Imprensa
Volkswagen
04 de novembro de 2015

Confira o video-release sobre os projetos vencedores do Concurso Volkswagen na Comunidade 2015

Fundação Julita, de São Paulo (SP), foi uma das instituições premiadas

  • Press Release
  • Engajamento: na 8ª edição, concurso teve recorde de inscrições: 707 projetos sociais foram indicados por colaboradores da Volkswagen do Brasil
  • Desenvolvimento social: concurso premiou 11 projetos sociais em dinheiro, que deve ser investido em iniciativas de transformação da sociedade
  • Excelência: projetos vencedores e finalistas ganham curso de Gestão de Projetos Sociais para aprimorar atendimento à comunidade
  • Transformando vidas: conheça histórias dos projetos vencedores do “8º Volkswagen na Comunidade” e de seus beneficiados
  • Balanço: em seu histórico, o “Volkswagen na Comunidade” já entregou 73 prêmios em dinheiro, beneficiando 18.239 pessoas diretamente

 
Transformar vidas, beneficiar comunidades, incentivar políticas públicas e ajudar a construir um futuro melhor, promovendo desenvolvimento social. Esses são objetivos da Fundação Volkswagen com o concurso “Volkswagen na Comunidade”, que premiou, no último dia 23/10, os 11 projetos sociais vencedores de sua 8ª edição. Os projetos receberam prêmio em dinheiro, que deve ser investido em ações de transformação social. As instituições vencedoras e também as finalistas ainda ganham curso de Gestão de Projetos Sociais, para aprimorar com excelência seus trabalhos junto à comunidade. A Fundação Volkswagen coordena os investimentos sociais da Volkswagen do Brasil há 35 anos, oferecendo dez projetos, sendo três de desenvolvimento social – entre os quais o “Volkswagen na Comunidade” – e sete de Educação.


Clique aqui
para fazer o download do video release sobre a cerimônia de premiação do concurso.
Clique aqui para fazer o download do video da Associação Sagrada Família de Nazaré, de Curitiba (PR), que conquistou o “Prêmio de Sustentabilidade”
Clique aqui para fazer o download do video da Ação Cristã Comunitária do Brasil – Projeto Shalom, de Santo André (SP)
Clique aqui para fazer o download do video da Associação Beneditina da Divina Providência (ABENP), de Curitiba (PR)
Clique aqui para fazer o download do video da Associação Beneficente Arcanjo Gabriel, de Penedo (RJ)
Clique aqui para fazer o download do video da Associação Humanitária Amor e Caridade (AHAC), de Jacareí (SP)
Clique aqui para fazer o download do video da Associação Saúde Criança Recomeçar, do Rio de Janeiro (RJ)
Clique aqui para fazer o download do video da Fraternidade Irmã Clara, de São Paulo (SP)
Clique aqui para fazer o download do video da Fundação Julita, de São Paulo (SP)
Clique aqui para fazer o download do video do Instituto Ingo Hoffmann, de Campinas (SP)
Clique aqui para fazer o download do video do Programa Cidadão Bageense, de Bagé (RS)
Clique aqui para fazer o download do video do Salesianos São Carlos, de São Carlos (SP)

Neste ano, o “Volkswagen na Comunidade” teve recorde de inscrições: foram 707 projetos indicados por colaboradores que atuam voluntariamente nessas organizações. Participam colaboradores da Volkswagen do Brasil que trabalham nas quatro fábricas da empresa, na unidade Jabaquara, no Centro de Peças e Acessórios de Vinhedo (SP), Escritórios Regionais de Vendas e Serviços Financeiros, além de colaboradores da MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e MAN, com sede em Resende (RJ). Os projetos inscritos são realizados por organizações sociais localizadas em 22 Estados brasileiros.

Dos 11 prêmios entregues pelo “8º Volkswagen na Comunidade”, dez foram inéditos. O 11º leva a nomeação especial “Prêmio de Sustentabilidade”, oferecido à instituição que já foi contemplada na última edição do concurso e que melhor geriu os recursos durante o ano.

Em seu histórico, o “Volkswagen na Comunidade” já entregou 73 prêmios em dinheiro, beneficiando 18.239 pessoas diretamente. As oito edições realizadas somam 3.560 projetos inscritos em todo o Brasil.

“A Volkswagen do Brasil tem compromisso com o desenvolvimento social. O ‘Volkswagen na Comunidade’ atua em duas frentes: promove o engajamento dos colaboradores da empresa, uma vez que eles podem inscrever projetos nos quais atuam voluntariamente; o recorde de inscrições revela um engajamento crescente. Por outro lado, o prêmio em dinheiro permite que as instituições vencedoras coloquem seus projetos em prática. O curso de Gestão de Projetos Sociais, oferecido aos vencedores e aos finalistas, permite que as instituições desenvolvam seus trabalhos com excelência”, afirmou o vice-presidente de Recursos Humanos da Volkswagen do Brasil e presidente do Conselho Curador da Fundação Volkswagen, Holger Rust.

“O ‘Volkswagen na Comunidade’ permite sonhar com um futuro melhor para comunidades de todo o Brasil. O concurso oferece condições reais para que as organizações vencedoras possam realizar um trabalho relevante com foco social. Nesta edição, foram indicados projetos sociais de 22 Estados brasileiros, comprovando a abrangência do concurso”, afirmou o diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil e superintendente da Fundação Volkswagen, Dr. Eduardo Barros.

“O curso de Gestão de Projetos Sociais oferecido às instituições vencedoras e às finalistas contribui com a formação das equipes. Queremos que essa orientação resulte em um atendimento ainda mais humanizado e eficaz à comunidade”, afirma a diretora da Fundação Volkswagen, Keli Smaniotti.

Transformando vidas: conheça histórias das organizações contempladas e seus projetos vencedores

“Prêmio de Sustentabilidade”:
Associação Sagrada Família de Nazaré, de Curitiba (PR)
Projeto: “Juventude: um Sinal de Esperança”

“Aqui encontrei pessoas dispostas a ouvir meu grito de socorro. Hoje tenho uma nova chance de me reaproximar da família e dar valor à vida”, disse o ex-dependente químico Paulo César Silva Rangel, assistido pela instituição, onde hoje é monitor. O projeto “Juventude: um Sinal de Esperança” acolhe homens em recuperação da dependência química e reinserção social; eles recebem hospedagem, alimentação e laborterapia; cultivam a horta e cuidam dos animais, visando preservar o meio ambiente e gerar renda. A associação também oferece atividades esportivas, culturais e terapêuticas.
Um dos vencedores do “Volkswagen na Comunidade 2014”, o projeto “Juventude: um Sinal de Esperança” foi o que melhor geriu os recursos recebidos. Por isso, recebeu agora o “Prêmio de Sustentabilidade”.

“Com o prêmio de 2014, construímos um espaço para ordenha de animais, deixando a chácara sustentável economicamente, pois vendemos leite e queijo. Agora, faremos um biodigestor para gerar energia elétrica e gás natural”, afirmou o reparador de carrocerias da fábrica da Volkswagen do Brasil em São José dos Pinhais (PR), Edson Baracho, presidente da instituição e padrinho do projeto no concurso. O prêmio também será usado na aquisição de novos equipamentos e na melhoria da infraestrutura.

Ação Cristã Comunitária do Brasil – Projeto Shalom, de Santo André (SP)
Projeto: “Boca saudável, Sorriso Feliz”

“Sempre tivemos um desejo no coração de ter um consultório dentário. Temos crianças com seis anos que nunca foram ao dentista”, afirmou Priscila Gomes da Silva, administradora da instituição. O projeto “Boca saudável, Sorriso Feliz” visa oferecer atendimento odontológico gratuito. A instituição “Ação Cristã Comunitária do Brasil – Projeto Shalom” também desenvolve programas sociais e educacionais, como oficinas e jogos pedagógicos, de idiomas, reforço escolar e alfabetização.

“Para mim, é muito importante ser voluntária. É gratificante aprender com o outro, dividir alegria, aliviar sofrimento. É mais do que ajudar; é se ajudar, com a finalidade de trazer um sorriso e a felicidade do próximo”, afirmou a madrinha do projeto no concurso, Sabrina Barrionuevo, prestadora de serviços administrativos na fábrica Anchieta da Volkswagen do Brasil.

Associação Beneditina da Divina Providência (ABENP), de Curitiba (PR)
Projeto: “Acolher, Assistir e Educar”

“Além de não ficar nas ruas, as crianças têm atividades para seu desenvolvimento e que poderão ser úteis no futuro. Queremos resgatar laços afetivos e cultivar valores; dar vida, oportunidade e esperança”, afirmou a irmã Carolina Gamarra Mereles, coordenadora do projeto. A instituição oferece atividades educativas, culturais, esportivas, recreativas e artesanais a crianças, adolescentes e jovens; além de apoio psicológico. Com o prêmio para o projeto “Acolher, Assistir e Educar” , vai adquirir instrumentos musicais e equipamentos de informática para as aulas.

“Eu me encantei pelas pessoas que trabalham aqui. É muito emocionante ver o amor e a dedicação”, afirmou a madrinha do projeto, Lilian de Oliveira Lopes, prestadora de serviços administrativos na fábrica da Volkswagen do Brasil em São José dos Pinhais.

Associação Beneficente Arcanjo Gabriel, de Penedo (RJ)
Projeto: “Expandir & Integrar”

“Trabalhar com inclusão de pessoas com necessidades especiais era um sonho. Aqui, eles são incentivados a criar e desenvolver suas habilidades”, disse Thais Silva Neves, coordenadora de projetos. A associação oferece oficinas de artes, ofícios, trabalhos manuais, tecelagem e meio ambiente. Com o prêmio para o projeto “Expandir & Integrar”, será possível criar a oficina de culinária.

“O trabalho manual que eles fazem e o desenvolvimento que a gente vê em cada indivíduo é engrandecedor. A gente tem de fazer um mergulho interior e ver o que vale; acho a parte social muito importante”, afirmou a madrinha do projeto Sandra Isnardi, secretária executiva da MAN Latin America, em Resende (RJ).

Associação Humanitária Amor e Caridade (AHAC), de Jacareí (SP)
Projeto: “Educação Ambiental para Reciclagem de Óleos Usados”

Em Jacareí, o óleo de cozinha usado é o “combustível” da Associação Humanitária Amor e Caridade, que ampara idosos. O projeto contemplado incentiva a doação desse óleo para a instituição, que o vende. Essa fonte de renda permite atender os idosos: “Temos o projeto de longa permanência; o temporário, que abriga pessoas que já passaram por hospital, mas ainda precisam de cuidados, como fisioterapia; e o Casa Dia, uma creche de idosos. O projeto ‘Educação Ambiental para Reciclagem de Óleos Usados’ começou pela necessidade de captar recursos”, afirmou o presidente da instituição, Michel Barbier.

“Acho muito importante doar parte do nosso tempo. Eu me senti muito bem na instituição. Esse projeto me fez ver a vida de forma diferente. O respeito, carinho e atenção dos profissionais e voluntários com os idosos é de arrepiar. Vi que meus problemas são tão pequenos, perto dos de outras pessoas”, afirmou o padrinho do projeto, José Antonio da Silva, líder de célula de Operações, na Volkswagen do Brasil, em Taubaté.

Associação Saúde Criança Recomeçar, do Rio de Janeiro (RJ)
Projeto: “Alimentando Sonhos”

“Nós temos a missão de cuidar de crianças pós-alta hospitalar e o projeto alimenta os sonhos dessas mães”, disse Maria das Dores Alencar Lacombe, fundadora da associação. “Quando eu vim para cá, não tinha nada. Eles me ajudam com a cesta básica e meu filho já se desenvolveu bastante”, afirmou Mônica Manuela Miranda, mãe de uma criança atendida. A instituição cuida de crianças com doenças graves, oferecendo alimentação, medicamentos e atividades para melhorar a qualidade de vida.

“Eu sempre imaginava o que eu poderia fazer, por um bem maior, ter mais proximidade com a área social. Essa necessidade de compartilhar a vida, o tempo. É nesse momento que a existência faz sentido”, afirmou a madrinha do projeto Cássia Ribeiro dos Reis, consultora comercial do Escritório Regional de Vendas do Rio de Janeiro da Volkswagen do Brasil.

Fraternidade Irmã Clara, de São Paulo (SP)
Projeto: “Sons da Alma: O Resgate da Pessoa com Deficiência Através da Música”

“O projeto de musicoterapia é voltado para pessoas com paralisia cerebral grave. Os resultados mais evidentes foram maior abertura de canais de comunicação. Eles estão mais receptivos ao contato humano, houve diminuição da depressão e do isolamento. O ganho que teremos para a sala de musicoterapia (com o prêmio) possibilitará a melhora da qualidade de vida deles”, afirmou a musicoterapeuta Maria Augusta Brancaccio. A musicoterapia é um dos projetos da instituição, que também atende pessoas com paralisia cerebral com terapia ocupacional, reabilitação motora e cognitiva, fonoaudiologia, pedagogia, entre outros tratamentos.

“É um projeto muito bonito. Sinto muito orgulho de fazer parte dessa história. Notamos muita diferença nos assistidos”, afirmou o padrinho Névio Cacioli Jr., engenheiro industrial na fábrica Anchieta da Volkswagen do Brasil.

Fundação Julita, de São Paulo (SP)
Projeto: “Promovendo Vínculos com a Natureza e a partir dos 4 Elementos”

“Criamos o Centro de Educação Ambiental para contribuir com a comunidade. Estamos focados no desenvolvimento da conscientização humana sobre a natureza”, afirmou o gestor pedagógico da entidade, Jânio Barboza de Oliveira. Segundo a coordenadora do Centro de Educação Ambiental da fundação, Flávia Cremonesi de Oliveira, o objetivo é que muitas crianças se tornem agentes ambientais: “resgatem o vínculo com a natureza, desenvolvam consciência crítica em relação ao meio ambiente e multipliquem os conhecimentos”. O projeto “Promovendo Vínculos com a Natureza e a partir dos 4 Elementos” visa oferecer oficinas de educação ambiental.

“O ‘Volkswagen na Comunidade’ traz uma oportunidade para a gente. Eu encorajo todos vocês a conhecerem esse projeto e serem voluntários. Acho que isso completa o ser humano. É muito gratificante”, afirmou o gerente de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil, Rogério Varga, padrinho do projeto.

Instituto Ingo Hoffmann, de Campinas (SP)
Projeto: “Casa da Criança e da Família”

“Eu queria retribuir tudo que a vida me deu e o trabalho social se transformou no instituto, com 30 casas de apoio às famílias com crianças em tratamento (de câncer). É um amparo para eles em um momento tão difícil”, afirmou Ingo Hoffmann, presidente do instituto. Com o prêmio ao projeto “Casa da Criança e da Família”, a instituição substituirá equipamentos de sua cozinha e espaço de cinema.

“Eu passei por um câncer aos 21 anos e sei o quanto é doloroso para a família e para a pessoa. Isso foi o que me motivou a apoiar o instituto. É preciso se doar; isso é fundamental hoje para mim, como pessoa”, afirmou o padrinho Adalberto Sauerbronn, analista de negócios e projetos de TI do Centro de Peças e Acessórios da Volkswagen do Brasil, em Vinhedo.

Programa Cidadão Bageense, de Bagé (RS)
Projeto: “Restaurante Escola”

“O projeto ‘Restaurante Escola’ vai formar maîtres, garçons e oferece iniciação a cozinheiros para pratos de banquetes, regionais e sobremesas. O projeto está sendo aguardado com grande expectativa pelas empresas que promovem eventos. E os formados poderão ser contratados por essas empresas”, afirmou Cristiane Machado Rodrigues, coordenadora do projeto.

“O programa tem como princípio tornar a vida dos menos favorecidos mais fácil; inclui-los na sociedade. Isso faz toda diferença. Estar onde a ação precisa ser feita, traz uma gratificação pessoal muito grande”, afirmou o padrinho Marco Antonio de Lima Sousa, gerente Regional de Vendas de Curitiba da Volkswagen do Brasil.

Salesianos São Carlos, de São Carlos (SP)
Projeto: “Prevenção na Medida: Drogas”

Os adolescentes assistidos pela entidade Salesianos São Carlos estão em liberdade assistida ou prestação de serviços à comunidade, muitos por ato infracional de tráfico ou porte de drogas. Para mudar essa realidade, a organização oferece cursos profissionalizantes, medidas socioeducativas, além de projetos com crianças. O programa contemplado “Prevenção na Medida: Drogas” tem missão de orientá-los sobre relações familiares, sociais e inserção no mercado de trabalho. “Queremos mostrar que eles podem ter um futuro com oportunidades, feliz e de sucesso, longe das drogas e dos delitos”, disse Thauana Letícia Felipe, coordenadora do projeto.

O padrinho, o operador de máquinas de São Carlos, Moisés Hosti de Oliveira, tem uma história com a instituição, onde morou mais de quatro anos: “Minha família se mudou para São Carlos e meu pai faleceu. Em uma cidade desconhecida e com seis filhos, minha mãe procurou ajuda e encontrou as portas abertas no Salesianos, que nos acolheu com muita dedicação”. Foi lá que Moisés teve sua formação escolar e por meio de cursos profissionalizantes conseguiu seu primeiro emprego. “Meu futuro poderia ter sido diferente, se não tivesse essa oportunidade. Meu caráter e minha dignidade foram devido aos ensinamentos daqui. Eu fui ajudado. Agora, é a minha vez de ajudar”, disse o voluntário.


Youtube Blog Volkswagen Volkswagen Brasil Facebook © Volkswagen do Brasil 2017 | Ibama | Fale Conosco | Política da Privacidade