postado por Volkswagen do Brasil | 14. agosto 2013 09:18
 

A Volkswagen do Brasil apresenta a série especial Last Edition da Kombi, um dos modelos de maior sucesso da marca no Brasil e que se destaca também pela maior longevidade da indústria automobilística mundial.

Com produção limitada a 600 unidades, a edição especial será oferecida a partir deste mês com preço sugerido de R$ 85 mil.

A edição traz itens exclusivos como pintura tipo “saia e blusa”, acabamento interno de luxo e elementos de design que remetem às inúmeras versões do veículo fabricadas no País desde 1957. As unidades serão numeradas e terão placa de identificação.

A pintura da Kombi Last Edition é azul, com teto, colunas e para-choques brancos. Uma faixa decorativa, também branca, circunda todo o veículo logo abaixo da linha de cintura. As rodas e as calotas são pintadas de branco.

A grade dianteira superior é também pintada na cor azul da carroceria, assim como as molduras das setas e aros dos faróis.

Os pneus com faixa branca dão um toque a mais de requinte e nostalgia ao modelo. Os vidros são escurecidos e o vigia traseiro tem desembaçador elétrico. As setas dianteiras têm lentes de cristal branco. Nas laterais também se destacam os adesivos que identificam a série especial “56 anos – Kombi Last Edition”.

Interior – tratamento especial

O interior da Kombi Last Edition mereceu cuidados especiais, começando pelas cortinas em tear azul nas janelas laterais e no vigia traseiro – as braçadeiras trazem o logotipo ‘Kombi’ bordado, um elemento de decoração típico das versões mais luxuosas das décadas de 1960 e 1970.

Os bancos têm forração especial de vinil: bordas em Azul Atlanta e faixas centrais de duas cores (azul e branca). As laterais e as costas dos assentos têm acabamento de vinil expandido Cinza Lotus. O modelo tem capacidade para 9 ocupantes.

O revestimento interno das laterais, portas e porta-malas também é de vinil Azul Atlanta, com costuras decorativas pespontadas. O assoalho e o porta-malas são recobertos por tapetes com insertos em carpete dilour Basalto, mesmo material que reveste o estepe. O revestimento do teto é em material não tecido Stampatto.

No painel, um dos destaques é a plaqueta de alumínio escovado que identifica a série especial, com o número correspondente a uma das 600 unidades. Por exemplo: a primeira unidade levará a placa “001/600”.

Além disso, o painel traz serigrafia especial do quadro de instrumentos, que mantém o tradicional padrão com o velocímetro em posição central e, à direita, o mostrador do nível de combustível. O sistema de som tem LEDs vermelhos, lê arquivos MP3 e possui entradas auxiliar e USB.

Dentro do porta-luvas, o comprador encontrará o manual do proprietário com uma capa especial comemorativa. A Kombi Last Edition será acompanhada, também, por um certificado especial atestando sua autenticidade.

O modelo é equipado com o motor EA111 1.4l Total Flex, que desenvolve potência de 78 cv quando abastecido com gasolina e de 80 cv com etanol, sempre a 4.800 rpm. O torque máximo é de 12,5 kgfm com gasolina e de 12,7 kgfm com etanol, a 3.500 rpm. O câmbio é manual de 4 marchas. As rodas são de 14 polegadas, com pneus 185 R14C.

A forma segue a função – a história da Kombi

A Kombi foi idealizada pelo holandês Ben Pon na década de 1940, que projetou a combinação do confiável conjunto mecânico do Volkswagen Sedan em um veículo de carga leve. Lançada na Alemanha em 1950, o modelo se destacou pela versatilidade, sendo adotada tanto para transporte urbano de carga como para levar passageiros. Seu motor era o quatro-cilindros 1.2l com refrigeração a ar e 25 cv.

Ao lado do Fusca, a Kombi marcou o início das atividades da Volkswagen no País, há 60 anos. Sua montagem começou no ano de 1953, em um galpão no bairro do Ipiranga, em São Paulo.

A partir de 2 de setembro de 1957 o modelo passou a ser efetivamente produzido no Brasil, na Fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo. A Kombi foi o primeiro veículo fabricado pela Volkswagen do Brasil, antes mesmo do Fusca – e o primeiro feito pela empresa fora da Alemanha.

O nome Kombi é uma abreviação, adotada no Brasil, para o termo em alemão Kombinationsfahrzeug, que em português significa “veículo combinado” ou “combinação do espaço para carga e passeio”. Na Alemanha o modelo recebeu o nome VW Bus T1 (Transporter Número 1).

A versão brasileira trouxe em seu lançamento o mesmo motor de quatro cilindros contrapostos (“boxer”) de 1.200 cm³ refrigerado a ar, mas com potência de 30 cv.

Com estrutura leve, do tipo monobloco, e carroceria em forma de “caixa”, a Kombi oferecia amplo espaço interno abrigado e capacidade para transportar uma tonelada de carga. Ao mesmo tempo, era um veículo muito fácil de manobrar. Resistente, econômico e de mecânica simples, foi amplamente aceita no mercado nacional.

Além das versões com janelas traseiras de vidro ou furgão, a Kombi também foi fabricada como pick-up, com cabine simples ou cabine dupla.

Menos de quatro anos após seu lançamento no Brasil foi introduzido no mercado nacional o modelo de seis portas, nas versões luxo e standard, com transmissão sincronizada e índice de nacionalização de 95%. A versão pick-up surgiu em 1967, já com motor de 1.500 cm³ (potência bruta de 52 cv) e sistema elétrico de 12 volts.

A trajetória internacional da Kombi brasileira se iniciou com as exportações da Volkswagen do Brasil nos anos 1970 para mais de 100 países. Os principais mercados externos da Kombi foram Argélia, Argentina, Chile, Peru, México, Nigéria, Venezuela e Uruguai.

Em 1975, a Kombi passou por uma reestilização e também teve a cilindrada do motor ampliada para 1.600 cm³. A potência bruta era de 58 cv. Três anos mais tarde, esse motor 1.6l ganhou dupla carburação, o que aumentou sua potência bruta para 65 cv.

A opção com motor 1.6l a diesel surgiu em 1981. Com quatro cilindros em linha e refrigerado a água, esse motor desenvolvia potência de 60 cv e era oferecido para as carrocerias furgão e pick-up – a opção cabine dupla também foi introduzida naquele mesmo ano.

Em 1982 foi introduzida a versão movida a etanol do motor 1.6l. Com taxa de compressão de 10:1 e novo coletor de admissão, entre outras modificações, o motor desenvolvia potência de 56 cv.

No ano seguinte, a Kombi ganhou painel e volante novos, além da alavanca do freio de mão, que sai do assoalho e passa para debaixo do painel. As versões a diesel e cabine dupla incorporaram novidades e itens de conforto como cintos de segurança de três pontos, bancos dianteiros com encosto de cabeça e temporizador para o limpador do para-brisa, entre outros.

A Kombi foi o primeiro utilitário nacional equipado com catalisadores, em 1992. Naquele ano também foi introduzido o sistema de servo-freio a vácuo, incluindo discos na dianteira e válvulas moduladoras de pressão para as rodas traseiras.

Em 1997 chegou a Kombi Carat, que apresentava soluções como teto mais alto (recurso que passou a ser adotado em toda a linha), porta lateral corrediça e a ausência da parede divisória atrás do banco dianteiro. As mudanças foram realizadas sem abrir mão da versatilidade e da economia exigidas por seus fiéis consumidores. A potência do motor 1.6l era de 52 cv.

No fim de 2005, a Kombi se tornou flexível, recebendo o motor quatro-cilindros 1.4 Total Flex da família EA111, capaz de rodar com gasolina, etanol ou qualquer mistura dos dois combustíveis. Com arrefecimento a líquido, o modelo se tornou até 34% mais potente e cerca de 30% mais econômico do que o antecessor, refrigerado a ar.

Um dos pontos fortes em sua comercialização sempre foi a fácil adaptação para os mais diversos tipos de uso: a Kombi foi usada como ambulância, viatura policial, veículo do Corpo de Bombeiros, veículo de lazer, escritório volante, biblioteca circulante, carro funerário, lanchonete e até carro de reportagem de televisão e rádio, entre muitas outras versões.

Nos últimos anos, apesar da concorrência de vans maiores lançadas no mercado brasileiro, a Kombi continuou merecendo a preferência de muitos clientes. Desde setembro de 1957 até julho de 2013 foram produzidas 1.551.140 unidades do modelo na fábrica de São Bernardo do Campo.

Após 56 anos ininterruptos de produção no Brasil, a Kombi tem a história de maior longevidade na indústria automobilística mundial.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 14. agosto 2013 09:09
 

A Volkswagen promove hoje a avant-première do Novo Golf, que chega ao mercado brasileiro para estabelecer novos níveis de tecnologia, sofisticação, conforto e segurança em seu segmento. O evento ocorre no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, com a presença de cerca de 1.000 convidados.

O Novo Golf chega ao Brasil para dar continuidade à sua trajetória de sucesso na indústria automotiva mundial. Até hoje, o Golf, incluindo seus derivados como o Cabriolet e a Variant, acumulou mais de 30 milhões de unidades vendidas desde 1974, sendo um dos automóveis mais bem sucedidos no mundo.

Os motores utilizados no Novo Golf são exclusivamente TSI, turbocomprimidos e com injeção direta (quatro válvulas por cilindro e quatro cilindros).

A empresa está oferecendo duas versões do Novo Golf no mercado brasileiro: Highline e GTI. A versão Highline 1.4 TSI BlueMotion Technology de 140 cv conta com opções de transmissão manual de seis velocidades ou transmissão automática DSG de sete velocidades com função “Tiptronic”. Já a versão esportiva GTI é equipada com o motor 2.0 TSI de 220 cv e transmissão automática DSG de seis velocidades com função “Tiptronic”.

O Novo Golf foi aperfeiçoado em todas as áreas. Os modelos Golf da sétima geração vendidos no mundo serão equipados de série com sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois do tipo cortina e um de joelho para o motorista) e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC).

Também serão equipamentos de série o rádio CD Player com tela sensível ao toque, freios com sistema “Multicollision Brake”, freio de estacionamento eletromecânico com função “Auto Hold”, bloqueio eletrônico do diferencial “XDS”, alerta de perda de pressão dos pneus e sistema Start-Stop.

Pela primeira vez o Golf é oferecido com um sistema de seleção do perfil de condução (opcional). Por meio da tecla “Mode”, localizada ao lado da alavanca de câmbio, é possível selecionar quatro modos de condução: Eco, Sport, Normal e Individual.

Totalmente novo, o Golf será o primeiro veículo desenvolvido com a nova Matriz Modular Transversal (MQB) a ser comercializado pela Volkswagen no Brasil. O modelo foi completamente reprojetado em várias áreas – carroceria, interior, motores, recursos de infotainment e sistemas de assistência ao motorista.

Design refinado

Poucos modelos no mundo têm um design que, como o do Golf, tenha sido constantemente refinado, alterado e aperfeiçoado ao longo das décadas e, dessa forma, se tornado atemporal.
Nesse processo, os designers da Volkswagen deram continuamente uma nova perspectiva às características do Golf.  Isso inclui as típicas colunas traseiras “C”, a linha de teto alongada e as marcantes partes dianteira e traseira. Esses detalhes também tornam o Novo Golf mais especial, mais valorizado e mais durável do que qualquer outro carro médio do mercado.

"A linguagem das formas, é lógica, sólida, focada no produto, pura e precisa, refletindo o DNA de design da marca como um modelo de criatividade perfeito. Assim, a arquitetura básica do novo Golf é inconfundível”, diz Klaus Bischoff, designer-chefe da marca Volkswagen.

“Ela surge simples, forte, compreensível, confiável e segura. Começando pelos elementos dessa arquitetura básica bem definida, detalhes como o uso econômico e o posicionamento de linhas esculturais são como toques refinados. Outro ponto extremamente importante é o fato de que, com a sétima geração, as proporções do Golf foram completamente modificadas, tornando o visual do carro mais requintado do que nunca!”, complementa Bischoff.

Dirigibilidade e segurança acima da média

DLA - Dynamic Light Assist (Assistente de luz dinâmica) – Por meio de uma câmera instalada no para-brisa, o sistema analisa o tráfego à frente e no sentido contrário. Com base nesses dados, o farol alto é acionado automaticamente. O Dynamic Light Assist trabalha assim: com a ajuda da câmera, o sistema mascara o facho dos faróis bixenônio com lâmpadas de curva dinâmicas nas áreas em que considera que, potencialmente, podem perturbar outros usuários da via. Esta função é realizada por uma abertura pivotada entre o refletor com filamento de xenônio e a lente. Juntamente com a oscilação lateral de todo o módulo e o controle independente dos faróis esquerdo e direito, é possível ajustar a fonte de luz, evitando ofuscar quem anda à frente ou vem em sentido contrário. O Dynamic Light Assist estará disponível para o Novo Golf como item opcional a partir de 2014.

ACC - Adaptive Cruise Control (Controlador adaptativo de velocidade e distância) – Até agora, o controle adaptativo de velocidade e distância era restrito a veículos de segmentos superiores, como o Volkswagen CC, por exemplo. Com o Golf, agora o ACC chega à categoria dos hatches médios.

O sistema usa um sensor de radar integrado à dianteira do carro. Nos veículos com transmissão automática DSG, o Adaptive Cruise Control intervém de tal forma que, dependendo da situação, o carro pode chegar a parar e, no modo Stop and Go, arrancar automaticamente. O ACC mantém uma velocidade pré-selecionada e uma distância definida do veículo à frente, freando ou acelerando automaticamente, seguindo o fluxo do trânsito (de maneira que a distância sempre prevalece sobre a velocidade, garantindo a segurança). A dinâmica do sistema pode ser modificada individualmente pela seleção de um dos programas de direção do seletor de perfis de condução oferecido no Novo Golf. O ACC estará disponível para o Novo Golf como item opcional a partir de 2014.

Carroceria. A carroceria tem que ser forte e rígida para garantir o máximo de segurança e conforto. Apesar disso, sua estrutura tem que permanecer de forma que o veículo inteiro seja leve e eficiente. É por isso que a Volkswagen opta pelas sinergias da nova Matriz Modular Transversal (MQB), a utilização inovadora de aços de alta resistência e métodos de produção avançados. Uma diminuição de peso de até 100 kg com exigências mais severas quanto a colisões e rigidez, assim como maiores dimensões do veículo demonstra que isso pode ser conseguido.

Sistema “Pro Active” (Proteção proativa dos passageiros) – A Volkswagen implementou o sistema de proteção proativa dos ocupantes inicialmente no Touareg. Agora, o sistema (opcional) está fazendo sua estreia no Novo Golf, tornando-o um dos poucos veículos de sua categoria no mundo a oferecer esse tipo de sistema de proteção.

Caso o sistema proativo de proteção aos ocupantes detecte uma situação de potencial acidente - como pelo início de uma forte frenagem por meio da ativação de um assistente de frenagem - os cintos de segurança do motorista e do passageiro da frente são automaticamente pré-tensionados para assegurar a melhor proteção possível pelo airbag e sistema de cintos. Quando uma situação de condução altamente crítica e instável é detectada as janelas laterais (deixando uma pequena abertura) e o teto solar são fechados.

Novo Golf GTI é o mais potente da história

Até hoje, cerca de 2 milhões de unidades do Golf GTI foram produzidas na fábrica da Volkswagen em Wolfsburg e vendidas em todo o mundo. Em 1976, quando o GTI foi criado, ninguém poderia prever tamanho sucesso. O planejamento previa fabricar 5 mil unidades, de um carro que se tornou o maior sucesso de seu tipo em todo o mundo.  Um fenômeno.

O Novo Golf GTI se distingue dos outros carros da série por vários itens adicionais e pelo emblema GTI. No exterior, eles incluem pinças de freios exclusivas na cor vermelha e lanternas traseiras com iluminação em LED, assim como ponteira do escapamento, (uma à direita e outra à esquerda) com “design GTI”. Também de série no Golf GTI mais potente, rápido e econômico de todos os tempos são as novas rodas de liga leve aro 17 (modelo “Brooklin”) com pneus 225/45 R17.

O Novo Golf GTI é equipado com um avançado motor TSI - um motor a gasolina de dois litros de cilindrada, turboalimentado e com injeção direta, com cabeçote com novo design. O 2.0 TSI gera 220 cv entre 4.500 e 6.200 rpm. A conhecida alta agilidade do Golf GTI foi elevada mais uma vez, em relação ao modelo anterior.

Sistema infotainment de última geração

A Volkswagen está equipando o Novo Golf com uma nova geração de sistemas de rádio e rádio/navegação com designs completamente novos. Todos os sistemas têm telas sensíveis ao toque. A nova geração de aparelhagem é oferecida em três versões e telas de dois tamanhos diferentes: 5,8 polegadas e 8 polegadas.

Pela primeira vez, a Volkswagen está introduzindo telas com sensores de proximidade: assim que o motorista ou o passageiro da frente movimentam a mão próximo à tela sensível ao toque, o sistema automaticamente passa do modo display para o de entrada.

O modo display mostra uma tela reduzida apenas ao essencial. No modo operacional, por outro lado, os elementos que podem ser ativados através de toques são destacados para simplificar a utilização intuitiva. As telas também têm uma função que permite que as listagens sejam roladas ou que as capas dos CDs na biblioteca de mídia sejam selecionadas rapidamente.

Sistema de navegação ‘Discover Pro' (tela de 8 polegadas). Sua tela colorida de 8 polegadas (opcional) é dotada de um sensor de proximidade integrado à área sob o display. O display também responde a gestos de virar páginas ou zoom, como ocorre nos telefones celulares modernos. O sistema traz rádio AM/FM, alto-falantes dianteiros e traseiros, leitor de DVD, controle por voz, sistema Bluetooth e memória interna de 60 GB (compatível com MP3). Além disso, esse sistema de som oferece entradas SD-Card e interface para iPod. Outro diferencial do Novo Golf são as atualizações dos mapas de navegação incluídas no preço em todas as unidades com módulos de navegação, por um período de três anos.

Novo Golf é o "Carro Mundial do Ano 2013"

Carro mais vendido na Europa é também um grande sucesso global

Um júri internacional de jornalistas especializados elegeu o Novo Golf como o "Carro Mundial do Ano de 2013". O prêmio internacional foi entregue no Salão Internacional do Automóvel de Nova York. O título de World Car of the Year 2013 é mais um marco na crescente relação de prêmios do Golf.

Há mais de 30 anos o Golf é uma referência consolidada no panorama automotivo global. De acordo com o júri do World Car of the Year, o Novo Golf tem o tamanho exato – é espaçoso, prático e confortável. Ele traz design atual e avançado, nova gama de motores e uma impressionante relação de equipamentos e sistemas de segurança. Se existe um carro feito para atender a todos, é o Golf, o modelo mais vendido da Volkswagen no mundo.

Além do World Car of the Year, o Novo Golf conquistou também o Car of the Year 2013, premiação conferida pela imprensa especializada da Europa. Outros prêmios como Best Cars 2013, Auto Trophy 2012 e Top Gear – All the car you'll ever need são exemplos do reconhecimento de sucesso do novo modelo.

Novo Golf GTI

Novo Golf GTI

Novo Golf GTI

Novo Golf Highline

Novo Golf Highline

 Novo Golf Highline

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 15. julho 2013 05:55
 

O Gol, líder no mercado brasileiro há 26 anos seguidos, continua na preferência do consumidor brasileiro também no primeiro semestre de 2013. Com 121.356 unidades  comercializadas no período, o Gol está 25.235 unidades à frente do segundo modelo mais vendido do mercado e mantém 9,2% de participação nas vendas totais de automóveis no Brasil.

Com mais de 7 milhões de unidades produzidas no País, sendo mais de 6 milhões de unidades comercializadas no mercado nacional e mais de 1 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países, o Gol é produzido nas fábricas de São Bernardo do Campo (Anchieta) e Taubaté.

Em julho do ano passado (2012), a Volkswagen lançou no mercado nacional o Novo Gol, com DNA de design mundial da marca: todos os traços conectados, leitura única de estilo e diversas inovações tecnológicas, além de recursos que tornou o modelo ainda mais atraente, além de novos equipamentos de série.

O modelo recebeu duas novas versões lançadas em maio desse ano: o Novo Gol Track, com características off road light, e o Novo Gol Rallye, uma versão aventureira do Gol.

Pioneirismos do Gol

O Gol é o modelo mais inovador da indústria brasileira por estrear novas tecnologias, desde seu lançamento, em 1980. Entre elas estão:

• Primeiro automóvel brasileiro com injeção eletrônica (Gol GTI, em 1989)
• Primeiro carro com motor bicombustível do Brasil (Gol Total Flex, em 2003)
• Primeiro automóvel de entrada bicombustível (Gol 1.0 Total Flex, em 2005), popularizando a tecnologia
• Primeiro carro a utilizar tecidos com fio à base de PET reciclado para revestimento de bancos e portas de veículos
• Primeiro a usar o motor brasileiro 1.0 de 16 válvulas

Vendas da Volkswagen no mercado brasileiro

Além do Gol, os modelos Fox e Voyage estão entre os dez modelos mais vendidos do País, ocupando respectivamente a 4ª e a 9ª posição nos primeiros seis meses do ano. O Fox já soma 67.175 unidades no período e o Voyage supera 48.900 unidades.

No segmento de comerciais leves, a Volkswagen comercializou 59.785 unidades, um crescimento de 14,1% no primeiro semestre do ano. Nesse período, a indústria cresceu 8,4% nesse segmento.

A Saveiro, segundo modelo mais vendido do País no segmento de comerciais leves, superou 34 mil unidades no período, um crescimento de 10,7% sobre 2012. As vendas da Amarok também cresceram mais de 60% no comparativo com o ano passado, superando as 11.600 unidades no semestre.
 

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Tags: , ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 12. junho 2013 10:19
 

Seis modelos Volkswagen foram destaques nas edições especiais das revistas Quatro Rodas e AutoEsporte, especializadas no setor automotivo. Na edição “Melhor Compra 2013”, da Revista Quatro Rodas, o Fusca venceu a categoria Esportivos até R$ 100 mil; o Passat Variant foi eleito a melhor compra entre as “Peruas Importadas”; e o Voyage foi indicado como a melhor opção entre os usados na sua faixa de preço. Na edição especial da AutoEsporte, os modelos Gol, Fusca, SpaceFox e Nova Saveiro tiveram destaque.

Entre os pontos analisados pela Revista Quatro Rodas estão preço de tabela dos carros, desvalorização depois de um ano de uso, valor do seguro, número de concessionárias, custo de reparabilidade, equipamentos de série, preço das revisões até os 60 mil km, ficha técnica e preços das peças de reposição.

O Passat Variant foi eleito o melhor em sua categoria pela Revista Quatro Rodas graças ao conjunto mecânico, com motor 2.0 TSI de 211 cv e câmbio DSG de dupla embreagem, além dos equipamentos como sensor de fadiga, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC) e sistema de auxílio de estacionamento (Park Assist II). Ainda de acordo com a Quatro Rodas, o Voyage é a melhor opção entre os modelos usados entre R$ 20 mil e R$ 25 mil, oferecendo bom espaço no porta-malas e visual harmônico.

O Fusca, com suas linhas de estilo inconfundíveis, foi o campeão entre os esportivos de até R$ 100 mil na Revista Quatro Rodas, que menciona que o “ronco do motor é um show à parte”. O modelo teve destaque também na Revista AutoEsporte entre os hatches médios premium, recebendo o selo “Boa compra”, com destaque para o motor 2.0 TSI de 200 cv com injeção direta de combustível e a transmissão DSG de dupla embreagem com seis marchas.

Na edição especial da Revista AutoEsporte “Qual Comprar 2013”, que analisa as 211 opções de automóveis disponíveis no mercado brasileiro, quatro modelos da Volkswagen – Gol, Fusca, SpaceFox e Nova Saveiro – estão entre os destaques em suas respectivas categorias.

O Gol demonstrou mais uma vez por que é o carro mais vendido no País há 26 anos consecutivos. O modelo foi escolhido como “Melhor do Segmento” entre os hatches de entrada, a categoria com maior volume de vendas e mais disputada do mercado nacional. A Revista AutoEsporte destaca o novo visual do Gol, alinhado à linguagem mundial de design da Volkswagen e ressalta, entre seus atributos, ótima dirigibilidade, mecânica robusta e bom desempenho. A avaliação também elogia a evolução do motor 1.0 TEC, principalmente em relação à economia de combustível e ao desempenho nas retomadas de velocidade.

A AutoEsporte também classificou o SpaceFox como “Boa compra”, elogiando o modelo pelo acabamento, praticidade do banco traseiro corrediço, comportamento da suspensão e o câmbio automatizado I-Motion, com hastes de acionamento no volante.

Recentemente lançada, a nova linha da pick-up compacta Saveiro também mereceu a indicação de “Boa compra” na Revista AutoEsporte, com destaque para o estilo alinhado com o DNA mundial da Volkswagen e a dirigibilidade acima da média de seu segmento.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Fusca

 

Passat Variant

Nova Saveiro Cross

SpaceFox

Tags: , , ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 27. maio 2013 12:08
 

A Volkswagen do Brasil lança hoje, 24 de maio, a campanha integrada do Gol Rallye e do Gol Track, que conta com a participação de Neymar Jr., um dos embaixadores da marca. A campanha destaca o design esportivo, a suspensão elevada e o novo interior das versões aventureiras do modelo mais vendido do Brasil, além de brincar com um segredo: o cabeleireiro responsável por tantas mudanças no visual do jogador.

"Com esta campanha queremos destacar, além do lado aventureiro, o lado descontraído do Gol Rallye, que já tem uma trajetória de sucesso, e do inédito Gol Track. A ideia é mostrar, por meio do Neymar, que assim como ele e seu cabelo ousado, os dois modelos topam qualquer diversão", afirma o gerente executivo de Marketing Comunicação da Volkswagen do Brasil, Artur Martins.

No filme "Cabeleireiro", Neymar Jr. aparece em diversas situações cotidianas e, em cada uma delas, está com um corte diferente. Quando um de seus amigos pergunta onde o jogador corta o cabelo, começa a aventura. Neymar aparece dirigindo o Gol Rallye e os amigos o seguem com o Gol Track. Eles passam por vários lugares com diferentes terrenos.

A aventura acaba em uma aldeia onde se encontra um índio com uma cadeira de barbeiro. O filme termina com cenas dos dois modelos e a assinatura "Volkswagen. Linha Rallye Track. Topa qualquer diversão".

O anúncio de página dupla traz o mesmo conceito do filme para apresentar a linha. Na peça de comunicação, o Gol Rallye e o Gol Track estão estacionados na aldeia e Neymar Jr. está com o índio ao lado de uma oca identificada como barbearia. O título explica: “Novos Gol Rallye e Track: como o cabelo do Neymar, também topam qualquer diversão”. A campanha prevê ainda peças online, spot e ações digitais que darão continuidade ao lançamento.

Bastidores do filme "Cabeleireiro"

As gravações do comercial "Cabeleireiro", que apresenta o Gol Rallye e o Gol Track ao grande público, foram marcadas pela complexidade da produção e pelo dinamismo da filmagem em diversos cenários. No início da noite de 14 de maio, após um dia de treino no Santos, o jogador Neymar Jr. chegou ao galpão, localizado em Santos (SP), para gravar as suas cenas. O craque, que estava a bordo de um Novo Fusca preto, foi ovacionado por um grande grupo de fãs que o aguardavam na porta do local.

Brincando com os cortes de cabelo para lá de inovadores de Neymar, a fim de destacar os modelos que assim como ele "topam qualquer diversão", foram usadas inúmeras perucas. A cada troca de adereço, o craque desfilava pelo set de filmagem mostrando diferentes visuais: rastafari, com franja, estilo "comportado" e até "emo". Além das perucas, os cenários também variaram bastante, totalizando seis. Para uma das cenas principais do filme, momento em que o segredo sobre o cabelo de Neymar é revelado, foi recriada uma aldeia indígena, onde o jogador contracenou com índios reais.

Enquanto as cenas do jogador com seu suposto cabeleireiro eram filmadas, o verdadeiro responsável pelos famoso visual de Neymar estava ali, no set de filmagem, acompanhando tudo. Há quase um ano, o hair stylist Fabio Benetti, de 34 anos, cuida do cabelo do craque, que, segundo ele, sempre chega com muitas ideias de corte e estilo.

"Busco sempre discutir com ele qual é a melhor opção, se vai danificar seu cabelo ou não, mas Neymar costuma ser bem decidido quando o assunto é o seu visual", disse Benetti, que também comentou que, durante o corte, o jogador passa grande parte do tempo ouvindo música e jogando video-game. Quando questionado sobre a próxima ideia ousada de Neymar, o cabeleireiro faz mistério, mas afirma que vem novidade por aí.

Já as cenas do filme "Cabeleireiro" com detalhes e performance do Gol Rallye e do Gol Track foram gravadas na região de Tremembé, no interior de São Paulo.

Gol Rallye: mais esportivo e aventureiro

O Gol Rallye chega ao mercado como parte da linha Volkswagen 2014, trazendo características marcantes como design global e muita inovação tecnológica, que reforçam sua atratividade.

Esta é a quarta versão Rallye da história do Gol – sua primeira edição surgiu em 2004 (Geração 3), a segunda, em 2007 (Geração 4), e a terceira, em 2010 (Geração 5). O modelo é equipado com o reconhecido motor 1.6l EA-111 VHT Total Flex, que tem potência máxima de 104 cv a 5.250 rpm e 15,6 kgfm de torque a 2.500 rpm, sempre quando abastecido com etanol. Sua carroceria é sempre de quatro portas.

O modelo é oferecido com câmbio manual ou automatizado ASG (iniciais de Automated Sequential Gearbox), na versão I-Motion – que cada vez mais conquista clientes, principalmente nas grandes cidades –, ambos com cinco marchas.

Gol Track: versão inédita do carro mais vendido do Brasil

Oferecido pela primeira vez no mercado nacional, o Gol Track traz uma série de itens de design e acabamento criados para ressaltar a robustez e a esportividade do Gol, mantendo as já conhecidas confiabilidade, economia e segurança do modelo.

Entre as principais características desse novo "off road light" destacam-se o motor TEC 1.0l Total Flex e a suspensão elevada, aumentando a distância livre em relação ao solo. O carro também vem equipado com pneus de uso misto, que permitem enfrentar com maior desenvoltura estradas e caminhos com piso irregular.

A maior altura da suspensão do Gol Track exigiu intenso trabalho de engenharia, com o objetivo de manter as características de estabilidade, dirigibilidade e segurança presentes nas demais versões do Gol. Além do trabalho desenvolvido através de simulação em computadores, houve extensos testes de rodagem realizados em pista, ruas e estradas com características variadas.

Fichas técnicas

Filme

Anunciante: Volkswagen
Título: Cabeleireiro       
Produto: Gol
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor de Criação: Andre Kassu, Marcos Medeiros
Criação: Andre Kassu, Marcos Medeiros
Produtora: Sentimental Filmes
Direção: 2
Fotografia: Pedro Cardillo
Rtvc: Vera Jacinto, Rafael Motta, Adriana Monteiro, Henrique Danieletto
Áudio: Hilton Raw
Maestro / Produtor: Hilton Raw / Fernando Forni
Montador: Beto Araújo
Finalizadora: Sindicato VFX
Atendimento: Gustavo Burnier, Filipe Bartholomeu, Christiano Bock, Caio Franco
Planejamento: Cintia Gonçalves, Sergio Katz, Denis Camargo, Tatiana Weiss, Rodrigo Friggi
Mídia: Paulo Camossa, Brian Cotty, Fábio Urbanas, Renata Bordin, Peterson Fernandes, Patricia Pilan
Aprovação: Axel Schröder, Arthur Martins, Tiago Lara, Ana Paula Lobão, Marcos Eduardo Mello

Anúncio

Anunciante: Volkswagen
Título: “Novos Gol Rallye e Gol Track: como o cabelo do Neymar, também topam qualquer diversão.”  
Produto: Gol
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor de Criação: Andre Kassu, Marcos Medeiros
Redator: Ana Carolina Reis
Diretor de arte: Caio Tezoto, Elder Caldeira, Marco Monteiro 
Fotógrafo: Fernando Zuffo
Art Buyer: Teresa Setti, Ana Cecília da Costa, Marcio Costa
Produtor Gráfico: José Roberto Bezerra
Atendimento: Gustavo Burnier, Filipe Bartholomeu, Christiano Bock, Caio Franco
Planejamento: Cintia Gonçalves, Sergio Katz, Denis Camargo, Tatiana Weiss, Rodrigo Friggi
Mídia: Paulo Camossa, Brian Cotty, Fábio Urbanas, Renata Bordin, Peterson Fernandes, Patricia Pilan
Aprovação: Axel Schröder, Arthur Martins, Tiago Lara, Ana Paula Lobão, Marcos Eduardo Mello

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

 

 

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 20. maio 2013 12:39
 

A Volkswagen do Brasil acaba de investir R$ 250 milhões (94 milhões de euros) – sendo R$ 198 milhões para equipamentos e R$ 52 milhões para infraestrutura – na construção de uma área de Armação exclusiva para a Nova Saveiro, nas versões cabine simples e estendida. A nova Armação (onde são montadas e soldadas as carrocerias) já está em operação na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Com a mais alta tecnologia disponível na indústria automotiva mundial, a Armação da Nova Saveiro é a mais avançada da Volkswagen do Brasil, com o mesmo nível tecnológico da linha onde é produzido o Golf VII, em Wolfsburg na Alemanha. Além dos ganhos em qualidade do produto, em capacidade e velocidade de produção, a nova Armação tem aspectos sustentáveis, com economia de energia e ar-comprimido.

A nova Armação permite ampliar em 25% a capacidade de produção da Saveiro, aumentando das 360 unidades da picape produzidas diariamente – quando a Saveiro era montada na linha do Gol –, para 450 unidades por dia. A Saveiro é produzida exclusivamente na fábrica de São Bernardo do Campo.

“A Armação da Nova Saveiro reforça a globalização tecnológica da Volkswagen do Brasil, não só em seus produtos, mas também em todo seu processo produtivo. Com essa nova Armação, construída com a mais alta tecnologia global e princípios sustentáveis, a unidade Anchieta da Volkswagen do Brasil, se equipara às linhas mais avançadas do Grupo Volkswagen no mundo”, afirmou o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

Inovações tecnológicas

A Armação da Nova Saveiro oferece diversas inovações tecnológicas inéditas no Brasil. Localizada em um prédio de 22 mil m², sendo 14 mil m² de área ocupada por equipamentos, a nova área conta com 182 robôs. Desses, 151 pertencem à mais nova geração disponível no mundo, com aumento considerável de performance: esses robôs são 10% mais rápidos e 15% mais leves do que os da geração anterior. As pinças de solda automáticas e de media frequência garantem total segurança e precisão para os pontos de solda, favorecendo a qualidade e a eficiência.

“A nova linha de Armação, além de trazer para a Volkswagen do Brasil a mais alta tecnologia disponível no mundo, oferece flexibilidade de produção, a qual pode ser aumentada para atender a demanda de mercado. A alta tecnologia, equivalente às fábricas mais avançadas do Grupo Volkswagen no planeta, oferece qualidade ainda maior de solda, com economia de energia”, afirmou o diretor de Engenharia de Manufatura da Volkswagen do Brasil, Celso Placeres.

A Armação da Nova Saveiro conta com um equipamento altamente inovador: a primeira geração mundial do "Konzern Framer UB1", onde é feita a geometria da plataforma do veículo (assoalhos dianteiro e traseiro e longarinas dianteiras). Inédito no Brasil, o "Konzern Framer UB1" para plataformas está sendo implementado simultaneamente pelas fábricas mais avançadas do Grupo Volkswagen. “O equipamento oferece flexibilidade para o processo de montagem, pois permite que diferentes modelos possam ser armados na mesma linha, com total garantia de qualidade e eficiência”, explicou Placeres.

O fechamento da carroceria da Saveiro é realizado em outro equipamento  "Framer", que está em sua 3ª geração e é único no Brasil. Esse equipamento, onde são soldadas as laterais na plataforma e o teto da carroceria, oferece ganho de 15%, em relação à geração anterior, do tempo necessário de preparação para produzir modelos diferentes, além de permitir modificações sem parada de linha.

Outra inovação no Brasil é a implantação do padrão VASS (utilizado pela Volkswagen, Audi, Skoda e Seat, que são marcas pertencentes ao Grupo Volkswagen) de padronização elétrica e de comunicação mais robusta e rápida entre todos os equipamentos eletrônicos da nova Armação, que também facilita e agiliza muito a manutenção.

A Armação ainda inclui outra novidade no processo produtivo brasileiro: o uso de robôs com projetores de laser para fazer a medição das dimensões da carroceria "on line". Esses dados são enviados imediatamente para a área de monitoramento, garantindo um controle de qualidade ainda mais preciso durante o processo produtivo.

O investimento de R$ 250 milhões (94 milhões de euros) na nova Armação contemplou infraestrutura, reabilitação predial, aquisição de equipamentos e implantação de sistemas transportadores (mais de 2 km), que levam as carrocerias da Nova Saveiro à área de Pintura da fábrica.

Sustentabilidade no processo produtivo

O aspecto sustentável é outro diferencial da Armação da Nova Saveiro. A alta tecnologia de solda permite economizar energia elétrica por conta da utilização de pinças de média frequência (1.000 Hz) em toda linha, tanto nos robôs como nos equipamentos operados manualmente. Essas pinças consomem 30% menos de energia e ainda permitem ganho de precisão e qualidade de solda.

As instalações da área também foram projetadas para contribuir com o meio ambiente. O espaço dispõe de luminárias econômicas, teto de policarbonato transparente, favorecendo a utilização de luz natural, e pintura branca, que clareia o ambiente, minimizando a necessidade de iluminação artificial.

Projeto foi desenvolvido com tecnologia digital inovadora

O projeto da nova Armação da Anchieta, exclusiva para a Nova Saveiro, foi desenvolvido com auxílio da "Fábrica Digital", uma tecnologia do Grupo Volkswagen que consiste em um conjunto de softwares adaptados para simular virtualmente os processos produtivos, antes da implementação física. A “Fábrica Digital” auxiliou nos trabalhos de flexibilização da Nova Armação (permitindo que a área esteja apta para produzir vários modelos diferentes) e de otimização do fluxo logístico.

A “Fábrica Digital” permite realizar simulações, que garantem a definição do melhor e mais robusto processo produtivo, minimizando o prazo de implementação, otimizando o tempo de fabricação e balanceamento da linha, além de promover a melhoria da ergonomia, cuidando do bem-estar do trabalhador e gerando maior produtividade.

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

Nova Armação da Saveiro na fábrica Anchieta com investimentos de R$ 250 milhões

Tags: ,
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 20. maio 2013 08:51
 

Oferecido pela primeira vez no mercado nacional, o Novo Gol Track traz uma série de itens de design e acabamento criados para ressaltar a robustez e a esportividade do Gol, mantendo as já conhecidas confiabilidade, economia e segurança do modelo.

Entre as principais características desse novo off road light destacam-se o motor TEC 1.0l Total Flex e a suspensão elevada, aumentando a distância livre em relação ao solo. O carro também vem equipado com pneus de uso misto, que permitem enfrentar com maior desenvoltura estradas e caminhos com piso irregular.

A maior altura da suspensão do Gol Track exigiu intenso trabalho de engenharia, com o objetivo de manter as características de estabilidade, dirigibilidade e segurança presentes nas demais versões do Gol. Além do trabalho desenvolvido através de simulação em computadores, houve extensos testes de rodagem realizados em pista, ruas e estradas com características variadas.

Design marcante

Modernidade, força e uma identidade marcante são características que transparecem no visual da nova versão do Gol Track. O modelo, que é oferecido exclusivamente com carroceria de quatro portas, se diferencia pela grade do radiador em preto brilhante trazendo ao centro o novo emblema VW, com fundo também preto, e o para-choques dianteiro pintado na cor da carroceria, com a parte inferior preta. As grades inferiores têm acabamento texturizado self color (a cor natural do material utilizado). Outros diferenciais na dianteira são os faróis com dupla parábola com moldura escurecida e o farol de neblina, itens oferecidos de série.

A impressão de robustez é reforçada nas laterais pelas molduras salientes sobre as rodas, também em material self color texturizado, assim como a cobertura da soleira, que tem a parte central pintada em chrome effect.

A visão lateral ressalta a elevação da carroceria em 23 mm e a adoção dos pneus de uso misto nas medidas 175/70 R14. As rodas têm calota especial – opcionalmente, o Gol Track pode ser equipado com rodas de liga-leve com design Thor.

As maçanetas e retrovisores externos também são escuros, self color e, juntamente com a coluna B – em tape preto fosco –, reforçam o perfil esportivo. A faixa lateral com a identificação Track traz design inovador e especialmente marcante.

Na traseira, destacam-se as lanternas escurecidas e o conjunto do para-choque na cor da carroceria com pintura preta na parte inferior, que traz dois retrorrefletores nas extremidades. A região da placa é recoberta com adesivo preto fosco, mesma cor do defletor posicionado acima do vidro traseiro.

Interior refinado

O teto e as colunas do Gol Track têm forração escura na tonalidade Cinza Antracite, criando uma ambientação ao mesmo tempo aconchegante e esportiva. Os bancos e os painéis das portas são revestidos com tecido especial, que utiliza fios produzidos de PET reciclado.

Os bancos dianteiros têm a faixa central em baixo relevo e, na parte de trás do encosto, trazem bolsas porta-revistas. A parte inferior lateral dos bancos da frente são cobertas por uma carenagem plástica que inclui um porta-objetos adicional. O banco do motorista traz de série ajuste de altura.

Os para-sóis possuem espelhos iluminados e o porta-malas tem cobertura integral por carpete. Os difusores de ar têm os aros e o botão central cinza e a manopla do câmbio traz o diagrama de marchas também cinza e o aro inferior em esmalte Siberian, mesmo acabamento das maçanetas internas das portas. A moldura central é pintada em Preto Satin e tem acabamento em cromo.

Nova arquitetura eletrônica

Assim como as demais versões do Gol, a Track também traz a arquitetura eletrônica completamente nova, que possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos. Entre eles, o sistema chamado ECO Comfort (opcional), que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento. Por exemplo: se o ar-condicionado estiver ligado e o vidro for abaixado mais de 20%, aparecerá a seguinte mensagem no instrumento combinado: "Ar condicionado ligado; fechar janelas". Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: "Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor" e "Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado".

Outro importante recurso de segurança de série, o "Comfort Blinker" – item presente em modelos como Jetta e Passat –, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Com esse leve toque, o sistema aciona a seta por três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa.

As palhetas do limpador de para-brisa do Novo Gol Track utilizam a tecnologia aerowischer, que tem funcionamento mais silencioso, com melhores aerodinâmica, performance e durabilidade, em comparação às palhetas convencionais.

Além disso, os limpadores dos vidros nunca param no meio do para-brisa, mesmo quando o veículo é desligado com o sistema acionado – a nova arquitetura eletrônica permite que os limpadores sempre completem o movimento e voltem à posição inicial.

O mesmo vale para a palheta do limpador do vidro de trás. Esta, por sinal, agora liga automaticamente toda a vez que o limpador dianteiro estiver acionado e a marcha à ré do câmbio for engatada.

Quando equipado com ajustes elétricos dos espelhos retrovisores, o Novo Gol Track traz a função "tilt down", que regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente.

Opcionalmente o Novo Gol Track pode receber o novo rádio CD-Player com leitor de arquivos MP3, entradas USB e auxiliar e conexão Bluetooth. Com visual moderno e acabamento diferenciado, o novo sistema de som concentra todos os seus recursos tecnológicos na parte frontal do rádio – inclusive a entrada auxiliar.

Auxílio visual para estacionar

Recurso opcional para o Novo Gol Track, o sensor de aproximação de obstáculos traseiros está ligado ao novo rádio (opcional) e exibe na tela central a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando do veículo à medida que a distância do obstáculo diminui. O sistema ainda conta com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.

Chamado de PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar, esse sistema funciona por meio de quatro sensores instalados no para-choque traseiro. Posicionados em locais estratégicos com o objetivo de ter o máximo de eficiência, esses sensores são pintados na cor da carroceria e contam com acabamento refinado, de forma que ficam bem discretos no veículo, praticamente imperceptíveis.

Segurança

A segurança dos ocupantes é reforçada pelos airbags duplos dianteiros de série, associados ao sistema de detecção de acidentes que, em caso de colisão, aciona as luzes de emergência e acende as luzes internas do carro. Os freios ABS, também oferecidos de série, contam com a segurança extra do Emergency Stop Signal. O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.

Motor 1.0l TEC

Como as outras versões 1.0 do Gol, o Track é equipado com a última geração do motor TEC 1.0l Total Flex, da família EA 111. Quando está abastecido com etanol (E100), a potência do motor TEC é de 76 cv (56 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm (104 Nm) a 3.850 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv (53 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm (95 Nm) a 3.850 rpm.

O motor TEC tem 999 cm³ de cilindrada, quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro. Está posicionado na dianteira de forma transversal e proporciona um desempenho excelente para o Novo Gol Track.

Ao nível do mar, o Novo Gol Track necessita de apenas 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e registra velocidade máxima de 160 km/h (obtida em quinta marcha) com etanol. Com gasolina, a aceleração até 100 km/h é realizada em 14,7 segundos e a velocidade máxima é de 158 km/h.

O Novo Gol Track conta com sete opções de cores: quatro sólidas (Branco Cristal, Vermelho Flash, Preto Ninja e a especial Amarelo Solaris) e três metálicas (Prata Sirius, Cinza Spectrus e Cinza Quartzo).

Ficha técnica - Gol Track 2014

Itens de série e opcionais - Novo Gol Track

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Gol Track 2014

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 20. maio 2013 08:51
 

Oferecido pela primeira vez no mercado nacional, o Novo Gol Track traz uma série de itens de design e acabamento criados para ressaltar a robustez e a esportividade do Gol, mantendo as já conhecidas confiabilidade, economia e segurança do modelo.

Entre as principais características desse novo off road light destacam-se o motor TEC 1.0l Total Flex e a suspensão elevada, aumentando a distância livre em relação ao solo. O carro também vem equipado com pneus de uso misto, que permitem enfrentar com maior desenvoltura estradas e caminhos com piso irregular.

A maior altura da suspensão do Gol Track exigiu intenso trabalho de engenharia, com o objetivo de manter as características de estabilidade, dirigibilidade e segurança presentes nas demais versões do Gol. Além do trabalho desenvolvido através de simulação em computadores, houve extensos testes de rodagem realizados em pista, ruas e estradas com características variadas.

Design marcante

Modernidade, força e uma identidade marcante são características que transparecem no visual da nova versão do Gol Track. O modelo, que é oferecido exclusivamente com carroceria de quatro portas, se diferencia pela grade do radiador em preto brilhante trazendo ao centro o novo emblema VW, com fundo também preto, e o para-choques dianteiro pintado na cor da carroceria, com a parte inferior preta. As grades inferiores têm acabamento texturizado self color (a cor natural do material utilizado). Outros diferenciais na dianteira são os faróis com dupla parábola com moldura escurecida e o farol de neblina, itens oferecidos de série.

A impressão de robustez é reforçada nas laterais pelas molduras salientes sobre as rodas, também em material self color texturizado, assim como a cobertura da soleira, que tem a parte central pintada em chrome effect.

A visão lateral ressalta a elevação da carroceria em 23 mm e a adoção dos pneus de uso misto nas medidas 175/70 R14. As rodas têm calota especial – opcionalmente, o Gol Track pode ser equipado com rodas de liga-leve com design Thor.

As maçanetas e retrovisores externos também são escuros, self color e, juntamente com a coluna B – em tape preto fosco –, reforçam o perfil esportivo. A faixa lateral com a identificação Track traz design inovador e especialmente marcante.

Na traseira, destacam-se as lanternas escurecidas e o conjunto do para-choque na cor da carroceria com pintura preta na parte inferior, que traz dois retrorrefletores nas extremidades. A região da placa é recoberta com adesivo preto fosco, mesma cor do defletor posicionado acima do vidro traseiro.

Interior refinado

O teto e as colunas do Gol Track têm forração escura na tonalidade Cinza Antracite, criando uma ambientação ao mesmo tempo aconchegante e esportiva. Os bancos e os painéis das portas são revestidos com tecido especial, que utiliza fios produzidos de PET reciclado.

Os bancos dianteiros têm a faixa central em baixo relevo e, na parte de trás do encosto, trazem bolsas porta-revistas. A parte inferior lateral dos bancos da frente são cobertas por uma carenagem plástica que inclui um porta-objetos adicional. O banco do motorista traz de série ajuste de altura.

Os para-sóis possuem espelhos iluminados e o porta-malas tem cobertura integral por carpete. Os difusores de ar têm os aros e o botão central cinza e a manopla do câmbio traz o diagrama de marchas também cinza e o aro inferior em esmalte Siberian, mesmo acabamento das maçanetas internas das portas. A moldura central é pintada em Preto Satin e tem acabamento em cromo.

Nova arquitetura eletrônica

Assim como as demais versões do Gol, a Track também traz a arquitetura eletrônica completamente nova, que possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos. Entre eles, o sistema chamado ECO Comfort (opcional), que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento. Por exemplo: se o ar-condicionado estiver ligado e o vidro for abaixado mais de 20%, aparecerá a seguinte mensagem no instrumento combinado: "Ar condicionado ligado; fechar janelas". Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: "Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor" e "Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado".

Outro importante recurso de segurança de série, o "Comfort Blinker" – item presente em modelos como Jetta e Passat –, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Com esse leve toque, o sistema aciona a seta por três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa.

As palhetas do limpador de para-brisa do Novo Gol Track utilizam a tecnologia aerowischer, que tem funcionamento mais silencioso, com melhores aerodinâmica, performance e durabilidade, em comparação às palhetas convencionais.

Além disso, os limpadores dos vidros nunca param no meio do para-brisa, mesmo quando o veículo é desligado com o sistema acionado – a nova arquitetura eletrônica permite que os limpadores sempre completem o movimento e voltem à posição inicial.

O mesmo vale para a palheta do limpador do vidro de trás. Esta, por sinal, agora liga automaticamente toda a vez que o limpador dianteiro estiver acionado e a marcha à ré do câmbio for engatada.

Quando equipado com ajustes elétricos dos espelhos retrovisores, o Novo Gol Track traz a função "tilt down", que regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente.

Opcionalmente o Novo Gol Track pode receber o novo rádio CD-Player com leitor de arquivos MP3, entradas USB e auxiliar e conexão Bluetooth. Com visual moderno e acabamento diferenciado, o novo sistema de som concentra todos os seus recursos tecnológicos na parte frontal do rádio – inclusive a entrada auxiliar.

Auxílio visual para estacionar

Recurso opcional para o Novo Gol Track, o sensor de aproximação de obstáculos traseiros está ligado ao novo rádio (opcional) e exibe na tela central a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando do veículo à medida que a distância do obstáculo diminui. O sistema ainda conta com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.

Chamado de PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar, esse sistema funciona por meio de quatro sensores instalados no para-choque traseiro. Posicionados em locais estratégicos com o objetivo de ter o máximo de eficiência, esses sensores são pintados na cor da carroceria e contam com acabamento refinado, de forma que ficam bem discretos no veículo, praticamente imperceptíveis.

Segurança

A segurança dos ocupantes é reforçada pelos airbags duplos dianteiros de série, associados ao sistema de detecção de acidentes que, em caso de colisão, aciona as luzes de emergência e acende as luzes internas do carro. Os freios ABS, também oferecidos de série, contam com a segurança extra do Emergency Stop Signal. O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.

Motor 1.0l TEC

Como as outras versões 1.0 do Gol, o Track é equipado com a última geração do motor TEC 1.0l Total Flex, da família EA 111. Quando está abastecido com etanol (E100), a potência do motor TEC é de 76 cv (56 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm (104 Nm) a 3.850 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv (53 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm (95 Nm) a 3.850 rpm.

O motor TEC tem 999 cm³ de cilindrada, quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro. Está posicionado na dianteira de forma transversal e proporciona um desempenho excelente para o Novo Gol Track.

Ao nível do mar, o Novo Gol Track necessita de apenas 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e registra velocidade máxima de 160 km/h (obtida em quinta marcha) com etanol. Com gasolina, a aceleração até 100 km/h é realizada em 14,7 segundos e a velocidade máxima é de 158 km/h.

O Novo Gol Track conta com sete opções de cores: quatro sólidas (Branco Cristal, Vermelho Flash, Preto Ninja e a especial Amarelo Solaris) e três metálicas (Prata Sirius, Cinza Spectrus e Cinza Quartzo).

Ficha técnica - Gol Track 2014

Itens de série e opcionais - Novo Gol Track

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Gol Track 2014

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 20. maio 2013 08:51
 

Oferecido pela primeira vez no mercado nacional, o Novo Gol Track traz uma série de itens de design e acabamento criados para ressaltar a robustez e a esportividade do Gol, mantendo as já conhecidas confiabilidade, economia e segurança do modelo.

Entre as principais características desse novo off road light destacam-se o motor TEC 1.0l Total Flex e a suspensão elevada, aumentando a distância livre em relação ao solo. O carro também vem equipado com pneus de uso misto, que permitem enfrentar com maior desenvoltura estradas e caminhos com piso irregular.

A maior altura da suspensão do Gol Track exigiu intenso trabalho de engenharia, com o objetivo de manter as características de estabilidade, dirigibilidade e segurança presentes nas demais versões do Gol. Além do trabalho desenvolvido através de simulação em computadores, houve extensos testes de rodagem realizados em pista, ruas e estradas com características variadas.

Design marcante

Modernidade, força e uma identidade marcante são características que transparecem no visual da nova versão do Gol Track. O modelo, que é oferecido exclusivamente com carroceria de quatro portas, se diferencia pela grade do radiador em preto brilhante trazendo ao centro o novo emblema VW, com fundo também preto, e o para-choques dianteiro pintado na cor da carroceria, com a parte inferior preta. As grades inferiores têm acabamento texturizado self color (a cor natural do material utilizado). Outros diferenciais na dianteira são os faróis com dupla parábola com moldura escurecida e o farol de neblina, itens oferecidos de série.

A impressão de robustez é reforçada nas laterais pelas molduras salientes sobre as rodas, também em material self color texturizado, assim como a cobertura da soleira, que tem a parte central pintada em chrome effect.

A visão lateral ressalta a elevação da carroceria em 23 mm e a adoção dos pneus de uso misto nas medidas 175/70 R14. As rodas têm calota especial – opcionalmente, o Gol Track pode ser equipado com rodas de liga-leve com design Thor.

As maçanetas e retrovisores externos também são escuros, self color e, juntamente com a coluna B – em tape preto fosco –, reforçam o perfil esportivo. A faixa lateral com a identificação Track traz design inovador e especialmente marcante.

Na traseira, destacam-se as lanternas escurecidas e o conjunto do para-choque na cor da carroceria com pintura preta na parte inferior, que traz dois retrorrefletores nas extremidades. A região da placa é recoberta com adesivo preto fosco, mesma cor do defletor posicionado acima do vidro traseiro.

Interior refinado

O teto e as colunas do Gol Track têm forração escura na tonalidade Cinza Antracite, criando uma ambientação ao mesmo tempo aconchegante e esportiva. Os bancos e os painéis das portas são revestidos com tecido especial, que utiliza fios produzidos de PET reciclado.

Os bancos dianteiros têm a faixa central em baixo relevo e, na parte de trás do encosto, trazem bolsas porta-revistas. A parte inferior lateral dos bancos da frente são cobertas por uma carenagem plástica que inclui um porta-objetos adicional. O banco do motorista traz de série ajuste de altura.

Os para-sóis possuem espelhos iluminados e o porta-malas tem cobertura integral por carpete. Os difusores de ar têm os aros e o botão central cinza e a manopla do câmbio traz o diagrama de marchas também cinza e o aro inferior em esmalte Siberian, mesmo acabamento das maçanetas internas das portas. A moldura central é pintada em Preto Satin e tem acabamento em cromo.

Nova arquitetura eletrônica

Assim como as demais versões do Gol, a Track também traz a arquitetura eletrônica completamente nova, que possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos. Entre eles, o sistema chamado ECO Comfort (opcional), que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento. Por exemplo: se o ar-condicionado estiver ligado e o vidro for abaixado mais de 20%, aparecerá a seguinte mensagem no instrumento combinado: "Ar condicionado ligado; fechar janelas". Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: "Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor" e "Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado".

Outro importante recurso de segurança de série, o "Comfort Blinker" – item presente em modelos como Jetta e Passat –, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Com esse leve toque, o sistema aciona a seta por três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa.

As palhetas do limpador de para-brisa do Novo Gol Track utilizam a tecnologia aerowischer, que tem funcionamento mais silencioso, com melhores aerodinâmica, performance e durabilidade, em comparação às palhetas convencionais.

Além disso, os limpadores dos vidros nunca param no meio do para-brisa, mesmo quando o veículo é desligado com o sistema acionado – a nova arquitetura eletrônica permite que os limpadores sempre completem o movimento e voltem à posição inicial.

O mesmo vale para a palheta do limpador do vidro de trás. Esta, por sinal, agora liga automaticamente toda a vez que o limpador dianteiro estiver acionado e a marcha à ré do câmbio for engatada.

Quando equipado com ajustes elétricos dos espelhos retrovisores, o Novo Gol Track traz a função "tilt down", que regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente.

Opcionalmente o Novo Gol Track pode receber o novo rádio CD-Player com leitor de arquivos MP3, entradas USB e auxiliar e conexão Bluetooth. Com visual moderno e acabamento diferenciado, o novo sistema de som concentra todos os seus recursos tecnológicos na parte frontal do rádio – inclusive a entrada auxiliar.

Auxílio visual para estacionar

Recurso opcional para o Novo Gol Track, o sensor de aproximação de obstáculos traseiros está ligado ao novo rádio (opcional) e exibe na tela central a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando do veículo à medida que a distância do obstáculo diminui. O sistema ainda conta com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.

Chamado de PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar, esse sistema funciona por meio de quatro sensores instalados no para-choque traseiro. Posicionados em locais estratégicos com o objetivo de ter o máximo de eficiência, esses sensores são pintados na cor da carroceria e contam com acabamento refinado, de forma que ficam bem discretos no veículo, praticamente imperceptíveis.

Segurança

A segurança dos ocupantes é reforçada pelos airbags duplos dianteiros de série, associados ao sistema de detecção de acidentes que, em caso de colisão, aciona as luzes de emergência e acende as luzes internas do carro. Os freios ABS, também oferecidos de série, contam com a segurança extra do Emergency Stop Signal. O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.

Motor 1.0l TEC

Como as outras versões 1.0 do Gol, o Track é equipado com a última geração do motor TEC 1.0l Total Flex, da família EA 111. Quando está abastecido com etanol (E100), a potência do motor TEC é de 76 cv (56 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm (104 Nm) a 3.850 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv (53 kW) a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm (95 Nm) a 3.850 rpm.

O motor TEC tem 999 cm³ de cilindrada, quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro. Está posicionado na dianteira de forma transversal e proporciona um desempenho excelente para o Novo Gol Track.

Ao nível do mar, o Novo Gol Track necessita de apenas 14,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e registra velocidade máxima de 160 km/h (obtida em quinta marcha) com etanol. Com gasolina, a aceleração até 100 km/h é realizada em 14,7 segundos e a velocidade máxima é de 158 km/h.

O Novo Gol Track conta com sete opções de cores: quatro sólidas (Branco Cristal, Vermelho Flash, Preto Ninja e a especial Amarelo Solaris) e três metálicas (Prata Sirius, Cinza Spectrus e Cinza Quartzo).

Ficha técnica - Gol Track 2014

Itens de série e opcionais - Novo Gol Track

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

Gol Track 2014

Tags:
Comentários (0)

postado por Volkswagen do Brasil | 20. maio 2013 06:28
 

O Novo Gol Rallye chega agora ao mercado como parte da linha Volkswagen 2014, trazendo características marcantes como design global e muita inovação tecnológica, que reforçam sua atratividade.

Esta é a quarta versão Rallye da história do Gol – sua primeira edição surgiu em 2004 (G3), a segunda, em 2007 (G4), e a terceira, em 2010 (G5). O modelo é equipado com o reconhecido motor 1.6l EA-111 VHT Total Flex, que tem potência máxima de 104 cv a 5.250 rpm e 15,6 kgfm de torque a 2.500 rpm, sempre quando abastecido com etanol. Sua carroceria é sempre de quatro portas.

O modelo é oferecido com câmbio manual ou automatizado ASG (iniciais de Automated Sequential Gearbox), na versão I-Motion – que cada vez mais conquista clientes, principalmente nas grandes cidades –, ambos com cinco marchas.

Design esportivo

O design externo do Novo Gol Rallye é marcado pela robustez e elegância do conjunto do novo para-choque pintado na cor da carroceria e com aplique central, que incorpora os grandes faróis auxiliares de dupla função (neblina e longo alcance) com aros cromados e tem a borda inferior destacada com a pintura chrome effect.

A grade do radiador é do tipo colmeia, com friso cromado, trazendo em destaque o logotipo Rallye cromado e, ao centro, o novo emblema VW sobre fundo preto brilhante. Os faróis de dupla parábola têm moldura escurecida, enquanto o para-brisa, com a borda superior escura, dá um toque extra de distinção ao carro.

O espírito dinâmico do Gol Rallye se destaca especialmente nas laterais. A suspensão elevada é salientada e se destacam as novas rodas de liga leve de 16 polegadas com o design Pikes, com pintura preto brilhante e acabamento diamantado (opcionalmente, na cor prata escurecida) e pneus 195/50 R16.

As molduras salientes dos para-lamas são em material texturizado escuro (self color), assim como as coberturas das soleiras sob as portas, que têm a parte central inferior pintada em chrome effect.

As maçanetas das portas, pintadas na cor da carroceria, e as carenagens dos espelhos retrovisores, com luzes indicadoras de direção (side blinkers) ganharam nova pintura, também em chrome effect, que além do aspecto visual tem como particularidade a facilidade na limpeza. Caso a cor da carroceria seja a Prata Sirius, os espelhos terão a mesma cor da carroceria.

O adesivo com a identificação Rallye, colocado na parte inferior das portas, possui design especial – em sua parte traseira, há uma simulação de respingos de lama, reforçando o espírito esportivo do modelo. Nos carros com cores claras, o detalhe é preto; para as opções escuras, foi adotado um tom mais claro para a faixa, em cinza.

Na traseira, o conjunto do para-choque tem a cor da carroceria e pintura preta na parte inferior, onde se destaca um aplique central em chrome effect e os retrorrefletores nas extremidades, ressaltando a ponteira cromada do escapamento. A região da placa traseira é coberta por um adesivo preto fosco, mesma cor adotada no defletor de ar instalado sobre o vidro traseiro. O logotipo Rallye está posicionado com destaque na lateral da tampa do porta-malas.

Interior exclusivo

O espírito esportivo se mantém no interior do carro, onde teto e colunas são revestidos de tecido com tom escuro, Cinza Antracite. Detalhes exclusivos reforçam esta percepção, como a pedaleira esportiva, o painel de instrumentos com nova pintura da ilha central em Warm Gray e o pomo da alavanca do câmbio, com aro do diagrama de marchas cinza e aro inferior em preto brilhante. A moldura central tem pintura Preto Satin e detalhes cinza.

O controle das luzes é por interruptor rotativo, com acabamento em cromo e os difusores de ar tem aros pretos brilhantes e botão central também cinza. As soleiras internas são cobertas por adesivos e a pedaleira é marcantemente esportiva, em alumínio escovado. Já as maçanetas internas das portas são pintadas em esmalte Siberian II.

Os bancos do Gol Rallye têm novos figurinos e são forrados com tecidos que utilizam fios de PET reciclado. A faixa central é destacada, com detalhes em baixo relevo e o logotipo Rallye bordado. Opcionalmente, os bancos podem ter revestimento em "Native", também com logo Rallye bordado.

Na parte traseira dos encostos dos bancos dianteiros há porta-revistas e sua parte inferior é recoberta com carenagem plástica, com porta-objetos incorporado. O revestimento interno das portas utiliza novo tecido, em Tear Ameise, também produzido com fios de PET reciclado. O porta-malas é totalmente revestido de carpete e possui lâmpada de cortesia e rede para fixação de volumes.

Rádio global

Opcionalmente, o Gol Rallye pode ter volante multifuncional com comandos integrados do rádio e do I-System. Na versão I-Motion, o volante pode incluir shift paddles para troca manual de marchas. O novo rádio global da Volkswagen inclui CD-player com MP3, entrada USB e conexão Bluetooth para telefone celular com áudio streaming, que possibilita ouvir músicas armazenadas no telefone celular. 

É oferecido de série o pacote conforto, que inclui alarme central, travamento com controle remoto, espelhos com regulagem elétrica, vidros traseiros elétricos e ar-condicionado. Entre os opcionais são oferecidas a forração em couro Native, com banco traseiro bipartido, a função Coming and Leaving Home de controle automático dos faróis e a lanterna de neblina traseira.

Suspensão elevada

Garantindo sua agilidade em terrenos irregulares e a transposição de obstáculos com maior desenvoltura, o Novo Gol Rallye foi elevado em 28 mm em relação à versão 1.6, sendo 23 mm na suspensão e 5 mm com os novos pneus 195/50 R16. Os amortecedores e molas são exclusivos.

Um dos principais objetivos no desenvolvimento do Gol Rallye foi, mesmo com a maior altura, preservar a dirigibilidade, conforto e segurança característicos da marca, o que exigiu um extenso trabalho dos engenheiros da Volkswagen, incluindo muitos testes de laboratório e milhares de quilômetros de percurso em pistas, ruas e estradas dos mais variados tipos.

O Gol Rallye é equipado com o motor 1.6l VHT Total Flex, da família EA 111. Abastecido com etanol (E100), o motor tem potência de 104 cv (76 kW) a 5.250 rpm e torque máximo de 15,6 kgfm (153 Nm) a 2.500 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), são 101 cv (74 kW) a 5.250 rpm e o torque, de 15,4 kgfm (151 Nm) a 2.500 rpm.

Ao nível do mar, o Novo Gol Rallye acelera de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 181 km/h (em quinta marcha) com etanol. Abastecido com gasolina, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos e chega a 179 km/h de velocidade máxima.

O Novo Gol Rallye com o câmbio I-Motion acelera de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos e atinge 181 km/h de velocidade máxima (etanol). Com gasolina, os números são: 11,1 segundos de aceleração de 0 a 100 km/h e 179 km/h de velocidade máxima.

Segurança

A segurança dos ocupantes é reforçada pelos airbags duplos dianteiros, oferecidos de série, associados ao sistema de detecção de acidentes que, em caso de colisão, aciona as luzes de emergência e acende as luzes internas do carro. Os freios ABS, também de série no modelo, contam com a segurança extra do Emergency Stop Signal. O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras. Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.

Nova arquitetura eletrônica

Assim como as demais versões do Gol, a Rallye também traz a arquitetura eletrônica completamente nova, que possibilitou a instalação de vários equipamentos inéditos. Entre eles, o sistema chamado ECO Comfort (opcional), que orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento. Por exemplo: se o ar-condicionado estiver ligado e o vidro for abaixado mais de 20%, aparecerá a seguinte mensagem no instrumento combinado: "Ar condicionado ligado; fechar janelas". Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: "Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor" e "Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado".

Outro importante recurso de segurança de série, o "Comfort Blinker" – item presente em modelos como Jetta e Passat –, possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Com esse leve toque, o sistema aciona a seta por três vezes seguidas e indica a intenção de troca de faixa.

As palhetas do limpador de para-brisa do Novo Gol Rallye utilizam a tecnologia aerowischer, que tem funcionamento mais silencioso, com melhores aerodinâmica, performance e durabilidade, em comparação às palhetas convencionais.

Além disso, os limpadores dos vidros nunca param no meio do para-brisa, mesmo quando o veículo é desligado com o sistema acionado – a nova arquitetura eletrônica permite que os limpadores sempre completem o movimento e voltem à posição inicial. O mesmo vale para a palheta do limpador do vidro de trás. Esta, por sinal, agora liga automaticamente toda a vez que o limpador dianteiro estiver acionado e a marcha à ré do câmbio for engatada.

Quando equipado com ajustes elétricos dos espelhos retrovisores, o Novo Gol Rallye traz a função "tilt down", que regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente.

Auxílio visual para estacionar

Recurso oferecido de série no Novo Gol Rallye, o sensor de aproximação de obstáculos traseiros está ligado ao novo rádio (opcional) e exibe na tela central a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando do veículo à medida que a distância do obstáculo diminui. O sistema ainda conta com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.

Chamado de PDC (Parking Distance Control), ou controlador de distância ao estacionar, esse sistema funciona por meio de quatro sensores instalados no para-choque traseiro. Posicionados em locais estratégicos com o objetivo de ter o máximo de eficiência, esses sensores são pintados na cor da carroceria e contam com acabamento refinado, de forma que ficam bem discretos no veículo, praticamente imperceptíveis.

O Novo Gol Rallye é oferecido em seis cores: três sólidas (Branco Cristal, Vermelho Flash e Preto Ninja), três metálicas (Prata Sirius, Cinza Spectrus e Vermelho Apple) e a especial de lançamento Amarelo Solaris.

Ficha técnica - Gol Rallye 2014

Ficha técnica - Gol Rallye I-Motion 2014

Itens de série e opcionais

Para informações sobre a Volkswagen do Brasil, acesse: www.imprensavw.com.br

 

Gol Rallye 2014

Gol Rallye I-Motion 2014

Tags:
Comentários (0)


<<  dezembro 2014  >>
seteququsedo
24252627282930
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Follow me on Twitter