postado por Admin | 13. fevereiro 2013 09:13
 

A Volkswagen está patrocinando a exposição "Giugiaro: 45 anos de design italiano", cuja abertura ocorreu ontem, 7 de fevereiro, e vai até 31 de março, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo.

A mostra apresenta o trabalho de Giorgetto e Fabrizio Giugiaro, pai e filho, duas referências de criatividade no design. Giorgetto Giugiaro foi um dos principais agentes a dar forma e beleza à indústria automobilística mundial.

Eles participaram na noite de ontem do evento de abertura da exposição, que também contou com a presença do presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, do secretário adjunto da Cultura do Estado de São Paulo, Sérgio Tiezzi, e do cônsul geral da Itália em São Paulo, Mauro Marsili.

Em sua apresentação, Schmall destacou que Giugiaro desenvolveu com muito estilo e funcionalidade projetos e obras que entraram para a história. "A Volkswagen tem grande satisfação de patrocinar essa exposição, especialmente neste ano de 2013, quando a empresa celebra 60 anos de Brasil", comentou. A Volkswagen do Brasil foi a primeira empresa a instalar no País um centro de Design Automobilístico.

Giorgetto Giugiaro mantém estreita relação com o Grupo Volkswagen desde os primeiros anos de atividade de seu estúdio, Italdesign. É de sua autoria, por exemplo, o desenho da primeira geração do Golf (1974) – considerado pelo próprio designer sua melhor e mais importante realização. Giugiaro também desenhou vários outros projetos importantes do Grupo Volkswagen, como o Passat (1973), Scirocco (1974), Audi 80 (1978) e Lamborghini Gallardo (2002).

Essa cooperação de sucesso se itensificou em setembro de 2010, quando o Grupo Volkswagen tornou-se acionista majoritário no Italdesign. O estúdio foi criado em 1968 por Giorgetto Giugiaro em parceria com o engenheiro Aldo Mantovani.

Diversidade

Na mostra estão expostos exemplares das criações de Giorgetto. Já na entrada o visitante se depara com o lendário esportivo W12 (2001). No pátio do museu, estão expostos os conceitos Aztec, Structura e Quaranta, que celebraram respectivamente os 20, 30 e 40 anos de fundação do estúdio Italdesign. No salão principal da mostra está uma unidade do Volkswagen Golf de primeira geração.

Além dos carros, estão na mostra objetos que exemplificam a diversidade criativa do designer italiano, como uma bicicleta, poltronas e até máquina de lavar. Há também um modelo em escala do trem de alta velocidade ETR 600 Frecciargento, criado por Giugiaro.

"Nosso trabalho é sempre para a frente, sempre para o futuro, tentando adivinhar o que quer o consumidor. Quem inova deve sempre procurar uma novidade, nunca ficar parado", afirmou Giorgetto Giugiaro. "Temos o dever de criar formas absolutamente cativantes para todos, jovens ou idosos."

Exposição "Giugiaro: 45 anos de design italiano"
Museu da Casa Brasileira
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano
Tel.: (11) 3032-3727
Horário: de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00
Abertura: 7 de fevereiro, quinta-feira, às 19h30

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Volkswagen Golf de 1ª geração, desenhado por Giugiaro

Fabrizio Giugiaro, Giorgetto Giugiaro, Thomas Schmall e o curador da mostra, Marco Guidone

Tags: , , ,
Comentários (0)

postado por Admin | 21. janeiro 2013 12:56
 

A Volkswagen do Brasil termina o ano de 2012 com o maior volume em vendas já registrado em toda a sua história no Brasil, que completa 60 anos no País, em 23 de março de 2013. Foram 768.395 unidades de janeiro a dezembro de 2012, um crescimento de 10% sobre 2011. Esse resultado assegurou à marca 21,1% de participação no mercado de automóveis e comerciais leves, registrando uma evolução de 0,7 ponto percentual em relação a 2011.

Durante todo o ano, a Volkswagen apresentou índices de crescimento maiores que o da própria indústria. Enquanto a marca cresceu 10% em relação a 2011, a indústria nacional de carros e comerciais leves teve alta de 6,1% no mesmo período.

“Os resultados reforçam que 2012 foi o melhor ano da Volkswagen do Brasil. Em 60 anos de atividades no País, encerramos 2012 com um recorde de vendas expressivo e que confirma o sucesso da nossa aposta na renovação constante dos nossos produtos e dos nossos processos produtivos, sempre com o foco no futuro e na sustentabilidade”, declara o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

Somente em dezembro, a Volkswagen emplacou 70.860 unidades de carros e comerciais leves, superando em 9,8% as vendas de dezembro de 2011. No ano, o melhor mês em vendas para a marca foi agosto, quando registrou recorde histórico, com 88.748 unidades.

No segmento de automóveis de passeio a Volkswagen apresentou um crescimento de 11,1% em 2012, comparando com o ano anterior, totalizando 59.712 unidades.

Gol, líder absoluto pelo 26º ano consecutivo

O modelo mais vendido do mercado brasileiro continua sendo o Gol, que também completa a marca inédita de 26 anos seguidos na liderança, com 293.310  unidades emplacadas em 2012. Foram mais de 38.100 unidades acima do segundo colocado em vendas no mercado nacional.

O Gol, um produto genuinamente brasileiro e que já foi exportado para mais de 60 países, atingiu em 2012 a marca histórica de 7 milhões de unidades produzidas nas fábricas brasileiras da Volkswagen.

Amarok

A Amarok teve em 2012 o seu melhor ano de vendas de sua história. A pick-up registrou 19.825 unidades comercializadas no mercado nacional, o que representa crescimento de 93,8% sobre as vendas em 2011.

A chegada da versão com transmissão automática de oito marchas, em março de 2012, e das configurações cabine simples, em dezembro de 2011, impulsionaram as vendas do modelo. Outro fator que contribuiu para o excelente desempenho comercial do modelo no ano passado foi o início das vendas da linha 2013, em novembro.

A Amarok 2013 é oferecida em oito opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, tração 4x2 e tração 4x4, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas e motor 2.0 turbo diesel de 122 cv e motor 2.0 biturbo diesel de 180 cv.

"A Volkswagen do Brasil tem sido uma das grandes forças a moldar a indústria automobilística brasileira nos últimos 60 anos e líder na preferência dos brasileiros por cerca de 50 anos, graças aos dois modelos de maior sucesso: 24 anos com o Fusca e 26 anos com o Gol. Com 22 modelos diferentes, também temos o portfólio de produto mais completo da indústria, atendendo as necessidades de cada cliente. Nossos produtos apresentam tecnologia de ponta e soluções inovadoras que fazem a diferença na vida de nossos clientes", declara a vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil, Jutta Dierks.

Destaques de 2012

A Volkswagen do Brasil foi reconhecida, em 2012, por uma série de entidades e veículos de comunicação, que retratam as ações da empresa e da marca em diversos campos, como sustentabilidade, imagem e satisfação do cliente:

Reconhecimentos da Volkswagen do Brasil em 2012

  • Top of Mind pelo 22º ano consecutivo na categoria “Carro”, pelo jornal Folha de S.Paulo
  • "As 100 Empresas de Maior Prestígio no Brasil", 1º lugar na categoria  “Veículos”, no ranking do anuário da revista "Época NEGÓCIOS 100", pelo 4º ano consecutivo
  • “Empresa Mais Admirada” da indústria automobilística nacional, pela revista Carta Capital
  • “A Marca Mais Desejada” na categoria Automóveis e Comerciais Leves, pela Fenabrave
  • “Líderes do Brasil”, ao presidente da Volkswagen do Brasil,Thomas Schmall, na categoria “Indústria Automotiva”, em levantamento realizado pela LIDE – Grupo de Líderes Empresariais
  • “A Maior Empresa do Brasil" na categoria Veículos e Peças", na edição especial Valor 1000, publicada pelo jornal Valor Econômico
  • Top of Mind na categoria "Automóvel - Fabricante", e Gollíder na categoria "Automóvel - Modelo", na pesquisa Aba/Top Brands
  • "Empresas que Melhor se Comunicam com Jornalistas", na categoria "Automotivo", concedido pela revista Negócios da Comunicação
  •  "Prêmio Intangíveis Brasil- PIB", da revista "Consumidor Moderno", na categoria "Automobilístico e Transportes", pelo 4º ano consecutivo
  • “O melhor carro nacional até R$ 30 mil”, para o Novo Gol, eleito na 12ª edição do Prêmio TOP Car TV
  • “Melhor Motor acima de 2,5 litros” para o motor 4,2 litros V8 que equipa o modelo Touareg, eleito pela Abiauto – Associação Brasileira de Imprensa Automotiva
  • “Picape do Ano”, para a Amarok, eleita no Prêmio Melhores do Ano, realizado pela Auto Press, agência de notícias especializada no setor automotivo
  • "Melhor Carro entre R$ 60 mil e R$ 90 mil" para o Jetta TSI,  segundo o portal UOL
  • “Automóvel Mercosul” , para o Novo Gol, no Prêmio Mercosul 2013 da Associação Mercosul da Imprensa de Carros (Americar).

 Reconhecimentos regionais

  • Top of Mind Paraná 2012 nas categorias “Montadora” e “Automóvel”, realizada pela revista Amanhã
  • Prêmio Topvale 2012 na categoria “Top do Top”, como marca mais lembrada do Vale do Paraíba, além das categorias "Indústria do Vale", pela 5ª vez, "Responsabilidade Social", pela 3ª vez e “Meio Ambiente”, pela 2ª vez
  • “Marcas dos Cariocas”, na categoria “Fabricante de Automóvel” pelo 3º ano consecutivo, realizado pelo jornal O Globo
  • “Marca de automóveis mais prestigiada em Minas Gerais” e 6ª colocada no ranking geral, segundo especial “Marcas Mais Prestigiadas em Minas / 2012”, realizado pelo jornal Estado de Minas
  • Troféu Onda Verde, pela 3ª vez, no Prêmio Expressão de Ecologia, no Paraná
  • Melhor "Montadora de Veículos" da região sul do País, no Projeto Reputação Corporativa, realizado pela Revista Amanhã
  • Prêmio 100 Maiores Contribuintes do ICMS do Paraná, promovido pela Federação do Comércio e Jornal Indústria & Comércio.
  • "Fábrica de Automóvel" e "Consórcio de Automóvel" na pesquisa."Recall de Marcas", do jornal A Gazeta, de Vitória, principal publicação do Espírito Santo

 Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 Gol, líder absoluto de vendas há 26 anos consecutivos

 Amarok, vendas em 2012 impulsionadas com a chegada da versão com transmissão automática de oito marchas e da configuração cabine simples

 Volkswagen do Brasil bate recorde histórico em vendas e cresce mais que a indústria em 2012

Tags: , ,
Comentários (0)

postado por Admin | 21. janeiro 2013 12:20
 

A Volkswagen do Brasil acaba de firmar patrocínio com o Instituto "Projeto Neymar Jr.". O anúncio oficial foi feito pelo jogador do Santos e da Seleção Brasileira, Neymar Jr., nesta sexta-feira (18/1), na Praia Grande (SP), em cerimônia com a presença do prefeito da cidade de Praia Grande, Alberto Pereira Mourão, do diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil, Dr. Eduardo de Azevedo Barros, que também atuará como membro do Conselho Fiscal do Instituto, além de patrocinadores do atleta.

A cerimônia marcou a assinatura do contrato de aprovação do "Projeto de Lei" pela Câmara Municipal de Praia Grande, que autorizou a concessão da área, localizada no Jardim Glória, onde será construído a sede do Instituto "Projeto Neymar Jr.". No espaço, que tem 8.400 metros, será desenvolvido um complexo esportivo voltado para crianças carentes da cidade. A estrutura contará com campo de futebol profissional, quadra poliesportiva, piscina e academia de ginástica, além de outras dependências.

De início, o local pretende atender aproximadamente 300 jovens que tenham talento para o futebol e outros esportes. Será disponibilizado apoio médico e profissionalizante para os atletas e suas famílias, além de trabalhos sociais. A previsão é que em 5 anos, consiga atender 2 mil crianças de 7 a 14 anos e seus familiares, totalizando 10 mil pessoas.

"Para a Volkswagen do Brasil é uma enorme satisfação patrocinar um projeto tão grandioso como este, que transformará positivamente a vida de tantas pessoas. A parceria com o Projeto Neymar Jr. também é uma oportunidade que a empresa tem de apoiar a causa sob uma perspectiva social e de desenvolvimento da comunidade por meio dos nossos jovens. Será mais um gol de placa do Neymar junto com a Volkswagen", disse o diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil, Dr. Eduardo de Azevedo Barros.

Dr. Eduardo também comenta que a ideia do Instituto "Projeto Neymar Jr." começou a ganhar força desde o patrocínio do jogador como embaixador da marca. "Ficamos muito gratos por ter podido ajudar, inclusive, na constituição deste projeto", ressaltou o diretor.

Volkswagen e Neymar Jr.

Em março de 2012, a Volkswagen do Brasil firmou patrocínio com o jogador de futebol Neymar Jr. O anúncio oficial foi feito pela empresa, na Vila Belmiro, em coletiva de imprensa com a presença do presidente da Volkswagen, Thomas Schmall, e do craque do Santos e da Seleção Brasileira.

Pelo acordo, que vai até 2016, o novo embaixador da marca participará de uma série de campanhas publicitárias da empresa, marcará presença em eventos e usará modelos da Volkswagen no seu dia a dia. A estratégia da Volkswagen com a parceria é unir os valores da marca aos do jogador, reconhecido pela garra e paixão pelo o que faz, mostrando a verdadeira essência do futebol brasileiro.
A parceria também é fortalecida pelo o fato de o futebol e o esporte estarem ainda mais em relevância no Brasil, já que o País abrigará a próxima edição da Copa do Mundo (2014) e os Jogos Olímpicos em 2016, no Rio de Janeiro. Com apenas 20 anos de idade, Neymar Jr. é considerado o principal talento do futebol brasileiro da atualidade e, possivelmente, será a estrela destes importantes eventos esportivos

Patrocínio ao esporte

A Volkswagen já possui tradição no apoio ao futebol e ao esporte em geral no Brasil e no mundo. Desde 2009 até a Copa do Mundo de 2014, a empresa patrocina a Seleção Brasileira de Futebol. Assim como a Seleção, a marca expressa valores bastante importantes para o brasileiro, como confiabilidade, paixão e proximidade ao público.

Alguns dos principais patrocínios esportivos da Volkswagen do Brasil são:

Volkswagen Run
0Já em sua 6ª edição, a Volkswagen Run é a única corrida de pedestrianismo promovida dentro de uma fábrica de automóveis e aberta ao público. A corrida já se tornou referência entre as provas de 10 km no País, reunindo atletas amadores e de elite. Um dos diferenciais é que o roteiro passa pela linha de montagem da fábrica, onde os participantes podem ver de perto a alta tecnologia e qualidade do processo produtivo da Volkswagen.


Volkswagen Junior Masters
Criado pela Matriz da empresa, na Alemanha, o Volkswagen Junior Masters é um torneio mirim internacional de futebol com o objetivo de incentivar novos talentos no esporte. Em 2011, a Volkswagen do Brasil promoveu a segunda edição do torneio de futebol masculino Sub-12, cujo vencedor foi o time do Corinthians, que representará o País no campeonato mundial Sub-13 Volkswagen Junior World Masters neste ano em Varsóvia, na Polônia. O Brasil participou pela primeira vez da competição em 2010 e, representado pelo time do Santos, foi o campeão do torneio mundial.

Amarok Expedition
A Volkswagen do Brasil realizou em 2012, em parceria com a Sol Paragliders, a Amarok Expedition, que teve como objetivo buscar recordes de voos de distância em parapente. Entre os meses de outubro e novembro, em plena temporada de voos no sertão, os pilotos recordistas de parapente Marcelo Prieto (o Céceu), Donizete Lemos, Samuel Nascimento, Frank Brown, André Fleury e Hernan Pitocco cruzaram divisas de estados e superaram recordes.
 
Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

 O craque Neymar Jr. anuncia o lançamento do Instituto "Projeto Neymar Jr." ao lado de seu pai, Neymar da Silva Santos (à direita), e do prefeito da cidade de Praia Grande, Alberto Pereira Mourão (à esquerda)

 

 

 

 

 

Já em sua 6ª edição, a Volkswagen Run é a única corrida de pedestrianismo promovida dentro de uma fábrica de automóveis

 

 

Após enfrentar inúmeras partidas, disputadas por 20 clubes federados, o time de futebol Corinthians venceu a segunda edição do torneio de futebol masculino Sub-12 Volkswagen Junior Masters Brasil

 

 

 

Volkswagen do Brasil realizou Amarok Expedition, em outubro e novembro de 2012, no Ceará; evento buscou recordes de voos de distância em parapente com atletas renomados

 

 

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Admin | 16. janeiro 2013 05:45
 

  • Vendas do Grupo Volkswagen em todo o mundo foram 11,2%* superiores ao registrado em 2011
  • Dezembro foi um mês forte: 784.300 veículos vendidos; 20,7%* de aumento
  • "Grupo se desenvolveu muito bem em condições difíceis e registrou o melhor ano em vendas.", disse o presidente do Grupo Volkswagen, Prof. Dr. Martin Winterkorn
  • "As incertezas atuais irão se intensificar em 2013. Mercados continuam desafiadores e a concorrência está ficando mais acirrada", disse o membro do board do Grupo Volkswagen responsável por Vendas, Christian Klingler

Wolfsburg, 14 de Janeiro de 2013 - O Grupo Volkswagen registrou um aumento ainda mais forte nas vendas mundiais no ano de 2012, e superou o recorde de vendas do ano anterior. A empresa comercializou 9,07 milhões de veículos pela primeira vez durante um período de doze meses (um aumento de 11,2% ante a 2011, quando foram vendidas 8,16 milhões de unidades)*. O Grupo também encerrou o mês de dezembro com um aumento de 20,7% nas vendas em relação ao mesmo período de 2011, comercializando 784.300 unidades (Dezembro de 2011: 649.700) *.

O presidente do Grupo Volkswagen, Prof. Dr. Martin Winterkorn, comentou: "O Grupo Volkswagen se desenvolveu muito bem em condições difíceis. O ano de 2012 foi o melhor até hoje em vendas. Este é mais um grande passo à frente em nossa Estratégia para 2018. Temos desafios difíceis pela frente. O Grupo Volkswagen tem tudo que é preciso para enfrentar estes desafios e desempenhar um papel de liderança nos mercados mundiais".

Membro do board do Grupo Volkswagen responsável por Vendas, Christian Klingler, acrescentou: "Todas as marcas em nosso Grupo contribuíram para este ótimo desempenho de vendas em 2012. Essa é uma conquista excelente da equipe. Ainda estamos mantendo um olho vigilante sobre o futuro, porque as incertezas irão se intensificar este ano, particularmente na Europa Ocidental. Os mercados são desafiadores e a competição também está ficando mais acirrada".

Em todo o ano, as vendas desenvolveram-se especialmente no continente americano, com um aumento de 26,2% nas vendas na América do Norte, para 841.500 unidades em 2012 (ante 666.800 em 2011), das quais 596.100 foram comercializadas nos Estados Unidos (um aumento de 34,2% em relação a 2011, quando foram vendidas 444.200 unidades).

"Os Estados Unidos é um dos principais mercados do Grupo Volkswagen para implementação da Estratégia para 2018. Volkswagen Group of America vai continuar a crescer e, em conjunto com a Porsche Cars North America, excederá as vendas de 600 mil veículos aos clientes este ano", disse Winterkorn, na véspera da realização do Salão Internacional de Detroit. O Grupo Volkswagen comercializou 1,01 milhão de veículos na América do Sul durante 2012 (8,2% a mais do que em 2011, quando foram vendidas 930 mil unidades), dos quais 780.200 foram vendidos no Brasil (um aumento de 10,7% em comparação com 2011, quando foram comercializadas 704.700 unidades).

O Grupo também registrou números muito satisfatórios na região da Ásia-Pacífico, onde as vendas atingiram a marca de 3 milhões de unidades pela primeira vez em um período de doze meses, com 3,17 milhões de veículos comercializados (23,3% superior a 2011, quando foram vendidos 2,57 milhões de veículos). Desse total, 2,81 milhões de unidades foram comercializadas na China, o maior mercado da região (alta de 24,5% ante 2011, quando 2,26 milhões veículos foram vendidos). Na Índia, as vendas aumentaram 2,1 %, para 114.100 unidades (ante 111.700 unidades em 2011).

As vendas do Grupo Volkswagen no mercado europeu global mantiveram-se estáveis, apesar da situação continuar difícil nos mercados do Sul da Europa, fechando o ano com 3,67 milhões de veículos comercializados (0,3% menor do que em 2011, quando 3,68 milhões de unidades foram vendidas). Na Europa Ocidental (excluindo a Alemanha), a maior montadora do continente comercializou 1,85 milhão de unidades (-6,5% em relação a 2011, que teve 1,98 milhão de unidades comercializadas). A empresa incrementou as vendas no mercado de origem, a Alemanha, a 1,18 milhão de veículos (alta de 1,9% ante a 2011, quando foram vendidas 1,15 milhão de unidades). O Grupo Volkswagen manteve a tendência de forte crescimento na Europa Central e Oriental, onde 644.300 veículos foram vendidos (alta de 17,6% em relação a 2011, quando foram vendidas 547.800 unidades), dos quais 317.700 foram comercializados na Rússia, o maior mercado da região (aumento de 38,8% em relação a 2011, quando foram vendidas 229.000 unidades).

Esboço da evolução nas marcas do Grupo

A marca Volkswagen Passenger Cars comercializou 5,74 milhões de veículos em todo o mundo no ano de 2012 (alta de 12,7% ante a 2011, quando 5,09 milhões de veículos foram comercializados). A marca se desenvolveu particularmente bem na Europa Central e Oriental, vendendo 267.100 (22,4% de aumento em relação a 2011, quando 218.100 unidades foram vendidas). A Volkswagen Passenger Cars comercializou 623.300 veículos na região da América do Norte (aumento de 25,5% em relação a 2011, quando 496.700 unidades foram comercializadas) e 2,37 milhões de unidades na região da Ásia-Pacífico (alta de 23,2% ante 2011, quando 1,93 milhão de unidades foram vendidas).

A Audi comercializou 1,46 milhão de veículos em todo o mundo no período de dezembro de 2012 (11,7% a mais do que o mesmo período em 2011, quando 1,3 milhão de unidades foram vendidas). A marca premium de Ingolstadt se desenvolveu muito bem na América do Norte, onde 168.800 unidades foram vendidas (18,5% acima do registrado em 2011, quando 142.500 unidades foram comercializadas), e na região da Ásia-Pacífico, onde as vendas para o mesmo período foram de 478.900 unidades, um aumento de 28,1% ante 2011, quando 373.700 veículos foram comercializados.

O fabricante de carros esportivos Porsche, que se tornou uma marca do Grupo Volkswagen em 1º de agosto de 2012, comercializou um total de 59.500 veículos de agosto a dezembro. A demanda por modelos fabricados pela montadora com sede em Stuttgart foi particularmente forte na região da Ásia-Pacífico, onde 17.800 veículos foram vendidos. Na América do Norte, 17.400 unidades foram comercializadas, demonstrando a elevada demanda pelos modelos da marca.

A marca ŠKODA comercializou um total de 939.200 veículos em 2012 (aumento de 6,8% em relação a 879.200 unidades em 2011). A montadora checa se desenvolveu particularmente na Europa Central e Oriental, onde 261.100 unidades foram vendidas (12,7% a mais do que o registrado em 2011, com 231.600 unidades vendidas), e na região da Ásia-Pacífico, onde 276.800 veículos foram vendidos (8,1% de aumento em relação a 2011, quando 256.100 unidades foram comercializadas).

Como resultado da difícil situação do mercado na Europa Ocidental, a SEAT comercializou 321,000 veículos em todo o mundo no período de dezembro (-8,3% em relação ao mesmo período de 2011, com 350.000 unidades vendidas). Em contrapartida, a marca espanhola registrou um forte aumento na Alemanha, onde 63.700 veículos foram vendidos no período (alta de 22,5% em relação aos 52.000 veículos comercializados no mesmo período em 2011). As vendas no Reino Unido aumentaram para 39.000 unidades (alta de 8,2% em relação ao mesmo período em 2011, quando 36.100 foram vendidas), e no México 21.100 veículos foram comercializados (16,5% a mais do que em 2011, quando 18.100 foram vendidos).

A Volkswagen Commercial Vehicles teve crescimento de 4,1% nas vendas em 2012, somando 550,4 mil unidades (ante 528.900 em 2011). As vendas no mercado europeu foram mantidas ao nível do ano anterior, apesar das difíceis condições de mercado, e 326.000 veículos foram comercializados na região no período (0,1% menor do que em 2011, quando 326.300 unidades foram vendidas). A marca registrou um forte crescimento na região da Ásia-Pacífico, onde 19.000 veículos foram comercializados (alta de 61,9% em relação a 2011, quando 11.700 foram vendidos).

*) incluindo as vendas da marca Porsche a partir de 1º de agosto de 2012; excluindo MAN e Scania

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

Tags: , , ,
Comentários (0)

postado por Admin | 10. janeiro 2013 11:29
 

 

Alagoas, Espírito Santo, Pará e Piauí receberão projetos pela primeira vez e se somarão aos sete Estados brasileiros já atendidos pela Fundação Volkswagen

"Plataforma do Letramento" disponibilizará na internet, no primeiro semestre, o conteúdo educacional dos projetos da Fundação Volkswagen oferecidos nos últimos 10 anos, além de Educação a Distância

Fundação Volkswagen já beneficiou mais de 1.258.000 alunos e cerca de 12.000 educadores em todo Brasil, na última década, com investimentos de R$ 77,5 milhões, em 312 cidades

A Fundação Volkswagen, que é responsável pelos investimentos sociais da Volkswagen do Brasil há mais de 30 anos, ampliará sua atuação com projetos educacionais em 2013 por meio de duas iniciativas inéditas. A instituição começará a atender Alagoas, Espírito Santo, Pará e Piauí - somando, então, 11 Estados -, e democratizará o conhecimento acumulado em uma década sobre educação ao lançar sua "Plataforma do Letramento" na internet, no primeiro semestre. Atualmente, a Fundação Volkswagen oferece sete projetos educacionais e três de desenvolvimento social.

Com seus projetos educacionais, a Fundação Volkswagen já beneficiou, na última década, mais de 1.258.000 alunos em todo Brasil e ofereceu formação continuada a cerca de 12.000 educadores da rede pública de ensino em 312 cidades, com investimentos de R$ 77,5 milhões. Os projetos de educação também apresentam resultados expressivos na frequência de participação de alunos em aulas e na melhoria do desempenho escolar.

Com alto índice de defasagem idade-série entre os Estados do Brasil, o Espírito Santo receberá o projeto da Fundação Volkswagen "Aceleração da Aprendizagem", que será oferecido a 5.000 alunos de 5 cidades. Para evitar a evasão escolar de repetentes, eles frequentarão aulas em salas de aceleração conduzidas por professores que receberão formação específica. Durante dois anos, esses alunos serão preparados para ingressar novamente na série adequada à sua idade. O "Aceleração da Aprendizagem" já beneficiou cerca de 400 estudantes e 40 professores de Resende (RJ), com excelente melhora do desempenho escolar.

Alagoas, Pará e Piauí receberão o "Entre na Roda", que estimula o gosto pela leitura. Alagoas e Piauí também terão o projeto "Brincar", que incentiva o resgate de atividades lúdicas, expressivas e recreativas, garantindo o brincar livre como direito da criança.

A "Plataforma do Letramento", que será lançada em 2013, será um ambiente virtual de aprendizagem aberto, com todo conteúdo educacional dos projetos da Fundação Volkswagen oferecidos nos últimos 10 anos e o módulo Educação a Distância, que terá como primeira iniciativa a formação de quatro turmas do projeto "Entre na Roda". O portal também terá seções de notícias, fórum, mural e midiateca, entre outras.

"A nova plataforma democratiza e dissemina o conhecimento acumulado. O ambiente virtual de aprendizagem segue a tendência de educação híbrida, que inclui ensino a distância e presencial, expandindo o alcance da Fundação Volkswagen", afirmou a diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola.

O superintendente da Fundação Volkswagen e diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil, Dr. Eduardo Barros, lembra que a Fundação Volkswagen investe há mais de três décadas em projetos de educação, atuando assim como pioneira no setor automobilístico. "Essa trajetória nos confere uma rica aprendizagem, a qual entendemos que deva ser compartilhada", disse ele.

São Carlos receberá o projeto "Aprender com a Pinacoteca"; fábrica ganhará biblioteca

A Fundação Volkswagen levará, em 2013, dois projetos consagrados para São Carlos (SP), cidade onde está localizada sua fábrica de motores. Um deles é o "Aprender com a Pinacoteca", que capacita professores de Arte de escolas públicas e oferece aos estudantes aulas práticas em museus. Em 2012, o "Aprender com a Pinacoteca" foi realizado em Taubaté (SP), onde a Volkswagen tem uma de suas três fábricas de automóveis do Brasil, beneficiando 1.500 alunos e 50 professores, de 24 escolas. Em São Bernardo do Campo (SP), onde está localizada a fábrica Anchieta, sede da Volkswagen do Brasil, o projeto atendeu, durante 3 anos, 3.540 alunos e 118 professores, de 61 escolas.

Em 2013, a fábrica da Volkswagen do Brasil em São Carlos ganhará biblioteca com 2.500 títulos, que estarão disponíveis para empréstimo aos colaboradores. "A partir daí, todas as unidades da Volkswagen do Brasil passarão a contar com biblioteca, o que revela o incentivo da empresa ao hábito de ler entre seus empregados e familiares", afirma a diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola. A biblioteca da fábrica de Taubaté foi inaugurada em 2012.

"Costurando o Futuro" agora em São José dos Pinhais

O projeto da Fundação Volkswagen "Costurando o Futuro" será implementado em São José dos Pinhais (PR), em 2013, em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, oferecendo capacitação profissional em corte, costura e empreendedorismo a 40 moradoras de uma comunidade vizinha à fábrica da Volkswagen do Brasil localizada na cidade. Além do foco social e econômico, impulsionando a geração de trabalho e renda na comunidade, o "Costurando o Futuro" tem atuação ambiental, reduzindo o descarte de tecidos em aterros.

Nas oficinas, as participantes transformarão em objetos, como bolsas e acessórios, tecidos automotivos que seriam descartados pela Volkswagen do Brasil. O projeto também receberá tecido excedente da marca de camisas Dudalina, que fornecerá o material por meio de seu Instituto Adelina.

O "Costurando o Futuro" foi realizado durante três anos em São Bernardo do Campo (SP). No período, 160 pessoas receberam formação em corte, costura e empreendedorismo e criaram um portfólio de 37 produtos, entre os quais bolsas, mochilas e porta-objetos, confeccionados com tecidos automotivos e uniformes usados de funcionários que seriam descartados pela Volkswagen do Brasil.

Para garantir a sustentabilidade do projeto, o "Costurando o Futuro" prevê ao final de três anos a formalização de um empreendimento social para seguir com o trabalho de forma autônoma. Entre o total de participantes de São Bernardo do Campo, um grupo de empreendedoras criou o seu próprio negócio, a microempresa de confecções Tecoste, que significa Tecido, Costura e Arte.

O grupo Tecoste foi integrado à incubadora do Programa Municipal de Economia Solidária, permitindo que essas mulheres continuem recebendo por dois anos formação em empreendedorismo social por meio da Umesp (Universidade Metodista de São Paulo). A Volkswagen do Brasil continuará fornecendo gratuitamente ao grupo Tecoste tecido automotivo e uniformes. No decorrer do projeto, outras participantes também conseguiram ingressar no mercado de trabalho ou preferiram atuar de forma autônoma como costureiras. Dessa forma, o "Costurando o Futuro" cumpre seu objetivo de trazer nova perspectiva de futuro às pessoas que participaram do projeto.

"Jogo da Vida em Trânsito" será ampliado

O projeto da Fundação Volkswagen "Jogo da Vida em Trânsito" será oferecido para 9.600 estudantes e 480 educadores do Brasil em 2013. Em 2012, o projeto educacional atendeu 1.000 alunos e 54 educadores, de 26 escolas públicas. O programa aborda cidadania e segurança no trânsito, para formar o condutor consciente por meio do game "Autopolis" e de roteiro de aulas.

BALANÇO 2012

Fundação Volkswagen aumentou em 14% o número de cidades atendidas e chegou a dois novos Estados

A Fundação Volkswagen encerrou 2012 com balanço positivo. No ano passado, começou a atender os Estados do Ceará e Paraíba, além de ter aumentado em 14% o número de municípios assistidos (para 126, somando 7 Estados). "A maior parte do trabalho foi desenvolvida em municípios pequenos, pois são os que geralmente têm maior necessidade", afirmou a diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola.

Em 2012, a Fundação Volkswagen levou o "Pró-Educar Brasil" para Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Cabedelo (PB). O projeto oferece, em parceria com a rede de concessionárias Volkswagen, bolsas de estudos para formação universitária de professores da rede pública que não têm formação em nível superior. Nos dois Estados, foram atendidos 80 novos bolsistas. O projeto também teve continuidade, em 2012, com 30 bolsistas de Arcoverde (PE). O "Pró-Educar Brasil" segue em 2013, nos 4 municípios.

Outro programa de destaque, em 2012, foi o "Volkswagen na Comunidade", que contou com 531 projetos inscritos, um crescimento de 40% sobre 2011. No ano passado, o concurso aumentou o valor do prêmio para R$ 400 mil (R$ 40 mil para cada organização premiada), além de oferecer curso de gestão. Em 5 anos de existência, o "Volkswagen na Comunidade" soma 1.725 projetos inscritos, de 1.276 organizações e R$ 1,4 milhão em prêmios entregues a 38 organizações sociais. Empregados da Volkswagen inscrevem, no concurso, instituições nas quais atuam voluntariamente; o prêmio deve ser investido em trabalhos sociais.

Em 2012, o Instituto Baccarelli, que tem a Volkswagen como uma das mantenedoras, atendeu 1.757 alunos com formação artística e musical, um aumento de 17% sobre 2011. O projeto proporciona o desenvolvimento pessoal e oferece oportunidade de profissionalização a crianças e jovens da comunidade Heliópolis, de São Paulo (SP).

Fundação Volkswagen participou de eventos importantes em 2012

27º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo - Promoveu atividades educativas e recreativas no Espaço Kids, para 1.500 crianças.

22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo - Volkswagen do Brasil patrocinou o evento. Fundação Volkswagen promoveu atividades educativas a 4.776 crianças e jovens. Distribuiu 1.976 livros e brindes.

11ª Reatech - Feira da Acessibilidade de São Paulo - Promoveu atividades educativas inclusivas para 848 crianças e jovens. Distribuiu mais de 300 kits com livros e lápis, além de livros em braile.

Rio + 20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Apresentou os projetos "Jogo da Vida em Trânsito" e "Costurando o Futuro" no estande da Volkswagen.

Fundação Volkswagen

Ao longo dos mais de 30 anos de existência, a Fundação Volkswagen promove e realiza ações que contribuem para a melhoria da qualidade da educação pública e que fomentam o desenvolvimento social de comunidades de baixa renda. A estratégia de atuação baseia-se no desenvolvimento de um trabalho articulado em rede, por meio de parcerias entre os setores público, privado e a sociedade civil organizada (Organizações não-governamentais - ONGs), para, conjuntamente, implementar projetos que influenciem políticas públicas e que sejam sustentáveis a longo prazo.

Conheça os programas da Fundação Volkswagen:

Educacionais

Aceleração da Aprendizagem - Reduz a defasagem idade-série no Ensino Fundamental, evitando a evasão escolar. Por exemplo, um aluno multirrepetente, que estuda em uma série com colegas bem mais novos, pode ficar desmotivado. O projeto oferece formação aos educadores para trabalharem individualmente os alunos multirrepetentes em classes de aceleração, de forma intensiva, corrigindo também problemas de alfabetização com aulas de reforço no contraturno escolar. Esses estudantes serão preparados durante dois anos em sala de aceleração, para ingressarem na série adequada, com alunos da mesma idade.

Aprender com a Pinacoteca - Oferece aulas presenciais em museu com os estudantes, para detalhar a história da arte, os estilos artísticos e a elaboração de projetos a serem desenvolvidos nas escolas. O programa capacita professores de arte da rede pública para trabalharem a educação e a inserção social por meio das artes, além de promover visitas aos espaços culturais, desenvolvendo a consciência crítica e a cidadania.

Brincar - Forma educadores e berçaristas da Educação Infantil (creche e pré-escola) no desenvolvimento e resgate de atividades lúdicas, expressivas e recreativas, a fim de garantir o brincar livre como direito da criança.

Entre na Roda - Forma educadores, bibliotecários e voluntários para atuarem na escola e na comunidade, estimulando o gosto pela leitura e desenvolvendo as capacidades leitoras de crianças, jovens e adultos. Desde 2011, o "Entre na Roda" vem sendo realizado também com agentes de saúde da Secretaria Municipal de São Bernardo do Campo, promovendo o incentivo da leitura e rodas de leituras durante visitas dos agentes aos lares atendidos pelo programa "Saúde da Família".

Estudar pra Valer! - Forma educadores para alcançar a melhoria na qualidade de aprendizagem dos estudantes, em especial das capacidades de leitura e escrita. O projeto distribui material didático aos alunos e professores, com sugestões de atividades para serem trabalhadas em sala de aula.

Jogo da Vida em Trânsito - Programa que trabalha cidadania e segurança no trânsito, com foco na formação do condutor consciente por meio do game "Autopolis" e de roteiro de aulas a ser distribuído para professores de todo o País, com sugestões de atividades relacionadas ao tema. "Autopolis" é um game de tabuleiro 3D para computador que transmite conceitos de segurança, legislação e cidadania no trânsito. Os jogadores dirigem o carro virtual pela cidade Autopolis, que possui limite de velocidade, semáforos e radares. O game "Autopolis", da Fundação Volkswagen, foi desenvolvido em parceria com o Virgo Game Studios e o professor Gilson Schwartz, coordenador da Cidade do Conhecimento da Universidade de São Paulo (USP). O jogo está disponível no site da Volkswagen do Brasil (www.volkswagen.com.br ou www.vw.com.br). Basta selecionar Planeta Volkswagen; em seguida, Games.

Pró-Educar Brasil - Proporciona, em parceria com a rede de concessionárias Volkswagen, bolsas de estudos para formação universitária de professores da rede pública que ainda não possuem diploma de cursos em nível superior. Proporciona, em parceria com a rede de concessionárias Volkswagen, bolsas de estudos para formação universitária de professores da rede pública que ainda não possuem diploma de cursos em nível superior.

Desenvolvimento social

Costurando o Futuro - Oferece capacitação técnica em corte, costura, design, gestão organizacional e de negócios a moradores de comunidades de baixa renda. Nas oficinas de costura, os participantes confeccionam bolsas e acessórios a partir de tecidos automotivos e uniformes usados por colaboradores da Volkswagen do Brasil que seriam descartados em aterros sanitários. Além do foco social e econômico, impulsionando a geração de trabalho e renda na comunidade, o "Costurando o Futuro" tem atuação ambiental, reduzindo o descarte de materiais.

Instituto Baccarelli - A Volkswagen do Brasil é uma das mantenedoras do Instituto Baccarelli, que atende crianças e jovens com programas socioculturais que oferecem formação musical e artística de excelência, proporcionando desenvolvimento pessoal e oferecendo oportunidade de profissionalização na música. Com sede na maior comunidade de São Paulo (SP), a Heliópolis, o Instituto Baccarelli oferece para os moradores uma estrutura de ponta, aulas com professores altamente qualificados e prática de conjunto, da musicalização à especialização em um instrumento. Conta com a Sinfônica Heliópolis, sob direção artística do maestro Isaac Karabtchevsky. A orquestra atingiu a conotação de um grupo artístico de qualidade e leva o nome de Heliópolis para o Brasil e para o mundo, o associando à arte, impactando a identidade e a autoestima da comunidade.

Volkswagen na Comunidade - Concurso que oferece prêmio em dinheiro e curso de gestão aos nove melhores projetos sociais, indicados por funcionários da Volkswagen do Brasil, de organizações sociais nas quais atuam com trabalho voluntário. As organizações vencedoras concorrem ainda, no ano seguinte, ao "Prêmio de Sustentabilidade", no mesmo valor em dinheiro, entregue àquela que melhor geriu os recursos, otimizando e ampliando os resultados.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Aceleração da Aprendizagem

 

Entre na Roda

Brincar

Diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola

Tags:
Comentários (2)

postado por Admin | 8. janeiro 2013 05:08
 

 

  • Modelo conquistou 33,3% dos votos dos jornalistas em sua categoria
  • Júri da premiação foi composto por 30 profissionais de imprensa do Brasil, da Argentina, do Uruguai, do Paraguai, da Venezuela, da Colômbia e do Chile
  • Entre os critérios analisados estão design, tecnologia, segurança, desempenho, economia, inovação, conforto, preocupação ambiental e volume de vendas

O Volkswagen Novo Gol foi eleito o “Automóvel Mercosul” no Prêmio Mercosul 2013 da Associação Mercosul da Imprensa de Carros (Americar). Modelo mais vendido no mercado brasileiro há praticamente 26 anos consecutivos, o Gol – que é também o veículo mais produzido e exportado da história da indústria automobilística brasileira – conquistou o primeiro lugar na sua categoria com 33,3% dos votos dos jornalistas.

Em sua primeira edição, a premiação (que ocorrerá uma vez por ano) contou com a participação de jornalistas do Brasil (somente representantes dos Estados os quais possuem fábricas de veículos ou de componentes, mas das próprias montadoras), além de profissionais de Imprensa da Argentina, do Uruguai, do Paraguai, da Venezuela, da Colômbia e do Chile.

Esses cerca de 30 profissionais escolheram os melhores modelos de 2013 no Mercosul, nos segmentos de Automóveis, Picapes, Utilitários Esportivos (SUVs) e Importados, distinguindo os modelos que mais se destacaram ao longo do ano, seja em design, tecnologia, segurança, desempenho, economia, inovação, conforto, preocupação ambiental e volume de vendas.

Como forma de integração, a cerimônia anual para entrega das premiações será feita em forma de rodízio em todos os países participantes do Prêmio Automotivo Mercosul.

O melhor Gol que você já viu

Lançado em julho deste ano, o Novo Gol passou a contar com design mundial da marca e mais inovação tecnológica, além de recursos que o tornam um dos modelos mais atraentes e avançados nos segmentos de mercado em que atua. A nova linha também está trouxe evolução em sua motorização 1.0l, e novos equipamentos de série.

Além disso, o Novo Gol recebeu uma arquitetura eletrônica completamente nova, uma das mais avançadas e complexas de sua categoria. Esse novo “esqueleto” eletrônico possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos em seu segmento. Entre eles estão o “Comfort Blinker” e o sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência), herdado dos veículos alemães mais sofisticados do mercado.

Pela primeira vez na história do modelo, o Novo Gol pode ser equipado com o pacote de equipamentos BlueMotion Technology. Desenvolvido com base no conceito BlueMotion Technologies, o novo pacote faz o Novo Gol consumir menos combustível.

Exportação

A Volkswagen do Brasil exporta atualmente para cerca de 20 países, principalmente na América Latina. Na Argentina, o Gol é o veículo mais vendido no país, onde já manteve a liderança por 12 anos, sendo nove anos consecutivos. A empresa também exporta para países como Chile, Peru, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Equador, entre outros.

O Gol, que é o modelo mais exportado da história da indústria automobilística brasileira, já acumula mais de 1,1 milhão de unidades exportadas, que já foram enviadas para 66 países.

Atualmente, a Volkswagen do Brasil utiliza os Portos de Santos (SP), São Sebastião (SP) e Paranaguá (PR) para exportar automóveis, dada a proximidade estratégica com as fábricas localizadas em São Bernardo do Campo – Anchieta (SP), Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR).

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Novo Gol duas portas

Tags:
Comentários (0)

postado por Admin | 22. outubro 2012 06:35
 

  • Hatch revolucionou a indústria automotiva brasileira ao longo do tempo
  • Foi o primeiro modelo a contar com motor Total Flex no País
  • Gol GTI foi o precursor da injeção eletrônica entre os carros nacionais
  • Visual esportivo contribuiu para o sucesso do modelo
  • Modelo nasceu com motor refrigerado a ar com 1.300 cm³ e 47 cv
  • Trajetória do Gol duas portas é pontuada por séries especiais

O Gol nasceu com duas portas. Era assim a primeira versão do carro mais vendido no Brasil em todos os tempos, lançada em 1980 com motor dianteiro refrigerado a ar com 1.300 cm³ e 47 cv (derivado do Fusca) e câmbio de quatro marchas. Na época, carros com duas portas eram preferidos pelo consumidor brasileiro, e o novo carro da Volkswagen respeitava isso. Criado pensando no Brasil e nos motoristas brasileiros, Gol foi desenvolvido levando em conta as condições de uso no País, juntamente com as necessidades e aspirações dos consumidores nacionais, enfatizando a resistência, economia e durabilidade. Tudo isso com capacidade para levar cinco pessoas e bagagem com conforto e um visual moderno e equilibrado, capaz de despertar a atenção por onde passasse. Para completar, um nome com profunda ligação emocional em um País onde a paixão pelo futebol transcende os limites do esporte.

1980 - Gol Geração I

As linhas do primeiro Gol foram inspiradas nas do Passat, modelo global de porte médio da Volkswagen que revolucionou o mercado nacional e fazia grande sucesso na época. Com carroceria tipo hatch e perfil aerodinâmico, o primeiro Gol era oferecido nas versões S e L. Já em 1981, o Gol duas portas ganhou um motor mais potente, com 1,6 litro e 67 cv, também refrigerado a ar e, já mostrando sua vocação para veículo de trabalho, uma versão furgão, em que as janelas traseiras eram fechadas.

Assim como o modelo quatro portas, a história de sucesso do Gol duas portas é pontuada pela oferta de séries especiais, criadas para assinalar momentos históricos importantes ou trazer inovações almejadas pelos consumidores.

1981 - Gol GT 1.8

Em 1982, o Gol duas portas ganhou sua primeira versão especial, para marcar a realização da Copa do Mundo na Espanha. O Gol Copa foi o precursor de muitas outras séries comemorativas, dedicadas a temas especiais ou com pacotes de equipamento diferenciados voltados a públicos específicos, que viriam ao longo dos anos seguintes.

1987 - Gol GTS 1.8

1990 - Gol CL motor AE

1990 - Gol GTI

1992 - Gol CL

1993 - Gol 1000

A primeira versão do Gol com motor de quatro cilindros em linha, com refrigeração líquida, com 1,5 litro e câmbio de cinco marchas, foi lançada em 1984. Logo em seguida viriam os motores 1,6 litro e o primeiro Gol GT, com 1,8 litro. Em 1995, os fãs da banda inglesa Rolling Stones puderam comemorar a primeira temporada brasileira do grupo a bordo do Gol Rolling Stones.

Trata-se de uma trajetória marcada por uma contínua evolução tecnológica, durante a qual o modelo trouxe para o País novidades que revolucionaram a indústria nacional. Em 1989, por exemplo, o Gol GTI foi o primeiro carro produzido no Brasil a contar com o sistema de injeção eletrônica.

O Gol “Bolinha”

A primeira grande transformação do Gol aconteceu em 1994, com o lançamento da segunda geração do modelo, desenvolvida a partir de pesquisas com milhares de proprietários do carro. O design arredondado e inovador logo motivou o apelido carinhoso de Gol “Bolinha”.

1994 - Gol Geração II

1995 - Gol GTI 16V

Lançado na versão duas portas, o Gol Geração II ganhou mais espaço interno, porta-malas maior, mais segurança e menor nível de ruído, já adaptado aos novos padrões mundiais de proteção ambiental, com componentes antipoluentes, utilização de materiais recicláveis e produtos naturais. Foi só em 1998, já em sua segunda geração, que o Gol passou a ter versão quatro portas.

1995 - Gol Rolling Stones

1999 - Gol 1000 Special

Geração III

Lançada em maio de 1999, a terceira geração do Gol deu ao carro novas linhas, com um caráter mais esportivo. A nova linha também introduziu novos padrões de qualidade na fabricação do carro: maior uniformidade nas junções dos painéis da carroceria, reforço estrutural minimizando as torções do monobloco, maior uso (70%) de chapas zincadas, resistentes à ferrugem, e novos tecidos e materiais de revestimento interno. O Gol Geração III foi o primeiro carro do segmento, no Brasil, a oferecer cinco anos de garantia contra a corrosão e também sistema Total Flex, trazendo maior flexibilidade para o abastecimento de combustível.

2003 - Gol Geração III

Gol G4

A quarta geração do Gol chegou em agosto de 2005. O carro mais vendido do Brasil ganhou um design com linhas mais limpas e arredondadas, reforçando seu caráter de robustez e esportividade. A nova traseira do Gol G4 também contribuiu para isso, com a adoção de elementos circulares nas lanternas e de um novo aerofólio, integrado à tampa do porta-malas. Os para-choques integrados à carroceria contribuíram para dar uma impressão de maior porte, além de melhorar a visibilidade. Na dianteira, o novo design destacava o elemento em “V”, alinhando o carro com a identidade mundial da marca Volkswagen.

2011 - Gol G4 Ecomotion

Com o lançamento da quinta geração, o Novo Gol (2008), o Gol G4 continuou no mercado também na versão duas portas, de grande aceitação principalmente como veículo de trabalho por sua resistência e confiabilidade e baixo custo de manutenção.

E, em 2010, com foco na mobilidade sustentável, a Volkswagen lançou o Gol Ecomotion, mais uma versão com duas portas, com diferencial alongado, pneus com menor resistência à rolagem e indicador de consumo instantâneo de combustível no painel de instrumentos.

2013 - Gol G4 Ecomotion

Na linha 2013 do Gol G4 recebeu novas calotas aro 13”. O modelo passou a oferecer como novidade no pacote opcional Trend, com novos detalhes internos cromados no farol, lanternas traseiras escurecidas, três alças de segurança no teto, luz de cortesia no porta-malas e volante de quatro raios. O modelo recebeu também novos pacotes opcionais, como rodas 14” de liga-leve e faróis dianteiros de neblina.

Tags:
Comentários (0)

postado por Admin | 18. abril 2011 10:05
 

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e o diretor de Assuntos Governamentais da Volkswagen do Brasil, Antonio Megale, visitaram no último sábado (16/4) a ciclovia do Parque Ibirapuera para conferir o resultado das obras de revitalização da via, conforme Termo de Cooperação firmado entre a empresa e o município.

Esta foi a primeira reforma estrutural no circuito, que tem 3 mil metros e foi inaugurado em 2004. A obra contemplou drenagem da pista, reestruturação da geometria e dos níveis do trajeto, readequação das guias e sarjetas e recapeamento, além da pintura e sinalização horizontal da faixa.

Também foram implantados durante o percurso três Bike Fresh, equipamento que disponibiliza ao ciclista serviço de ar pressurizado, estacionamento para bicicletas e jatos d'água refrescantes. O trajeto recebeu ainda placas informativas de quilometragem, tótens com informações sobre a prática de exercícios físicos e dicas de segurança.

Além da ciclovia restaurada pela Volkswagen, a Prefeitura de São Paulo também recuperou as vias que margeiam a pista. 

Ciclismo no parque

O ciclismo é uma das atividades esportivas mais praticadas no Parque Ibirapuera: estima-se que cerca de 100 mil bicicletas passem pela Ciclovia da Família mensalmente. O parque conta até com uma garagem de bicicletas para locação, próxima ao portão 3.

Tags: ,
Comentários (0)

postado por Admin | 29. novembro 2010 03:00
 

A Volkswagen do Brasil conquistou sete prêmios de grande importância nos mercados publicitários do País e da Iberoamérica. As peças foram criadas pela agência AlmapBBDO e divulgadas em diversas mídias, entre as quais impressa, TV, internet e celular.

“El Ojo de Iberoamérica”

A Volkswagen foi uma das estrelas do 13º “El Ojo de Iberoamérica”, realizado em Buenos Aires, na Argentina, entre os dias 22 e 24/11. O prêmio homenageia trabalhos, profissionais e empresas que se destacaram no mercado publicitário. Nessa premiação, a Volkswagen foi escolhida como “Melhor Anunciante do Brasil”.

A Volkswagen ainda conquistou outros quatro prêmios. Na categoria “Marketing Direto”, a ação “Amarok LiveTest” mereceu ouro na sub-categoria “Mídia Digital”. O trabalho foi veiculado na internet durante cinco dias, em julho, e fez parte do lançamento da picape.

Na categoria “Interativo”, a peça “Fox do Avesso” conquistou ouro na sub-categoria “Banners Dinâmicos”, que foram divulgados em portais na internet. Na mesma categoria, o bronze para “Celular” ficou com o aplicativo para iPhone “SpaceFox Art Maker”. Na categoria “Rádio”, o melhor spot do Brasil foi para a Saveiro.

Agência de propaganda da Volkswagen, a AlmapBBDO conquistou o prêmio de “Melhor Agência do Brasil” pela 11ª vez. O título de “Melhor Diretor de Criação” foi para Marcello Serpa, da AlmapBBDO, homenageado pela 10ª vez.

“Profissionais do Ano”

A Volkswagen do Brasil conquistou o prêmio mais cobiçado do 32º “Profissionais do Ano” com o comercial “La Fortuna”, criado para a Nova Saveiro, que ficou em primeiro lugar na categoria “Mercado Nacional”. O “Profissionais do Ano” é realizado pela Direção Geral de Comercialização da Rede Globo e a entrega do troféu foi em cerimônia apresentada pelos atores Taís Araújo e Malvino Salvador no dia 23/11, em São Paulo.

Este é o terceiro ano consecutivo que a Volkswagen vence a categoria “Mercado Nacional” do “Profissionais do Ano”. Em 2009, ganhou com o filme “Cachorro Peixe”, do SpaceFox; em 2008, com o comercial “Dirigindo”, para o Golf.

“A Volkswagen tem trabalhado estrategicamente a comunicação de forma inovadora. As premiações consecutivas demonstram que os conceitos criativos utilizados têm impacto junto ao público”, disse o gerente de Marketing da Volkswagen do Brasil, Herlander Zola.

Em “La Fortuna”, a Nova Saveiro é personagem de uma curiosa aventura. Diversas unidades da picape deixam uma cidadezinha e seguem por estrada até um vulcão, onde são despejadas centenas de quilos de milho que estavam nas caçambas. Momentos depois, começa a “chover” pipoca sobre a população da cidade. As cenas foram filmadas em Colônia do Sacramento e Minas, ambas no Uruguai. Com versões de 30 e 60 segundos, a peça foi criada para o lançamento do modelo e estreou em agosto de 2009.

“CAR Awards 2011”

A campanha “Korama”, desenvolvida para o lançamento da picape Amarok, que inclui comerciais de TV, impresso e internet, venceu a categoria “Melhor Campanha Publicitária” do “CAR Awards 2011”. Na segunda edição, o prêmio é promovido pela revista “CAR Magazine”.

A votação foi aberta a internautas entre os dias 1º e 15 novembro, por meio do site da publicação. Os vencedores das oito categorias, que somaram 26 mil votos, foram revelados na internet no dia 22/11. A entrega dos troféus será em janeiro.

“O prêmio revela o sucesso da campanha junto à opinião pública”, disse o gerente de Marketing da Volkswagen do Brasil, Herlander Zola.

Na primeira edição do “CAR Awards”, referente ao ano 2009, a Volkswagen também venceu a categoria “Melhor Campanha Publicitária” com trabalho desenvolvido para o New Beetle.

Tags:
Comentários (0)

postado por Admin | 24. novembro 2010 10:10
 

Nova geração do Jetta destaca-se antes mesmo do seu lançamento no mercado brasileiro. Eleição da equipe da revista considera os melhores do país em 10 categorias.

A Volkswagen do Brasil destacou-se na eleição “10 Best”, organizada pela revista especializada Car And Driver. Na cerimônia de premiação realizada na noite de segunda, 22, na gráfica da editora, em São Paulo, a Saveiro Cross foi eleita “A melhor Picape” enquanto a nova geração do Jetta ganhou como “O Melhor Sedã Médio”. O prêmio “10 Best” considera na eleição os modelos que, quando avaliados ou testados, proprocionaram diversão à equipe da redação da Car And Driver.

O novo Jetta, que será lançado no ano que vem no mercado brasileiro, foi considerado pela revista “a nova referência na categoria”. Segundo a equipe da Car And Driver, “a construção do Novo Jetta é primorosa e privilegia a ergonomia e o uso amigável dos comandos. O desempenho do motor é muito bom, a estabilidade é ótima e tem ainda o câmbio de dupla embreagem DSG”. Esta é a primeira premiação da nova geração do Jetta, que será lançada no mercado brasileiro no ano que vem. Para a Car And Driver, a Saveiro Cross foi a melhor picape por ter “ergonomia excelente, posição para dirigir melhor que a dos concorrentes, suspensão firme e bem construída e equilibrada e com ótimo custo-benefício”. A revista destaca ainda que a Saveiro venceu todos os comparativos que participou organizados pela redação.

Tags:
Comentários (0)


<<  outubro 2014  >>
seteququsedo
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789

Follow me on Twitter