postado por Volkswagen do Brasil | 14. agosto 2013 09:18
 

A Volkswagen do Brasil apresenta a série especial Last Edition da Kombi, um dos modelos de maior sucesso da marca no Brasil e que se destaca também pela maior longevidade da indústria automobilística mundial.

Com produção limitada a 600 unidades, a edição especial será oferecida a partir deste mês com preço sugerido de R$ 85 mil.

A edição traz itens exclusivos como pintura tipo “saia e blusa”, acabamento interno de luxo e elementos de design que remetem às inúmeras versões do veículo fabricadas no País desde 1957. As unidades serão numeradas e terão placa de identificação.

A pintura da Kombi Last Edition é azul, com teto, colunas e para-choques brancos. Uma faixa decorativa, também branca, circunda todo o veículo logo abaixo da linha de cintura. As rodas e as calotas são pintadas de branco.

A grade dianteira superior é também pintada na cor azul da carroceria, assim como as molduras das setas e aros dos faróis.

Os pneus com faixa branca dão um toque a mais de requinte e nostalgia ao modelo. Os vidros são escurecidos e o vigia traseiro tem desembaçador elétrico. As setas dianteiras têm lentes de cristal branco. Nas laterais também se destacam os adesivos que identificam a série especial “56 anos – Kombi Last Edition”.

Interior – tratamento especial

O interior da Kombi Last Edition mereceu cuidados especiais, começando pelas cortinas em tear azul nas janelas laterais e no vigia traseiro – as braçadeiras trazem o logotipo ‘Kombi’ bordado, um elemento de decoração típico das versões mais luxuosas das décadas de 1960 e 1970.

Os bancos têm forração especial de vinil: bordas em Azul Atlanta e faixas centrais de duas cores (azul e branca). As laterais e as costas dos assentos têm acabamento de vinil expandido Cinza Lotus. O modelo tem capacidade para 9 ocupantes.

O revestimento interno das laterais, portas e porta-malas também é de vinil Azul Atlanta, com costuras decorativas pespontadas. O assoalho e o porta-malas são recobertos por tapetes com insertos em carpete dilour Basalto, mesmo material que reveste o estepe. O revestimento do teto é em material não tecido Stampatto.

No painel, um dos destaques é a plaqueta de alumínio escovado que identifica a série especial, com o número correspondente a uma das 600 unidades. Por exemplo: a primeira unidade levará a placa “001/600”.

Além disso, o painel traz serigrafia especial do quadro de instrumentos, que mantém o tradicional padrão com o velocímetro em posição central e, à direita, o mostrador do nível de combustível. O sistema de som tem LEDs vermelhos, lê arquivos MP3 e possui entradas auxiliar e USB.

Dentro do porta-luvas, o comprador encontrará o manual do proprietário com uma capa especial comemorativa. A Kombi Last Edition será acompanhada, também, por um certificado especial atestando sua autenticidade.

O modelo é equipado com o motor EA111 1.4l Total Flex, que desenvolve potência de 78 cv quando abastecido com gasolina e de 80 cv com etanol, sempre a 4.800 rpm. O torque máximo é de 12,5 kgfm com gasolina e de 12,7 kgfm com etanol, a 3.500 rpm. O câmbio é manual de 4 marchas. As rodas são de 14 polegadas, com pneus 185 R14C.

A forma segue a função – a história da Kombi

A Kombi foi idealizada pelo holandês Ben Pon na década de 1940, que projetou a combinação do confiável conjunto mecânico do Volkswagen Sedan em um veículo de carga leve. Lançada na Alemanha em 1950, o modelo se destacou pela versatilidade, sendo adotada tanto para transporte urbano de carga como para levar passageiros. Seu motor era o quatro-cilindros 1.2l com refrigeração a ar e 25 cv.

Ao lado do Fusca, a Kombi marcou o início das atividades da Volkswagen no País, há 60 anos. Sua montagem começou no ano de 1953, em um galpão no bairro do Ipiranga, em São Paulo.

A partir de 2 de setembro de 1957 o modelo passou a ser efetivamente produzido no Brasil, na Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo. A Kombi foi o primeiro veículo fabricado pela Volkswagen do Brasil, antes mesmo do Fusca – e o primeiro feito pela empresa fora da Alemanha.

O nome Kombi é uma abreviação, adotada no Brasil, para o termo em alemão Kombinationsfahrzeug, que em português significa “veículo combinado” ou “combinação do espaço para carga e passeio”. Na Alemanha o modelo recebeu o nome VW Bus T1 (Transporter Número 1).

A versão brasileira trouxe em seu lançamento o mesmo motor de quatro cilindros contrapostos (“boxer”) de 1.200 cm³ refrigerado a ar, mas com potência de 30 cv.

Com estrutura leve, do tipo monobloco, e carroceria em forma de “caixa”, a Kombi oferecia amplo espaço interno abrigado e capacidade para transportar uma tonelada de carga. Ao mesmo tempo, era um veículo muito fácil de manobrar. Resistente, econômico e de mecânica simples, foi amplamente aceita no mercado nacional.

Além das versões com janelas traseiras de vidro ou furgão, a Kombi também foi fabricada como pick-up, com cabine simples ou cabine dupla.

Menos de quatro anos após seu lançamento no Brasil foi introduzido no mercado nacional o modelo de seis portas, nas versões luxo e standard, com transmissão sincronizada e índice de nacionalização de 95%. A versão pick-up surgiu em 1967, já com motor de 1.500 cm³ (potência bruta de 52 cv) e sistema elétrico de 12 volts.

A trajetória internacional da Kombi brasileira se iniciou com as exportações da Volkswagen do Brasil nos anos 1970 para mais de 100 países. Os principais mercados externos da Kombi foram Argélia, Argentina, Chile, Peru, México, Nigéria, Venezuela e Uruguai.

Em 1975, a Kombi passou por uma reestilização e também teve a cilindrada do motor ampliada para 1.600 cm³. A potência bruta era de 58 cv. Três anos mais tarde, esse motor 1.6l ganhou dupla carburação, o que aumentou sua potência bruta para 65 cv.

A opção com motor 1.6l a diesel surgiu em 1981. Com quatro cilindros em linha e refrigerado a água, esse motor desenvolvia potência de 60 cv e era oferecido para as carrocerias furgão e pick-up – a opção cabine dupla também foi introduzida naquele mesmo ano.

Em 1982 foi introduzida a versão movida a etanol do motor 1.6l. Com taxa de compressão de 10:1 e novo coletor de admissão, entre outras modificações, o motor desenvolvia potência de 56 cv.

No ano seguinte, a Kombi ganhou painel e volante novos, além da alavanca do freio de mão, que sai do assoalho e passa para debaixo do painel. As versões a diesel e cabine dupla incorporaram novidades e itens de conforto como cintos de segurança de três pontos, bancos dianteiros com encosto de cabeça e temporizador para o limpador do para-brisa, entre outros.

A Kombi foi o primeiro utilitário nacional equipado com catalisadores, em 1992. Naquele ano também foi introduzido o sistema de servo-freio a vácuo, incluindo discos na dianteira e válvulas moduladoras de pressão para as rodas traseiras.

Em 1997 chegou a Kombi Carat, que apresentava soluções como teto mais alto (recurso que passou a ser adotado em toda a linha), porta lateral corrediça e a ausência da parede divisória atrás do banco dianteiro. As mudanças foram realizadas sem abrir mão da versatilidade e da economia exigidas por seus fiéis consumidores. A potência do motor 1.6l era de 52 cv.

No fim de 2005, a Kombi se tornou flexível, recebendo o motor quatro-cilindros 1.4 Total Flex da família EA111, capaz de rodar com gasolina, etanol ou qualquer mistura dos dois combustíveis. Com arrefecimento a líquido, o modelo se tornou até 34% mais potente e cerca de 30% mais econômico do que o antecessor, refrigerado a ar.

Um dos pontos fortes em sua comercialização sempre foi a fácil adaptação para os mais diversos tipos de uso: a Kombi foi usada como ambulância, viatura policial, veículo do Corpo de Bombeiros, veículo de lazer, escritório volante, biblioteca circulante, carro funerário, lanchonete e até carro de reportagem de televisão e rádio, entre muitas outras versões.

Nos últimos anos, apesar da concorrência de vans maiores lançadas no mercado brasileiro, a Kombi continuou merecendo a preferência de muitos clientes. Desde setembro de 1957 até julho de 2013 foram produzidas 1.551.140 unidades do modelo na fábrica de São Bernardo do Campo.

Após 56 anos ininterruptos de produção no Brasil, a Kombi tem a história de maior longevidade na indústria automobilística mundial.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 9. maio 2013 11:07
 

A Volkswagen do Brasil participa da Expoingá 2013 – 41ª Exposição Feria Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá, que tem início nesta quinta-feira (9/3) e segue até o dia 19 de maio, em Maringá (PR), no Parque de Exposições de Maringá.

Em seu estande, a Volkswagen expõe a pick-up média Amarok Highline com a transmissão automática de oito marchas, que é a mais moderna e eficiente de sua categoria, e a Nova Saveiro, que acaba de receber a linha 2014 – o modelo recebeu diversas modificações que o alinham aos demais integrantes da família Gol e à linguagem global de design da marca Volkswagen. Ao mesmo tempo, a Nova Saveiro recebeu mais itens de série e inovações tecnológicas exclusivas em seu segmento de mercado.

A Amarok Highline poderá ser testada em uma pista off-road. O trajeto é formado por obstáculos que possibilitarão ao consumidor conferir como funcionam todos os sistemas da pick-up Volkswagen, como o ABS off-road e a tração integral 4MOTION permanente. Para testar a pick-up, sempre com acompanhamento de pilotos profissionais da marca, basta apresentar a CNH válida.

Com o tema "Semeando Sustentabilidade", a programação da Expoingá inclui shows com nomes consagrados da música sertaneja, concurso Garota Country 2013, palestras, encontros técnicos e rodeio e leilões. O evento integra o Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras.

As atrações musicais incluem apresentações de diversas duplas sertanejas como Munhoz & Mariano, com Jaime Jr., Jorge & Matheus, Gustavo Lima com Maricia Cecília e Rodolfo e com a banda Roupa Nova.

Amarok 2013

A linha 2013 da Amarok traz novidades como o sistema de alívio de peso da tampa traseira como item de série em todas as versões do modelo, uma nova opção de cor (Marrom Toffee, metálica) e a ampliação de ofertas de equipamentos opcionais para a versão Trendline, com o já consagrado câmbio automático de oito marchas, além de faróis de neblina com luz dinâmica para manobras, sensores dianteiro e traseiro de estacionamento e o pacote tecnológico Light & Vision (composto por acendimento automático dos faróis, retrovisor interno eletrocrômico, Coming&Leaving home e sensor de chuva). A versão também passa a contar com o novo rádio RCD-320 2DIN com entradas SD-card /USB e com Bluetooth como item de série.

A Amarok é oferecida em oito opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, tração 4x2 e tração 4x4, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas e motor 2.0 turbo diesel de 122 cv e motor 2.0 biturbo diesel de 180 cv.

A versão Highline da linha 2013 incorpora como itens de série sensores dianteiro e traseiro de estacionamento, acendimento automático dos faróis, Coming&Leaving home, retrovisor interno eletrocrômico e sensor de chuva. Entre os equipamentos opcionais figuram faróis de neblina com luz dinâmica para manobras. Para as versões S e SE, são oferecidos novos opcionais como sensor de estacionamento traseiro, novo rádio RCD-320 2DIN, ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), revestimento dos bancos de couro e revestimento do assoalho de borracha.

Primeiro trimestre – vendas em alta

A Volkswagen do Brasil comemorou o primeiro trimestre de 2013 com recorde histórico nas vendas de comerciais leves da marca, totalizando 29.746 unidades (o recorde anterior para o período foi em 1997, com 20.710 unidades nos três primeiros meses do ano). A marca também atingiu o melhor mês de março da sua história no segmento, com 10.513 unidades (o recorde anterior era março de 2011, com 10.052 unidades).

De janeiro a março de 2013, a Volkswagen vendeu no mercado brasileiro 5.471 unidades da Amarok, que é produzida na Argentina. O número representa crescimento de 54% nas vendas sobre o mesmo período de 2012, quando foram comercializadas 3.555 unidades da pick-up média no Brasil.

SERVIÇO:

Expoingá 2013 - 41ª Exposição Feria Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá
Data: 9 de maio a 19 de maio
Local: Parque de Exposições de Maringá (Avenida Colombo n° 2186, Maringá, PR)
Preços: R$ 30,00 a R$ 50,00 (inteira).  Estudantes, idosos e professores da rede municipal e estadual de ensino pagam meia entrada.
Mais informações e inscrições: www.expoinga.com.br

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Tags: ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 9. maio 2013 10:28
 

O governo do estado do Paraná adquiriu 240 unidades da pick-up Amarok, da Volkswagen, especialmente adaptadas para a utilização policial. Um primeiro lote de 120 unidades da picape foi entregue hoje pelo governador Beto Richa a representantes da Polícia Militar do estado do Paraná, em cerimônia realizada em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba. A solenidade contou ainda com a presença de autoridades do estado e de representantes da Volkswagen do Brasil: Antonio Megale, diretor de Assuntos Governamentais, Jochen Funk, diretor de Vendas & Estratégia da Marca e Marcelo Olival, gerente-executivo de Comerciais Leves. Haverá ainda uma nova entrega de veículos às polícias Civil e Ambiental.

A principal modificação realizada nas picapes foi a instalação de um compartimento para detidos na área da caçamba. Além disso, as unidades receberam sinalizadores luminosos e sonoros, juntamente com equipamento de radiocomunicação de acordo com as especificações utilizadas pela polícia paranaense. O interior conta com forração especial, de alta resistência, e tapetes laváveis, para atender às exigências de uso em condições extremas.

As picapes são baseadas na versão SE, com cabine dupla, equipada com motor diesel biturbo de 2 litros e 180 cv. O câmbio é manual de seis marchas. A tração é 4MOTION selecionável com reduzida e os veículos contam com direção hidráulica, airbags dianteiros e freios ABS nas quatro rodas. A pintura e os grafismos são especiais, de acordo com o padrão adotado por cada uma das forças policiais.

As modificações introduzidas para a utilização policial foram testadas e aprovadas pelo departamento de engenharia da Volkswagen do Brasil, passando por ensaios de durabilidade, corrosão e inflamabilidade, além de testes de colisão.

Sobre a Amarok

A Amarok é a primeira picape média fabricada pela Volkswagen e, desde seu lançamento, estabeleceu novos parâmetros em seu segmento de mercado pela combinação de alta tecnologia, resistência, capacidade de carga e dirigibilidade na estrada ou offroad. Com um dos maiores habitáculos da sua classe, a Amarok cabine dupla oferece tanto ao usuário profissional como a quem a utiliza como veículo de transporte e lazer, um ambiente extremamente agradável.

Nas versões com cabine dupla, as quatro portas têm abertura ampla e, apesar do porte do veículo, a altura dos bancos dianteiros é de apenas 840 mm em relação ao solo, o que facilita a entrada e a saída dos usuários. O interior também define novos padrões quanto ao espaço para a cabeça e as pernas, privilegiado pela ampla distância entre eixos, de 3.095 mm.

Concebida como um modelo global, a Volkswagen Amarok é oferecida no Brasil em sete diferentes versões, com cabines simples ou dupla, tração 4x2 ou 4x4 e transmissões manual ou automática. Conforme a versão, a Amarok pode ter motor turbo diesel, com 122 cv, ou biturbo, com 180 cv.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

O primeiro lote de 120 unidades da Amarok foi entregue hoje pelo governador Beto Richa a representantes da Polícia Militar do estado do Paraná, em cerimônia realizada em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba

[da esq. para a dir.] Antonio Megale, diretor de Assuntos Governamentais da Volkswagen do Brasil, Marcelo Olival, gerente-executivo de Comerciais Leves, o governador do Paraná, Beto Richa, e Jochen Funk, diretor de Vendas & Estratégia da Marca, participam de cerimônia de entrega das picapes

Tags: , ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 6. maio 2013 11:25
 

A Volkswagen do Brasil lança neste domingo, 5 de maio, a campanha integrada da Nova Saveiro. Criada pela AlmapBBDO, ela conta com filme, mídia impressa e ampla campanha na internet. "A campanha destaca as novidades da Nova Saveiro, que chega com design global e inovações tecnológicas. O espírito aventureiro é bastante marcante, mostrando que o modelo é perfeito para quem gosta de escapar da monotonia e sair em busca de emoções e desafios", disse Jutta Dierks, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen do Brasil.

 

 

O comercial "Monstro", que abre a campanha, traduz perfeitamente este conceito do carro, levando o público a acompanhar uma façanha fantástica em uma floresta. É a primeira das muitas aventuras que a Nova Saveiro vai proporcionar em sua comunicação.

No comercial, um rapaz dirige a Nova Saveiro por uma estrada de terra no meio de uma floresta. De repente, ele para e entra na mata correndo, desviando de galhos e plantas, até que se depara com um monstro em forma de cobra, imenso e ameaçador. O motorista luta para dominá-lo, agarrado ao animal gigantesco, que se contorce e se joga no rio, levando o rapaz com ele. O clima é de tensão, até que há um corte na cena e o jovem reaparece, tranquilo e sorridente, dirigindo a Nova Saveiro e levando, na caçamba, um enorme vidro com o monstro lá dentro, dominado.

As ações online terão início no dia 15 de junho e terão várias etapas, em diversas plataformas – do hotsite da Nova Saveiro aos tablets e redes sociais, como Instagram e Facebook. Está previsto, inclusive, o lançamento de aplicativos interativos, que estimularão os donos da Nova Saveiro a aproveitar a agilidade e o amplo espaço de sua caçamba para escapar da rotina e sair em busca de aventuras. A assinatura da campanha é: "Nova Saveiro. Carregada de aventura".

Para o gerente de Produto e Marketing de Comerciais Leves da Volkswagen do Brasil, Carlos Leite, "a Saveiro é um modelo que tem a robustez e o estilo aventureiro como características bem marcantes. Esta campanha traduz esses atributos de maneira ousada e irreverente, mostrando reflexos da personalidade da pick-up e ressaltando os diferenciais da linha 2014. Além do visual alinhado ao DNA da marca, a Nova Saveiro incorpora mais tecnologia com a nova arquitetura eletrônica que permite funções exclusivas e o ABS de última geração. O carro está ainda mais completo e competitivo".

Nova Saveiro

A pick-up compacta Volkswagen Saveiro ganhou novo visual em sua linha 2014. O veículo recebeu diversas modificações que o alinha aos demais integrantes da família Gol e à linguagem global de design da marca Volkswagen. Ao mesmo tempo, a Nova Saveiro recebeu mais itens de série e inovações tecnológicas exclusivas em seu segmento de mercado.

Entre as mudanças visuais mais importantes está o novo para-choque dianteiro que, tem design esculturado exclusivamente para a pick-up, com uma "musculatura" adicional nas extremidades, reforçando a imagem de robustez do veículo. Também completamente novos são o capô e os para-lamas dianteiros, e as grades oferecidas nas diversas versões, todos detalhes exclusivos do utilitário.

Sob a carroceria, a Nova Saveiro traz como principal inovação a adoção da nova arquitetura eletrônica, já introduzida no Novo Gol, no Novo Voyage, no Fox e no CrossFox 2014. Essa moderna estrutura possibilita a introdução de uma série de dispositivos e soluções voltadas à segurança e ao conforto dos usuários de seus usuários.

A Nova Saveiro é oferecida nas versões de entrada, com cabines simples ou estendida, e nas versões Trooper e Cross – com cabine estendida.

A pick-up compartilha com o Novo Gol e o Novo Voyage o reconhecido motor EA-111 1.6l VHT, que é Total Flex e desenvolve 104 cv quando abastecido com etanol e 101 cv quando abastecido com gasolina. A transmissão é a manual MQ200 com cinco marchas. Essa combinação de motor e transmissão é capaz de atender amplamente a todos os requisitos de uso do utilitário, tanto como veículo de transporte pessoal quanto como carro de trabalho.

O lançamento da Nova Saveiro é acompanhado por uma reformulação nos pacotes de equipamentos opcionais oferecidos às diversas versões. Os itens foram reagrupados, reduzindo o número de combinações, tornando mais fácil a escolha pelo cliente.

História

A trajetória de sucesso da Saveiro começou em julho de 1982, quando o modelo chegou ao mercado. Ao longo de todos os seus 30 anos de existência, a pick-up compacta passou por um processo permanente de aperfeiçoamento, abrangendo desde atualizações no design e alterações internas na cabine, visando maior conforto dos ocupantes, a mudanças mecânicas e estruturais, além da constante introdução de novos equipamentos e tecnologias.

Derivada do Gol – o primeiro carro brasileiro projetado para dar origem a uma completa família de veículos –, em sua primeira versão a Saveiro era equipada com motor refrigerado a ar de quatro cilindros contrapostos horizontais, com 1.600 cm³, e câmbio de quatro marchas. Em 1985, ganhou o primeiro motor com arrefecimento líquido, também com 1.600 cm³, com quatro cilindros em linha, com câmbio manual de cinco marchas.

Em 1994, a Saveiro ganhou direção hidráulica, inicialmente como item opcional para a versão GL. Em 1997, toda a linha da pick-up passou a contar com injeção de combustível eletrônica multiponto, melhorando o consumo e reduzindo as emissões de poluentes. Em 1999, chegaram os airbags, importante item de segurança, e a disponibilidade de ar-condicionado para todas as versões.

Totalmente renovada em 2009, a Saveiro compartilha com o sedã Voyage a mesma plataforma da quinta geração do Gol. A Saveiro trouxe como novidade em seu lançamento a disponibilidade da cabine estendida, que proporciona um espaço interno atrás dos bancos, para transporte de bagagem ou volumes com maior segurança.

Atualmente a pick-up compacta é o quarto veículo mais vendido pela Volkswagen do Brasil - depois de Gol, Fox e Voyage - e o comercial leve mais vendido pela empresa.

Fichas técnicas

Filme

Anunciante: Volkswagen do Brasil
Título: Monstro
Produto: Nova Saveiro
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor de Criação: Renato Simões, Bruno Prosperi
Criação: Marcelo Nogueira, Benjamin Yung Jr
Produtora: Fat Bastards
Produtor executivo: Fernando Carvalho / André Pinho
Direção: Pedro Becker
Fotografia: Rhebling Junior
Rtvc: Vera Jacinto, Rafael Motta, Ana Paula Casagrande e Thiago Bueno
Trilha / Locutor: Tentáculo/ Paulo Ivo
Montador / Editor: Pedro Becker
Finalizadora/ Pós-Produção: Bitt Animation
Finalizador: Elton Bronzeli
Atendimento: Gustavo Burnier, Filipe
Bartholomeu, José Fernando Lopes, Ana Beatriz Moreira Porto, Aline Macedo e Olivia Tornelli Planejamento: Cintia Gonçalves, Sergio Katz, Denis Camargo, Tatiana Weiss
Mídia: Paulo Camossa, Brian Cotty, Fábio Urbanas, Daniele Valle, Cassio Soares, Roger Pereira
Aprovação: Marcelo Olival, Carlos Leite e Ana Cristina Mota

Anúncio

Anunciante: Volkswagen do Brasil
Título: Monstro
Produto: Nova Saveiro
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor de Criação: Renato Simões, Bruno Prosperi
Diretor de Arte: Benjamin Yung Jr
Redator: Marcelo Nogueira
Fotógrafo: Fernando Zuffo
Ilustração: Bitt Animation
Art Buyer: Teresa Setti, Ana Cecília da Costa
Produtor Gráfico: José Roberto Bezerra
Atendimento: Gustavo Burnier, Filipe Bartholomeu, José Fernando Lopes, Ana Beatriz Moreira Porto, Aline Macedo e Olivia Tornelli Planejamento: Cintia Gonçalves, Sergio Katz, Denis Camargo, Tatiana Weiss
Mídia: Paulo Camossa, Brian Cotty, Fábio Urbanas, Daniele Valle, Cassio Soares, Roger Pereira
Aprovação: Marcelo Olival, Carlos Leite e Ana Cristina Mota

Para mais informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Confira o anúncio impresso da Nova Saveiro

Tags: ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 29. abril 2013 09:25
 

A Volkswagen do Brasil participa da Agrishow 2013 – 20ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que começa nesta segunda-feira, 29 de abril, e vai até dia 3 de maio, no Polo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios, em Ribeirão Preto (SP).

Em seu estande, a Volkswagen expõe a pick-up média Amarok Highline com a transmissão automática de oito marchas, que é a mais moderna e eficiente de sua categoria, e a Nova Saveiro, que acaba de receber a linha 2014 – o modelo recebeu diversas modificações que o alinham aos demais integrantes da família Gol e à linguagem global de design da marca Volkswagen. Ao mesmo tempo, a Nova Saveiro recebeu mais itens de série e inovações tecnológicas exclusivas em seu segmento de mercado.

A Amarok Highline poderá ser testada em uma pista off-road. O trajeto é formado por obstáculos que possibilitarão ao consumidor conferir como funcionam todos os sistemas da pick-up Volkswagen, como o ABS off-road e a tração integral 4MOTION permanente. O percurso conta com um túnel, passando sob o estande da marca – nesse trecho, o local tem piso de vidro, que possibilitará aos visitantes uma visão inusitada da Amarok. Para testar a pick-up, sempre com acompanhamento de pilotos profissionais da marca, basta apresentar a CNH válida.

A Agrishow, uma das principais feiras de agronegócios da América Latina, atrai grandes compradores e concentra os principais "players" da indústria mundial em um ambiente de negócios profissional e inovador. Durante os cinco dias de feira, os compradores poderão conferir lançamentos de produtos e serviços, assistir a demonstrações de campo e participar de test-drives.

A feira conta com exposição de máquinas e produtos dos segmentos de aviação, irrigação, ferramentas, caminhões, ônibus, construção, agricultura de precisão, armazenagem e pneus.

Amarok 2013

A linha 2013 da Amarok traz novidades como o sistema de alívio de peso da tampa traseira como item de série em todas as versões do modelo, uma nova opção de cor (Marrom Toffee, metálica) e a ampliação de ofertas de equipamentos opcionais para a versão Trendline, com o já consagrado câmbio automático de oito marchas, além de faróis de neblina com luz dinâmica para manobras, sensores dianteiro e traseiro de estacionamento e o pacote tecnológico Light & Vision (composto por acendimento automático dos faróis, retrovisor interno eletrocrômico, Coming&Leaving home e sensor de chuva). A versão também passa a contar com o novo rádio RCD-320 2DIN com entradas SD-card /USB e com Bluetooth como item de série.

A Amarok é oferecida em oito opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, tração 4x2 e tração 4x4, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas e motor 2.0 turbo diesel de 122 cv e motor 2.0 biturbo diesel de 180 cv.

A versão Highline da linha 2013 incorpora como itens de série sensores dianteiro e traseiro de estacionamento, acendimento automático dos faróis, Coming&Leaving home, retrovisor interno eletrocrômico e sensor de chuva. Entre os equipamentos opcionais figuram faróis de neblina com luz dinâmica para manobras. Para as versões S e SE, são oferecidos novos opcionais como sensor de estacionamento traseiro, novo rádio RCD-320 2DIN, ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), revestimento dos bancos de couro e revestimento do assoalho de borracha.

Primeiro trimestre – vendas em alta

A Volkswagen do Brasil comemorou o primeiro trimestre de 2013 com recorde histórico nas vendas de comerciais leves da marca, totalizando 29.746 unidades (o recorde anterior para o período foi em 1997, com 20.710 unidades nos três primeiros meses do ano). A marca também atingiu o melhor mês de março da sua história no segmento, com 10.513 unidades (o recorde anterior era março de 2011, com 10.052 unidades).

De janeiro a março de 2013, a Volkswagen vendeu no mercado brasileiro 5.471 unidades da Amarok, que é produzida na Argentina. O número representa crescimento de 54% nas vendas sobre o mesmo período de 2012, quando foram comercializadas 3.555 unidades da pick-up média no Brasil.

SERVIÇO:

Agrishow 2012 – 20ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação
Data: 29 de abril a 3 de maio
Horário: Das 8h às 18h
Local: Polo Regional de Desenvolvimento
Tecnológico dos Agronegócios (Rodovia Antônio Duarte Nogueira, Km 321, Ribeirão Preto, SP)
Preços: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (estudantes, idosos e professores da rede municipal e estadual de ensino).
É proibida a entrada de menores de 14 anos.

Mais informações e inscrições: www.agrishow.com.br

 

Volkswagen Amarok Highline automática

Tags: , ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 23. janeiro 2013 15:14
 

A Volkswagen do Brasil promove o Festival Amarok Experience no Guarujá (SP), de amanhã (24) até 17 de fevereiro. O evento contará com test drive da pick-up Amarok, que poderá ser dirigida em suas versões Trendline manual e Highline automática pelos visitantes em uma pista off-road montada na Avenida Dom Pedro I, altura do número 2.131, na praia da Enseada.

A pista foi preparada especialmente para o modelo e é formada por subidas e descidas íngremes, buracos com lama e muitos outros obstáculos que possibilitarão ao consumidor conferir como funcionam todos os sistemas da Amarok, como ABS off-road e a tração integral. É a primeira vez que a Volkswagen promove o Festival Amarok Experience no litoral.

O Festival funcionará de quinta a domingo, das 9h às 19h – durante o Carnaval, funcionará também segunda e terça-feira. A entrada é gratuita. Para testar os carros, sempre com acompanhamento de pilotos profissionais da Volkswagen, basta apresentar a CNH válida.

A Amarok 2013 é oferecida em oito opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, tração 4x2 e tração 4x4, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas e motor 2.0 turbo diesel de 122 cv e motor 2.0 biturbo diesel de 180 cv.

A pick-up teve em 2012 o melhor ano de vendas de sua história, registrando 19.825 unidades comercializadas no mercado nacional, o que representa crescimento de 93,8% sobre as vendas em 2011.

Primeiro feirão do ano

Além da pista off-road, será realizado no local o primeiro Feirão Volkswagen deste ano. São as últimas unidades ainda com preços praticados em 2012 e IPI reduzido. Entre os destaques praticados em janeiro, o Novo Gol duas portas será oferecido a partir de R$ 26.890 com taxa de 0,89% ao mês (entrada de R$ 13.445 e saldo em 36 parcelas de R$ 465). O Novo Voyage partirá de R$ 29.990 também com taxa de 0,89% ao mês (entrada de R$ 14.995 e saldo em 36 parcelas de apenas R$ 515,29).

Outra grande oferta é o Fox 1.0 duas portas, com sistema de freios ABS e air bag duplo de série, tem IPVA grátis a partir de R$ 31.890. A Saveiro Cabine Simples partirá de R$ 29.990 e terá taxa zero para o financiamento (entrada de R$ 14.995 e saldo em 12 parcelas de R$ 1.315,01).

A pick-up Amarok, estrela do evento, também terá condições especiais. A versão Trendline automática será oferecida a partir de R$ 118.980, com taxa de 0,99% ao mês (50% de entrada e saldo em 24 parcelas fixas). A versão Highline automática será oferecida de R$ 135.310, com taxa de 0,99% ao mês (também com 50% de entrada e saldo em 24 parcelas fixas).

Também estarão expostos os modelos Jetta, Tiguan, Fox, Novo Gol, Saveiro Cross, CrossFox e SpaceCross, entre outros.

Serviço

Festival Amarok Experience e Feirão Volkswagen Endereço: Avenida Dom Pedro I, altura do número 2.131, na praia da Enseada, Guarujá Funcionamento: Quinta-feira a domingo, das 9h às 19h – durante o Carnaval, funcionará também segunda e terça-feira Entrada gratuita

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Tags: , , ,
Comentários (0)

postado por Comerciais Leves | 3. outubro 2012 08:26
 

  • Versão conceitual da pick-up é voltada para esportistas radicais
  • Protótipo foi customizado para praticantes da canoagem
  • Conceito demonstra a versatilidade do utilitário Volkswagen

Depois de anunciar o lançamento do Fusca no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a Volkswagen antecipa que a Amarok Canyon, versão conceitual de sua consagrada pick-up média Amarok, também será um dos destaques da marca no evento, que ocorre entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. Configurado especificamente para a prática radical da canoagem, o protótipo demonstra a versatilidade do utilitário Volkswagen para aplicações especiais.

Imagine o cenário: sábado de manhã cedo, o final de semana pela frente, o ar está fresco e os rios nas montanhas correm entre suas margens verdejantes. É hora de ação: dois caiaques de competição são rapidamente carregados e amarrados na caçamba da Amarok Canyon. E cair na estrada...

Primeiro, um trecho rápido pelo asfalto. Depois, por tortuosos caminhos nas montanhas. Mais alguns quilômetros por uma trilha de lama na floresta e os últimos 500 metros transpondo grandes pedaços de pedra quebrada. Graças à capacidade off-road da Amarok, sem dificuldades: chegamos ao destino, um riacho com correnteza veloz.

Rapidamente, os aventureiros removem seus caiaques de fibra de carbono e o equipamento – capacete, remos e coletes – da caçamba. Os caiaques são lançados nas águas revoltas para um empolgante rodeio. Unindo força e habilidade, a dupla procura o melhor caminho entre as ondas, numa exaustiva luta com os elementos que apagam todo o stress da vida diária.

É assim que um dia perfeito começa para um canoísta radical. Este tipo de esporte representa uma das formas mais extremas de atividade aquática e tem conquistado uma popularidade crescente.

Feita para aventuras

Todos os aspectos da Amarok Canyon, que foi mostrada pela primeira vez no Salão de Genebra, em abril deste ano, foram concebidos para atender às necessidades deste esporte radical, desde o equipamento de rodagem da picape aos detalhes na área de carga. “A intenção deste conceito radical é mostrar uma das muitas aplicações da Amarok. Com esta adaptação para um esporte radical, estamos colocando em evidência o DNA original da Amarok”, explica o Dr. Wolfgang Schreiber, diretor de Desenvolvimento da Volkswagen Veículos Comerciais.

A Amarok Canyon é consideravelmente mais alta e larga do que o modelo de série e sua cor é também mais exótica. A carroceria da picape, com um brilho especial devido às três camadas da pintura “Laranja Baladi”, foi elevada em 40 mm com o uso de um kit especial. Com os pneus também especiais, a picape ficou 85 mm mais alta que a versão de produção.

A pick-up modificada também ganhou faróis auxiliares montados sobre o teto. Outros toques visuais incluem lanternas traseiras escurecidas e a proteção inferior da carroceria em cor contrastante. Dois estribos acionados eletricamente facilitam a entrada e a saída do veículo, apesar da altura maior. Os estribos foram criados para não chamarem a atenção e se retraem quando o veículo está em movimento, para manter a alta capacidade off-road da Amarok original.

A largura da versão conceitual também foi aumentada para permitir sua utilização específica. As caixas das rodas foram alargadas 35 mm em cada lado para criar espaço para os grandes pneus todo-terreno 275/65 R18, montados em rodas tipo “Durban” pintadas na cor Adamantiun Dark, com alto brilho.

Os dois caiaques de fibra de carbono são fixados com segurança no assoalho da caçamba. Na traseira, o assoalho possui duas cavidades com forração macia e as proas dos caiaques são posicionadas numa barra na mesma cor das rodas, com tirantes que os seguram com firmeza. Os remos ficam presos com segurança na parte interna da tampa da caçamba, fáceis de alcançar. Todo o equipamento restante – capacetes, coletes e calçados especiais – também é guardado com segurança: os capacetes em redes na divisória da caçamba com a cabine e o restante em pequenas caixas com tampas à prova d’água que podem ser trancadas.

Interior esportivo

Dentro da cabine foi usado um jogo de cores especial, com muitos detalhes e novos toques decorativos. Os bancos de couro têm duas cores, com a superfície dos assentos na cor “sterling” e os apoios de cabeça e as laterais no tom “adamant”. As costuras decorativas no estofamento têm a cor laranja da carroceria, que também aparece em outros pontos, como nas costuras do volante de três raios e na cobertura da alavanca do câmbio, cintos de segurança e saídas de ventilação. Sob uma cobertura, no painel, há três instrumentos auxiliares, que mostram os ângulos de subida e inclinação lateral da Amarok, fornecendo ao condutor informações importantes para maior segurança em condições fora de estrada mais radicais.

Para garantir a máxima capacidade off-road, a Amarok Canyon utiliza o poderoso motor biturbo 2.0 TDI com 180 cv (132 kW), que oferece torque máximo de 40,81 kgfm (400 Nm) entre 1.500 e 2.250 rpm. O sistema 4MOTION de tração integral selecionável, juntamente com a caixa de redução e o travamento do diferencial no eixo traseiro, assegura a eficiência da transmissão de força para as rodas, mesmo nas mais duras condições.

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Comerciais Leves | 23. agosto 2012 08:51
 

  • Amarok tem transmissão automática de oito marchas, a mais moderna e eficiente da categoria
  • Motor 2.0l diesel biturbo da Amarok está mais econômico e potente: 180 cv
  • Saveiro Cross 2013 conta, de série, com freios ABS e airbags para motorista e passageiro, além da função Coming & Leaving Home

A Volkswagen do Brasil participará da 35ª Expointer (Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários), que será realizada entre os dias 25 de agosto e 2 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, no município de Esteio, no Rio Grande do Sul. A Volkswagen terá estande com exposição da pick-up média Amarok automática e da Saveiro Cross 2013, além de pista off-road para test-drive com a Amarok.

A 35ª Expointer tem a inovação como destaque, com exposição de máquinas com tecnologia de ponta e genética pecuária. Serão 3.000 expositores e 4.000 animais apresentados, de mais de 150 raças. Na última edição, a feira movimentou mais de R$ 850 milhões em negócios.

A programação da 35ª Expointer conta ainda com mais de 400 eventos, entre os quais palestras, concursos, seminários e a Feira de Agricultura Familiar, com culinária gaúcha.

Amarok ganha transmissão automática com oito marchas

 

A Volkswagen lançou, em abril, a versão automática de sua pick-up média Amarok, que conta com uma inovadora transmissão com oito marchas. Com o novo sistema, a Volkswagen Amarok oferece conforto de rodagem ainda maior, principalmente para os usuários que a utilizam na cidade.

O novo câmbio também garante um excepcional comportamento fora de estrada e nível de consumo de combustível abaixo da mesma versão equipada com câmbio manual. A Amarok é a primeira pick-up com câmbio automático de sua classe a contar com oito marchas.

A chegada da nova transmissão automática coincide com a estreia do novo motor 2.0 litros biturbo TDI, com 180 cv (132 kW). Com torque máximo de 42,8 kgfm (420 Nm), ele garante excelente desempenho e rodagem suave à pick-up, mesmo quando usada para rebocar um trailer ou com carga pesada. Com o câmbio automático e tração 4MOTION, a Amarok acelera de 0 a 100 km/h em apenas 10,9 segundos. A velocidade máxima é de 179 km/h, alcançada em sétima marcha (a oitava marcha é configurada como "overdrive"). A retomada de velocidade de 80 km/h a 120 km/h é feita em apenas 8,5 segundos.

Novas versões

A nova transmissão automática é exclusividade da versão Highline, a topo de linha da Amarok. A gama de ofertas da pick-up média da Volkswagen foi ampliada para nove versões - a de entrada, a Amarok S, é equipada com motor diesel com uma turbina e 122 cv. A Amarok S é oferecida com cabine simples e dupla, sendo ambas com opções de tração 4x2 e 4x4 selecionável com reduzida.

A Amarok SE, com opções de cabine simples e dupla, oferece, em ambas as versões, a tração 4x4 selecionável com reduzida. As duas versões recebem o novo motor com 180 cv. A versão Trendline traz o novo motor de 180 cv, câmbio manual de seis marchas e tração 4x4 selecionável com reduzida.

A Amarok Highline oferece duas opções, sendo ambas com o novo motor de 180 cv: uma delas vem com a nova transmissão automática de oito marchas e tração 4x4 integral; a outra, com câmbio manual de seis marchas e tração 4x4 selecionável com reduzida.

As versões Trendline e Highline podem contar opcionalmente com o Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP), Controle Automático de Descida (HDC) e Assistente para Partida em Subida (HSA).

A Amarok oferece como equipamento de série, a exclusiva função off-road para o sistema de freios ABS, que otimiza sua eficiência em estradas não pavimentadas, reduzindo as distâncias de frenagem. Todas as versões da Amarok trazem de série freios ABS e airbags frontais. O EDL (Bloqueio Eletrônico do Diferencial), que contribui para a estabilidade do veículo, também é standard em toda a linha.

Saveiro Cross 2013

A Saveiro Cross 2013 conta, de série, com freios ABS e airbags para motorista e passageiro. A versão aventureira da picape oferece também a função Coming & Leaving Home, que acende os faróis automaticamente ao entrar e sair do carro, iluminando a área ao redor do veículo.

Internamente, há pedaleira de alumínio e inscrição "Cross", também de alumínio, na soleira interna das portas. A Saveiro Cross 2013 ganha mais uma opção de cor: Cinza Quartzo (metálica).

A Saveiro Cross é oferecida com cabine estendida, possibilitando maior conforto aos ocupantes e a possibilidade de transportar bagagem em seu interior. A Saveiro Cross utiliza o motor EA111 1.6 VHT Total Flex com até 104 cv e a transmissão MQ200 manual, com cinco marchas, conjunto já consagrado no mercado brasileiro. Aliada à suspensão RCS (Robust Cargo Suspension), essa combinação assegura um excelente nível de desempenho, dirigibilidade, capacidade de carga e alta confiabilidade.

SERVIÇO

35ª Expointer (Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários) – Edição 2012
Data: 25 de agosto a 2 de setembro
Local: Parque Estadual de Exposições Assis Brasil - Rodovia BR 116 (via lateral) Km 13, Esteio (RS)
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).
Mais informações e programação completa: www.expointer.rs.gov.br/site2012

Tags:
Comentários (0)

postado por Comerciais Leves | 16. agosto 2012 04:37
 

O Jornal do Carro, do dia 8 de agosto, publicação do Jornal da Tarde e o Jornal Estado de São Paulo, de ontem, realizaram um comparativo entre as pick-ups médias que consagrou  a Amarok como a grande vencedora.

A reportagem do jornal Estado de São Paulo apresenta como título “Amarok é a melhor pick-up média topo de linha”, ressalta os atributos:

  • “ único que oferece dirigibilidade similar à de automóveis. Suas respostas lembram as de sedãs médios”
  • “câmbio automático de oito marchas com opção de trocas de marchas sequenciais manuais e tração 4x4 permanente.”
  • “ ....o sistema de “suspenção” não se igual ao da Amarok...”

O Jornal do Carro destaca:

  • A Amarok representa um passo adiante das picapes
  • “Dos seis modelos avaliados o Volkswagen é o único que oferece dirigibilidade a de automóveis. Suas respostas lembram as de sedãs médios”
  • “ Dizer que a Amarok tem dirigibilidade de carro de passeio não é figura de linguagem. Sua direção tem mesmo relação de automóvel, é rápida e precisa”
  • “A posição de dirigir também é semelhante a de carros pequenos. Do sexteto, a Amarok é a única com ajustes de altura e distância para o volante. “
  • “Seu acerto de suspenção é impecável. É pouco incomodada pelas irregularidades do piso, com a vantagem de manter a carroceria firme nas curvas”
  • A Amarok é um sedã que tomou fermento e leva até 1 tonelada na caçamba
  • “O modelo é bom de câmbio, suspenção e motor. Seu sistema de tração integral é sofisticado e sua direção tem respostas precisas”

A Volkswagen Amarok  lançada em 2010, trouxe na bagagem uma revolução nos conceitos e de tecnologia. A pick-up implantou no mercado uma nova referencia no padrão de tecnologia embarcada com destaque para a motorização com impacto na redução de consumo de combustível e emissão de poluentes, aumento da segurança ativa e passiva e o conforto tanto para o motorista quanto para o passageiro, além da caçamba com área de carga de 2, 52m2 com facilidade de acesso. Estes diferenciais obrigou a concorrência a reformular as pick-up médias comercializadas. Entretanto, a Amarok se manteve na comando do novo padrão e o lançamento do câmbio automático de 8 marchas fortalece a liderança tecnológica inovadora do nosso produto e afirma a capacidade de desenvolvimento de novos produtos pela Volkswagen.

As reportagens chancelam a superioridade da força e inteligência tecnológica embarcada da Amarok, subsídios para os seus vendedores utilizarem como argumento de vendas. Aproveite as duas matérias, anexas, reúna a sua equipe, repasse a informação, relembre os diferenciais do produto e a motive para “turbinar” suas vendas. Utilize a ferramenta o Best drive para o cliente “vivenciar” a tecnologia da Amarok.

Tags:
Comentários (0)

postado por Comerciais Leves | 6. agosto 2012 10:57
 

 

  • Amarok tem transmissão automática de oito marchas, que é a mais moderna e eficiente da categoria
  • Motor 2.0l diesel biturbo da Amarok está mais econômico e mais potente: 180 cv
  • Amarok tem mais versões: agora são nove
  • Saveiro Cross 2013 passa a contar, de série, com freios ABS e airbags para motorista e passageiro, além da função Coming & Leaving Home
  • Saveiro Cross 2013 ganha mais uma opção de cor: Cinza Quartzo

A Volkswagen do Brasil participará da 36ª GranExpoES (Exposição Estadual Agropecuária), que será realizada entre os dias 8 e 12 de agosto, no Carapina Centro de Eventos, no município de Serra, no Espírito Santo. A Volkswagen terá estande com exposição da pick-up média Amarok automática e da Saveiro Cross 2013 no evento anual, que é considerado o maior e mais importante encontro de negócio rural do Espírito Santo.

A GranExpoES é uma verdadeira vitrine do agronegócio capixaba. Os números da última edição comprovam a credibilidade do evento: foram movimentados R$ 45 milhões em negócios, sendo R$ 2,5 milhões com leilões. A GranExpoES 2011 recebeu 120 mil visitantes, o mesmo número esperado para este ano.

A programação da GranExpoES 2012 inclui exposições de animais, congressos, minicursos, concursos gastronômicos, Feira dos Municípios, Festival da Cultura Capixaba, Feira Náutica, Exposição de Aquários, Espaço Gourmet, Fazendinha, ExpoflorES, entre outras atividades das principais cadeias produtivas do negócio rural do Espírito Santo.

Amarok ganha transmissão automática com oito marchas

A Volkswagen lançou a versão automática de sua pick-up média Amarok, que conta com uma inovadora transmissão com oito marchas.

Com o novo sistema, a Volkswagen Amarok oferece conforto de rodagem ainda maior, principalmente para os usuários que a utilizam na cidade. O novo câmbio também garante um excepcional comportamento fora de estrada e nível de consumo de combustível abaixo da mesma versão equipada com câmbio manual. A Amarok é a primeira pick-up com câmbio automático de sua classe a contar com oito marchas, que possibilitaram aos engenheiros da Volkswagen ampliar a distância entre as relações da primeira e da oitava velocidades em relação às transmissões automáticas convencionais. Graças a essa maior amplitude, o motor TDI trabalha de forma ainda mais eficiente, sempre dentro do regime de rotações ideal.

A oitava marcha foi configurada como "overdrive", para operar com o motor em rotação reduzida sempre que as condições de terreno e aceleração permitirem, economizando combustível. A primeira marcha foi calculada para esforços acima do normal, como no uso off-road, para arrancar com carga em subidas íngremes ou quando o veículo é usado para reboque. Como na versão manual, a Amarok com transmissão automática de oito marchas e tração 4MOTION proporciona alto desempenho na utilização todo-terreno, mas suas características dispensam a necessidade de engrenagens de redução.

Maior potência: 180 cv

A chegada da nova transmissão automática coincide com a estreia do novo motor 2.0 litros biturbo TDI, com 180 cv (132 kW). Com torque máximo de 42,8 kgfm (420 Nm), ele garante excelente desempenho e rodagem suave à pick-up, mesmo quando usada para rebocar um trailer ou com carga pesada. Com o câmbio automático e tração 4MOTION, a Amarok acelera de 0 a 100 km/h em apenas 10,9 segundos. A velocidade máxima é de 179 km/h, alcançada em sétima marcha (a oitava marcha é configurada como "overdrive"). A retomada de velocidade de 80 km/h a 120 km/h é feita em apenas 8,5 segundos.

O aumento de potência do motor TDI biturbo se deve à atualização do software de controle e a alterações efetuadas nos turbocompressores. Nas versões com transmissão manual equipadas com o motor TDI biturbo, a potência também foi elevada de 163 cv para 180 cv.

Com o novo motor e o câmbio automático, a capacidade de reboque da Amarok aumentou para 2.860 kg (em subidas até 12%) - um alto valor em sua categoria.

Novas versões

A nova transmissão automática é exclusividade da versão Highline, a topo de linha da Amarok. A gama de ofertas da pick-up média da Volkswagen foi ampliada para um total de nove versões - a de entrada, equipada com motor diesel com uma turbina e 122 cv, passa a ser chamada de Amarok S, oferecida com cabine simples e dupla, sendo ambas com opções de tração 4x2 e 4x4 selecionável com reduzida.

A versão SE, anteriormente com venda restrita a frotistas, agora é disponibilizada também para compradores individuais. A Amarok SE, com opções de cabine simples e dupla, oferece, em ambas as versões, a tração 4x4 selecionável com reduzida. As duas versões de Amarok SE recebem o novo motor com 180 cv e agora contam com para-choques dianteiros na cor da carroceria como item de série.

A versão Trendline traz o novo motor de 180 cv, câmbio manual de seis marchas e tração 4x4 selecionável com reduzida, além de ser equipada de série com faróis de neblina e rodas de liga-leve 17". Como opcional, oferece rádio RNS 315 com GPS e volante multifuncional.

A Amarok Highline oferece duas opções, sendo ambas com o novo motor de 180 cv: uma delas vem com a nova transmissão automática de oito marchas e tração 4x4 integral; a outra, com câmbio manual de seis marchas e tração 4x4 selecionável com reduzida. Ambas disponibilizam de série sensor de estacionamento traseiro, rádio RCD 510, volante multifuncional e revestimento interno de couro.

As versões Trendline e Highline podem contar opcionalmente com o Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP), Controle Automático de Descida (HDC) e Assistente para Partida em Subida (HSA). Todas as versões da Amarok trazem de série airbags frontais e freios ABS.

A Amarok oferece ainda, como equipamento de série, a exclusiva função off-road para o sistema de freios ABS, que otimiza sua eficiência em estradas não pavimentadas, reduzindo as distâncias de frenagem. O EDL (Bloqueio Eletrônico do Diferencial), que contribui para a estabilidade do veículo, também é standard em toda a linha.

Saveiro Cross 2013

A Saveiro Cross 2013 foi bastante beneficiada, passando a contar, de série, com freios ABS e airbags para motorista e passageiro. A versão aventureira da picape agora conta também com a prática função Coming & Leaving Home, que acende os faróis automaticamente ao entrar e sair do carro, iluminando a área ao redor do veículo.

Internamente, há pedaleira de alumínio e inscrição "Cross", também de alumínio, na soleira interna das portas. A Saveiro Cross 2013 ganha mais uma opção de cor: Cinza Quartzo (metálica).

Os designers da Volkswagen do Brasil se preocuparam em ir além de criar um carro voltado para o lazer. A Saveiro Cross se caracteriza por aliar o caráter aventureiro e o visual robusto a um nível de equipamento, conforto e qualidade de acabamento incomuns no segmento.

A Saveiro Cross é oferecida com cabine estendida, possibilitando maior conforto aos ocupantes e a possibilidade de transportar bagagem em seu interior. A Saveiro Cross utiliza o motor EA111 1.6 VHT Total Flex com até 104 cv e a transmissão MQ200 manual, com cinco marchas, conjunto já consagrado no mercado brasileiro. Aliada à suspensão RCS (Robust Cargo Suspension), essa combinação assegura um excelente nível de desempenho, dirigibilidade, capacidade de carga e alta confiabilidade.

SERVIÇO

36ª GranExpoES 2012 (Exposição Estadual Agropecuária)
Data: 8 a 12 de agosto de 2012
Horário de funcionamento: 8h às 22h (algumas atividades têm horários diferenciados)
Local: Carapina Centro de Eventos (Rodovia do Contorno - BR 101 Norte, Bairro Carapina, Serra, ES)
Ingressos: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia). Entrada grátis no dia 8 de agosto.
Mais informações e programação completa: www.granexpoes.com.br

Tags:
Comentários (0)


<<  outubro 2014  >>
seteququsedo
293012345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829303112
3456789

Follow me on Twitter