional esportivo.

Volkswagen R

A Volkswagen R Gmbh, subsidiária da Volkswagen, se dedica exclusivamente ao desenvolvimento de modelos esportivos e exclusivos, atividade que visa atender à demanda cada vez maior por carros aprimorados pelas próprias fábricas. Um grande número de consumidores deseja modelos com aparência externa mais esportiva ou com um interior diferenciado. E muitos sonham, também, com um automóvel cuja motorização e demais componentes mecânicos ofereçam um desempenho de nível esportivo profissional.

A Volkswagen R, que conta com uma equipe de mais de 350 pessoas, constrói carros esportivos diferenciados e de alto desempenho e fabrica duas linhas de equipamentos independentes (R-Line e Exclusive), além de desenvolver soluções customizadas, com a garantia da reconhecida qualidade de engenharia e manufatura característica da marca Volkswagen.

R-Line

A Volkswagen R desenvolveu a "R-Line" para todos os consumidores que apreciam carros com carrocerias dinâmicas e interiores criados segundo o espírito dos modelos de alta performance mas que, apesar disso, optam por motores sem alterações quanto ao desempenho. Fazem parte deste programa o Golf R-Line, Scirocco R-Line, Tiguan R-Line, Touareg T-Line, Passat e Passat Variant R-Line e o Passat CC R-Line, que agora chega ao Brasil.

Passat CC R-Line

Ao adquirir um Passat CC R-Line, o cliente recebe um veículo totalmente modificado. O equipamento exterior inclui rodas R-Line de liga tipo "Mallory" com pneus 235/40 e 18 polegadas que dão ao Passat CC um brilho ainda mais esportivo. Também típicos do design R-Line são o spoiler dianteiro e as saias laterais, pintados na cor do restante da carroceria. O pacote inclui lanternas traseiras escurecidas, sistema Park Assist com câmera de ré e ACC – Controle Automático de Velocidade e Distância.

O interior do Passat CC R-Line inclui como itens de série soleiras de portas personalizadas (as dianteiras com o logotipo R-Line) e o volante esportivo de três raios com acabamento em couro e comandos multifuncionais, também com o logo R-Line. Os bancos são revestidos em couro e os dianteiros têm regulagem elétrica.

O Passat CC R-Line traz de série todos os itens que já fazem da versão normal do sedã esportivo um dos carros mais completos do mercado, como o comando das trocas de marchas por meio das teclas junto ao volante ou seleção automática. O display multifuncional indica a ocorrência de eventuais inconvenientes, como a perda de pressão dos pneus e permite diversas visualizações e configurações. Seis airbags – dois dianteiros, dois laterais para os bancos da frente e proteção tipo "cortina" nas janelas laterais – fazem parte do sistema de segurança do veículo.

O modelo tem também freio de estacionamento eletrônico com função "auto hold", que mantém o veículo estático, independentemente da inclinação do piso, enquanto o pedal do acelerador não voltar a ser pressionado (evitando que o condutor tenha que manter o pedal do freio acionado em terreno inclinado), sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e ACC – sistema que, além de manter automaticamente a velocidade programada pelo motorista, mantém a distância em relação ao veículo que anda à sua frente – aumentando o conforto e segurança ao trafegar nas estradas.

Com todos esses predicados, o Passat CC R-Line chega às concessionárias com o preço sugerido de R$ 189.130,00.

Veja a galeria de fotos na nossa página no Facebook.

Tags:
Comentários (0)

postado por FundaçãoVW | 14. fevereiro 2011 05:11
 

A Fundação Volkswagen entregou na última quinta-feira (10), 700 kits de material escolar para alunos do Ensino Fundamental da cidade de Arcoverde, no sertão de Pernambuco.

As crianças que receberam os kits, contendo lápis, borracha, caneta, estojo, caderno etc, são alunos dos professores que participam do projeto "Pró-Educar Brasil", da Fundação Volkswagen.

 

A entrega foi feita na sede da Fundação Terra, organização responsável pelo acompanhamento do projeto na localidade.

O projeto nasceu como proposta de investimento na formação universitária dos professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental que não tinham licenciatura nem graduação em nível superior nas suas disciplinas. Atualmente, a Fundação Volkswagen oferece bolsas de estudo integral, transporte e alimentação a 30 desses professores, contribuindo para melhoria da qualidade da educação nos municípios da região de Arcoverde, que apresentam baixos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

Com a realidade local, muitas vezes os alunos não têm condições de comprar material escolar. "Estudar tem que ser prazeroso, tem que fazer bem. Além de investir na formação dos professores, temos que dar condições para as crianças aproveitarem melhor as aulas. Quem não gosta de ter um caderno novo para escrever? Estudar sem material é uma tarefa muito difícil", comenta Conceição Mirandola, diretora da Fundação Volkswagen.

"Pró-Educar Brasil" busca novas parcerias

Desde o início do projeto em 2008, o "Pró-Educar Brasil" conta com o apoio da Ceará Motor, concessionária Volkswagen da região que foi pioneira em firmar parceria com a Fundação.

Para esse ano, a proposta é de crescimento. Pretende-se ampliar o alcance do projeto para todo o território nacional com a mobilização da rede com mais de 600 concessionários Volkswagen. "A participação dos concessionários é fundamental para o projeto, pois eles conhecem muito bem a região que atuam. De acordo com o investimento feito pelo concessionário, a Fundação irá dobrar o valor investido", complementa a diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola.

Em Arcoverde, a Fundação Terra é responsável pela seleção dos professores e acompanhamento do projeto. Para as demais localidades, novos parceiros técnicos serão selecionados para condução das atividades.

 

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Web | 10. fevereiro 2011 08:44
 

A Volkswagen do Brasil está patrocinando o Brasil Open de Tênis 2011, o principal torneio desta categoria de esporte realizado no País, que acontece na Costa do Sauípe (BA) até 12/2. O evento é transmitido por canais de televisão e pela mídia esportiva de todo o mundo.  A marca está sendo divulgada em evidência nos diversos painéis que circundam a quadra de tênis e também por meio da exposição de veículos em locais estratégicos, como na tribuna onde o público assiste às partidas e nos estandes. A Amarok, a primeira pick-up média da Volkswagen, é o modelo destaque entre os expostos, que inclui Passat CC, Tiguan, Jetta Variant, Golf, SpaceFox, CrossFox e Gol Rally.

"A associação a um evento contemporâneo e sofisticado como este reforça os valores da Volkswagen, reconhecida pelo pioneirismo de seus produtos e pelo apoio e patrocínios a eventos esportivos e da área cultural. Este é o segundo ano que a Volkswagen patrocina o Brasil Open de Tênis, que é uma grande oportunidade para conversarmos com nosso público das classes A e B e expor a Amarok, pick-up média lançada mundialmente pela marca em 2010. Tivemos um grande retorno da parceria o ano passado e, com certeza, isso também irá acontecer neste ano", afirma Herlander Zola, gerente de Marketing da Volkswagen do Brasil.

Na edição de 2010, o evento atraiu cerca de 20 mil pessoas.

Tags:
Comentários (0)

postado por Autovisão | 10. fevereiro 2011 07:13
 

Domingo passado, dia 6 de fevereiro, comemorou-se o Dia do Agente de Defesa Ambiental. O objetivo foi homenagear aqueles que trabalham pela proteção do nosso meio ambiente e pelo desenvolvimento sustentável.
Visto que todas as pessoas que de alguma forma protegem o meio ambiente podem ser consideradas agentes ambientais, este é um momento apropriado para refletirmos sobre a necessidade urgente de sermos protagonistas nas questões ambientais e, consequentemente, potenciais agentes ambientais.
Sabemos que nos moldes de produção e consumo atuais, o meio ambiente está sendo rapidamente degradado. Quem lê um jornal, assiste às notícias na televisão ou navega pela internet, frequentemente se depara com notícias do tipo: o planeta Terra está aquecendo, as geleiras estão derretendo, os rios contaminados matam peixes e intoxicam a população local, o buraco na camada de ozônio e os gases do efeito estufa preocupam os cientistas e assim por diante.  A nossa sobrevivência depende da natureza, sendo assim, para reverter o processo e evitar a extinção da própria raça humana, precisamos – cada um de nós – tomar ações de prevenção e manutenção do meio ambiente.
Por acreditar que a conscientização é a melhor forma para incentivar a prática da defesa ambiental e o exercício da cidadania nas comunidades, a Volkswagen do Brasil implementou em 2010 um programa de educação ambiental intitulado “Vida Sustentável”, que contou com:
– a exposição da “Casa Sustentável”: uma casa com cômodos mobiliados e decorados com materiais reciclados e reutilizados, e com a orientação de monitores quanto a como utilizar de forma consciente a energia elétrica e água, de forma que possam aproveitar essas sugestões em suas residências;
– a exibição da peça teatral “Planeta Água – Um Mundo Sustentável” para alunos da rede pública de São Bernardo do Campo: teatro itinerante abordando o tema da sustentabilidade, com uma “oficina” ao final, em que as crianças aplicam os conhecimentos obtidos durante a apresentação;
– a distribuição a todos os colaboradores de um livro com o titulo “O Meu Livro Verde”;
– a distribuição da cartilha chamada “Vida Sustentável”, que enfatiza os objetivos do milênio;
– um concurso cultural para os colaboradores e suas famílias, em que eles redigiram dissertações contando como estão colocando em prática nas  suas casas e comunidade os conceitos de Sustentabilidade adquiridos através do programa “Vida Sustentável”.
A falta de conscientização e respeito do ser humano contribui para a degradação ambiental acelerada. É muito importante incentivar à reflexão e à crítica enquanto ainda há tempo, pois assim permitiremos que as futuras gerações possam viver em harmonia com a natureza.

Tags: , , , ,
Comentários (0)

postado por Imprensa | 4. fevereiro 2011 11:11
 

O Gol Vintage, carro-conceito criado pelos designers da Volkswagen do Brasil, agora é uma série especial limitadíssima. Serão produzidas 30 unidades, uma para celebrar cada ano de produção do Gol. Com itens exclusivos, os veículos serão numerados e terão partes da carroceria pintadas à mão.

Todas unidades receberão tratamento especial na pintura, com partes como capô e teto pintados à mão, além de equipamentos de série exclusivos e uma guitarra também de produção limitada. O termo Vintage é referência a produtos de forte tradição e personalidade, com características que transcendem o tempo, como ocorre com o Volkswagen Gol.

A cor predominante da carroceria será o branco, mas capô, teto e tampa traseira são pintados cuidadosamente à mão em preto, reforçando ainda mais a exclusividade do modelo. "Sem dúvida, será a série mais exclusiva que a Volkswagen do Brasil já fez na sua história", afirma Luiz Alberto Veiga, gerente-executivo de design da Volkswagen do Brasil e um dos responsáveis pelo projeto.

O Gol Vintage trará ainda faixas laterais exclusivas com o nome da série, presente também na tampa do porta-malas, além do para-choque traseiro com adesivo preto sob a placa de licença e aros do farol de neblina em branco. As rodas de liga leve aro 16 com 4 furos são brancas e utilizam pneus 205/45 R 16. O motor é o 1.6 Total Flex.

Por dentro, o acabamento também ganhará itens e detalhes diferenciados. Teto, colunas e bancos revestidos de couro serão cinza Antracite. Os bancos contarão com faixas centrais e detalhes perfurados em branco, mesmos acabamento e cor utilizados nos painéis das portas. O volante de couro perfurado nas pegas contará com detalhes bilhantes em branco exclusivos.

Painel de instrumentos, portas, para-sóis, espelho retrovisor interno e alças de segurança serão em cinza Antracite. Os sobretapetes em Antracite trarão detalhes brancos e a iluminação do painel será de LED da mesma cor, com display em vermelho. Os aros do cluster, dos difusores de ar, da alavanca de cambio, gatilhos das portas, esquemas de marcha também serão brancos.

A guitarra Tagima que acompanhará cada unidade foi desenvolvida exclusivamente para a série, assim como o cabo Sparflex que permite a conexão. O instrumento terá sistema de pré-amplificação interno que permite conectá-lo ao sistema de som do carro por meio de uma entrada especial. Maior produtora de instrumentos musicais do País, a empresa fabricará individualmente as 30 unidades do instrumento, que seguirão o mesmo conceito visual do Gol Vintage.

O Gol Vintage foi mostrado pela primeira vez ainda como carro conceito, em abril de 2010, durante o "Gol Fest", evento que comemorou os 30 anos do carro mais vendido do País. O Gol Vintage tem preço sugerido de R$ 52.180,00.

Tags:
Comentários (0)

postado por Imprensa | 4. fevereiro 2011 10:54
 

Dois empolgantes comerciais estrearão durante o evento

A Volkswagen apresentará no próximo domingo, durante a realização do Super Bowl - partida final e ponto mais alto da temporada do futebol americano -, dois importantes modelos novos para o mercado estadunidense. Especialmente para a ocasião, foram produzidos dois comerciais, apresentando a nova versão do Passat e a silhueta do novo Beetle, antes de seu lançamento oficial. Mais de 100 milhões de espectadores devem assistir ao jogo entre as equipes do Green Bay Packers e do Pittsburgh Steelers.

"O Super Bowl é um dos eventos televisivos com maior número de espectadores em todo o mundo. Queremos aproveitar esta oportunidade para apresentar nossos modelos mais recentes para uma ampla audiência e implementar ainda mais as emoções provocadas pela marca Volkswagen", explica Luca de Meo, dirigente de Marketing do Grupo Volkswagen e da Volkswagen Passenger Cars.

Como já ocorreu em novembro do ano passado, durante o Oprah Winfrey Show, o novo Beetle aparece no comercial, denominado "Black Beetle" (O Besouro Negro), apenas na forma de uma silhueta. Durante o filme, num mundo de fantasia, um besouro participa de uma corrida com outros "insetos". A associação com perseguições automobilísticas presentes em filmes e séries televisivas não é acidental. No final, o besouro chega em primeiro lugar à linha de chegada e sua silhueta se transforma na do novo Beetle.

O segundo comercial estabelece uma ligação com o legendário "Guerra nas Estrelas", filme de George Lucas. Tendo como música de fundo a "Marcha Imperial", de John Williams, o comercial mostra um menino vestindo o traje do vilão da história, Darth Vader. Ele está treinando suas habilidades em artes marciais no Passat estacionado na entrada da garagem da casa de seus pais e se surpreende com a aparente reação do automóvel.

"Há muito poucas ocasiões em que comerciais na televisão conseguem atrair tanta atenção como no Super Bowl. A originalidade de nossos comerciais vai ajudar a fazer deste jogo uma experiência televisiva inesquecível", afirma de Meo, comentando a importância dos anúncios. A Volkswagen se destacou na edição do Super Bowl de 2010 com o comercial "Punch dub", inspirado numa popular brincadeira infantil. Produzido com a participação do astro da música Steve Wonder, o filme fez um enorme sucesso. Imediatamente após a partida, a Volkswagen ganhou 50 mil novos fãs no Facebook e um milhão de pessoas assistiram ao comercial na Internet.

As atividades no Super Bowl deste ano fazem parte de uma ampla campanha de preparação para o lançamento dos novos Passat e Beetle nos Estados Unidos. Ela também inclui a divulgação no canal principal do YouTube no dia seguinte ao jogo. Além da utilização de várias formas de mídias sociais, estão previstas outras ações na televisão, no show de Oprah Winfrey, nas finais dos campeonatos de basquete da NBA e da liga de futebol americano (NFL).

Tags:
Comentários (0)

postado por Imprensa | 4. fevereiro 2011 10:33
 

A Volkswagen do Brasil apresentará a Amarok, modelo de estreia da montadora no segmento de pick ups médias, durante o Brasil Open 2011, que acontecerá entre os dias 5 e 12 de fevereiro, na Costa do Sauípe (BA). Patrocinadora do principal torneio de tênis do país, a Volkswagen também proporcionará aos seguidores do twitter oficial da montadora (@carromesmo) a oportunidade de assistir ao evento esportivo.

A Amarok diferencia-se pela tecnologia e segurança em seu segmento. Com preço inicial de R$ 102.990 na versão Trendline, o modelo traz de série itens como piloto automático e display multifuncional, ar-condicionado Climatic, direção hidráulica, espelhos retrovisores com acionamento elétrico e antena integrada e rádio CD/MP3 com entradas para SD Card, USB e Bluetooth. A outra opção da linha é a versão Highline, com preço a partir de R$119.490. “Por preços competitivos, os proprietários da Amarok contam com recursos tecnológicos on e off road inéditos no segmento, aliando a robustez de uma pick-up a um excelente conforto e dirigibilidade”, afirma Carlos Leite, gerente de Vendas e Marketing Amarok.

A Amarok vem equipada com um motor de alta tecnologia: o TDI de 2,0 litros, 4 cilindros e 16 válvulas, com 163 cv, dotado de sistema de injeção direta common-rail e alimentado por dois turbo compressores, com torque máximo de 40,8 kgfm a apenas 1.750 rpm. Esta motorização traz o conceito de “downsizing” com motores de baixa cilindrada, mas com alta potência e torque. Com autonomia próxima de 1000 quilômetros, graças ao consumo médio reduzido, o abastecimento é realizado com muito menos frequência que o normal. A unidade turbodiesel com injeção direta cumpre as normas mais severas de emissões e são conjugadas, de série, a uma transmissão manual ZF de seis velocidades.

A Amarok é oferecida com tração 4x4 selecionável (4Motion) que proporciona um excelente desempenho em qualquer condição de piso, principalmente fora de estrada e é identificada pelo algarismo “4” em vermelho na designação do modelo. Esta versão utiliza acoplamento por engrenagens, sistema amplamente adotado no segmento das pick-ups. Ao acionar o modo 4x4, através de um botão, o torque é distribuído igualmente entre os dois eixos.

Para enfrentar situações mais difíceis, está disponível o modo 4x4 reduzido que permite transpor os trechos mais exigentes, até mesmo subidas íngremes, com ângulo de 45º (100% de inclinação), com o veículo totalmente carregado. Ao mesmo tempo, a suspensão traseira progressiva de alta resistência é composta por feixe de molas com três lâminas principais e duas secundárias, garantindo elevado conforto para os ocupantes em todas as condições, vazia ou carregada.

O sistema de tração dispõe ainda, de Bloqueio Eletrônico do Diferencial (EDL) que, em situações na qual uma das rodas fique sem tração, o freio desta roda é acionado evitando que a pick-up patine. Além disto, é oferecido um sistema de bloqueio de diferencial mecânico para o eixo traseiro, que permite uma utilização ainda mais radical.

As maiores dimensões da categoria: maior cabine e a caçamba mais larga

A pick-up também traz as maiores medidas em seu segmento tanto nas dimensões do habitáculo quanto na caçamba. Internamente, o espaço para os joelhos no banco traseiro permite à Amarok transportar cinco ocupantes com o máximo conforto. Com apenas duas pessoas a bordo, é possível rebater o banco traseiro para aumentar a área de carga no interior.

Na caçamba da Amarok as medidas apresentam 1.555 mm de comprimento e 1.620 mm de largura, resultando numa ampla superfície de carga com 2,52 m2. Mas isto não é tudo: a largura de 1.222 mm entre as caixas das rodas é a maior oferecida por um veículo desta categoria e permite transportar, pela primeira vez numa pick-up média, paletes padrão europeu (1,2 x 0,8 m) na transversal, aproveitando melhor o espaço de carga.

Graças a estas medidas de referência, a menor altura entre o assoalho da caçamba e o solo (779 mm) da categoria e a capacidade para levar entre 1.018 kg (Highline) e 1.044 kg (Trendline), é fácil transportar equipamentos de lazer, como um quadriciclo motorizado, ou material de trabalho. Quatro pontos de fixação nos cantos da caçamba permitem fixar a carga com segurança. A Amarok pode tracionar reboques com até 2.400 kg de peso em rampas com inclinação de até 12%.

Segurança: novos padrões para o segmento

A pick-up da Volkswagen distingue-se pelo elevado conceito de segurança, que define novos padrões na sua classe. Ela conta com air bags do motorista e do passageiro dianteiro e cintos com pré-tensores nos bancos dianteiros. Vários dispositivos garantem uma elevada segurança ativa, como o Sistema Eletrônico de Estabilidade (ESP), opcional.

A Amarok apresenta de série e como item exclusivo na categoria o ABS “off road”, que aperfeiçoa a ação do ABS em solo solto (por exemplo, pedriscos e areia) em velocidade até 130 km/h, proporcionando uma maior eficiência de frenagem.

Sistemas de auxílio ao motorista como o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), TCS / ASR (Sistema de Controle de Tração) e EDL/EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial) são equipamentos de série da pick-up.

Juntamente com o opcional ESP, a Amarok dispõe para o motorista os exclusivos sistemas HDC (Controle Automático de Descida) e HSA (Assistente para Partida em Subida).

O HDC mantém uma baixa e constante velocidade de descida da pick-up, sem intervenção do motorista, adequando a rotação do motor e acionando os freios automaticamente de acordo com as solicitações do percurso. Funciona em velocidades até 30km/h.

O HSA mantém o freio acionado após o motorista tirar o pé do pedal de freio por até 3 segundos, tempo suficiente para acelerar e partir em rampas com inclinação maior que 3º, sem que haja um recuo do veículo.

SERVIÇO

Brasil Open 2011
Data: 5 a 12 de fevereiro
Horário: diariamente a partir das 9h
Local: Costa do Sauípe - BA

Tags:
Comentários (0)


<<  agosto 2014  >>
seteququsedo
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567

Follow me on Twitter